Correio da Cidadania

Passamos a Rússia no mesmo momento em que o Palhaço Bozo fazia suas piadas após a liberação da fita: New Brazil cada dia melhor!

Falamos com Celso Antonio Bandeira de Mello, um dos grandes juristas brasileiros vivos e autor de diversos livros canônicos do direito.

Nosso exemplo de arquétipo representante da ralé da sociedade burguesa parece que começou a se desmilinguir.

Bolsonaro briga para manter templos abertos por demanda da bancada evangélica e líderes de megaigrejas.

Extrema-direita surfa no vazio de projeto, mas começa a ficar sem saída. É urgente iniciar novo ciclo de lutas emancipatórias.

A incapacidade de desacelerar e evitar mais destruição, sofrimento e mortes revela o agravamento dos fundamentos que organizam o capitalismo.

Nas sombras desse vírus assustador, o capital nos quer guardados para nos cegar do fato de que está mais ofensivo de nunca.

A troca de ministro da Saúde no exato momento em que cresce a curva do Coronavírus precisa ser interpretada da maneira mais drástica: Bolsonaro trabalha pela morte de um grande número de pessoas. 

Apesar da grave denúncia sobre aparelhamento da PF, Moro ainda deve explicações sobre intervenções no COAF, investigações das movimentações financeiras de Flávio e Queiroz, entre outros escândalos.