Lembrar do aquecimento global e defender mais privatização das reservas fósseis é um contrassenso. Ou melhor, é pura desonestidade.

A Hydro ressalta que se antecipou ao laudo de uma consultoria independente, e tratou logo de reconhecer as falhas e seu mau procedimento.

A estatística indica nitidamente que 3 em cada 4 das ondas de calor atuais está relacionada ao aquecimento global antrópico.

Furacões recordes, alto número de vítimas em locais desenvolvidos e a definitiva impossibilidade de negar a mudança.

Gerar energia não só sem emitir CO₂ mas retirando-o da atmosfera, parece ser a salvação do planeta. Aviso de Spoiler...

A questão não é técnica, econômica ou política. É uma exigência de cuidado com a vida humana.

100 anos depois de Gandhi liderar o protesto dos agricultores, nos rebelamos contra o exclusivismo sobre as sementes.

Não há fisicamente como seguir com essa ideia estapafúrdia de crescimento econômico infinito.

Os reservatórios médios, pequenos e micros, como as cisternas, já estão cheios. As grandes obras têm pouca serventia à população.

Tal como nos debates eleitoreiros, negacionistas abusam do espetáculo midiático enquanto não apresentam trabalhos que comprovem suas teses.