Correio da Cidadania

Dados publicados em outubro indicam forte desaceleração do PIB da China, a maior economia da periferia capitalista.

Preços em alta descontrolada e abastecimento em queda livre nos circuitos globais de suprimento e insumos.

Autorizada nos anos 1990, especulação imobiliária gerou bolha comparável à do Ocidente. Mas nem tudo é igual.

O resultado da liberalização foi a implosão do sistema por inconsistências insustentáveis. Puxadinhos demais, pilares de menos.

Tornar um planeta menos desigual não é apenas uma questão de justiça, é também de inteligência social e econômica.

Estudo do Nobel de Economia mostra equívocos das opções normativas brasileiras para o mercado de trabalho.

Considerações sobre os preços da energia elétrica e a capacidade de oferta do setor elétrico brasileiro.

Para apontar a mentira da frase “a pior crise hídrica de 91 anos”, basta consultar os dados históricos das “energias naturais”.

O impressionante aumento tarifário desde 1995 proporcionou uma situação muito confortável para as empresas do setor.

Nesse artigo são analisados os argumentos apresentados pelo atual presidente da Petrobrás.

Petrobrás integrada, do poço ao posto, vem sendo substituída por monopólios e oligopólios privados.

A verdade é uma só: mesmo de forma não assumida pelo governo, o racionamento já começou.