Correio da Cidadania

Mea culpaMesmo os biólogos muitas vezes não estão conscientes das conseqüências de seus atos e não agem de maneira sustentável. Rogério Grassetto Teixeira da Cunha.
indio.jpgA Terra Indígena Manchineri do Guanabara fecharia, com os limites propostos, boa parte de uma cunha de terras vulneráveis ao desenvolvimento predatório. Rodolfo Salm.
TerraO fundamental neste debate levado ao grande público pela revista eletrônica semanal Fantástico, da Rede Globo, é que ninguém hoje no mundo pode se colocar à parte do problema. Por Danilo Pretti Di Giorgi.
Aquecimento GlobalNão é difícil perceber que a consciência sobre a gravidade da situação, inclusive de seus impactos futuros sobre a economia, ainda não chegou ao nível necessário para que as mudanças de comportamento em todas as esferas da sociedade saiam das palavras para a prática.
IndígenasCarta de Marcelo Piedrafita a Rodolfo Salm a respeito do artigo "A Terra Indígena Manchineri do Guanabara no Governo da Floresta", respondida pelo autor.
Rio MadeiraVale a pena e é necessário correr o risco? A resposta é simples, não, e aqui vale a pena estender-se, já que a imperiosa necessidade da produção de energia para evitarmos um apagão parece ser a principal chantagem. Por Rogério Grassetto Teixeira da Cunha.
Aquecimento globalO que a humanidade fará a respeito de avisos sérios que vêm sendo continuamente feitos pelos cientistas vai determinar o futuro da vida no planeta (ou de parte dela). Por Rogério Grassetto Teixeira da Cunha.
indio.jpgOs kayapó recém-contatados estão servindo, dentre outros, para relembrar como não depender da Funai ou da “ajuda” de madeireiros e mineradoras ou de concessões de garimpos ilegais.

floresta.jpgA questão ambiental é coisa muito mais séria do que luta geopolítica com motivações econômicas pelo poder ou pelo comando do mundo. Danilo Pretti Di Giorgi.

CiênciaApesar de todo o debate sobre a importância da Amazônia, seu peso hoje no panorama da pesquisa científica nacional é o mesmo dos anos 1980.
índioTanto Tenotã-mõ quanto Y Ikatu Xingu podem ser muito úteis para a preservação do Xingu, mas defendo que o tom combativo do primeiro é bem mais adequado à situação. Artigo de Rodolfo Salm.
PalmeiraO Correio publica a entrevista que o colunista do Correio, Rodolfo Salm, concedeu ao estudante de jornalismo Fernando Saker, a respeito dos biocombustíveis.