Natal: luz do afeto e saúde no SUS

0
0
0
s2sdefault

 

Dia 12 de dezembro, uma segunda feira, às nove horas da manhã em ponto, no Centro de Saúde Sergio Arouca (PMN) em Santa Rosa, nos jardins iluminados pelo sol brilhante do encantamento do afeto, misturado à magia da Saúde, o Grêmio Recreativo Social e Comunitário “Põe Pra Fora”, formado pelas pessoas-pacientes do Ambulatório de Saúde Mental, realizará uma festa com um significado maior de beleza e paz: o “Natal: luz do afeto e saúde no SUS”.

 

Todos, sem exceção, estão convidados, para trazer e receber os prazeres do convívio solidário e coletivo.

Natal, cujo significado é nascer, ou seja, renascer para a luz solar do afeto e cidadania.  Pessoas que quase nunca tiveram a chance de exteriorizar suas mágoas, suas tristezas, suas frustrações, escondidas há muito tempo, agora o fazem, através do “G.R.E.S.C. Põe Pra Fora”.

 

É tempo de pôr pra fora os “porquês”, a marginalidade, o fato de se sentir menor, infantilizado, num espaço grupal e individual, onde os medicamentos são importantes, mas secundários. Portanto, o nascer e renascer do eterno Natal acontecem diariamente com o “põe pra fora”... pensar, falar e realizar.

 

Através do Projeto Ousadia Comunitária em Saúde Mental, foi criado o G.R.E.S.C. “Põe Prá Fora”, coordenado pelo Dr. Daniel Chutorianscy, médico psiquiatra, que relata: “a grande revolução é pensar, e o pensamento traz a mudança, traz o entendimento e o afeto. Mas para isso tem que ter tempo, não o tempo pequeno das consultas, não o tempo exíguo das relações familiares, patronais, institucionais etc. Tempo para colocar pra fora o que se sente, sem censura. Saúde é viver plenamente, viver com justiça, com cidadania, e sem a luz clara do sentimento reprimido transformado em afeto isso é impossível. Assim, o Põe Pra Fora... é o eterno Natal, momento do florescer”.

 

A cada dois meses, o G.R.E.S.C. “Põe Pra Fora” realiza uma festa coletiva, valorizando cada um dos participantes, construindo a “República de Igualdades Põe Pra Fora”, cada qual dando a sua contribuição, do tamanho que puder. Com certeza, para a maioria das pessoas-pacientes, é a grande festa de Natal que não tiveram na infância. Convidamos  todos para trazer e receber de presente o grande afeto daqueles que antes eram impedidos de “por pra fora”, com a luz magnífica do que representa o Natal.

 

Contamos com você para cantar conosco no Coral do “Põe Prá Fora” a alegria e a paz nos jardins ensolarados do afeto e da solidariedade. A sua presença é o nosso presente. Niterói mais uma vez é destaque. Haverá um Natal de luz, com afeto e pleno de saúde.

 

 

Daniel Chutorianscy é medico.

E-mail: trenzinhocaipira(0)vnet.com.br

 

 

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados