0
0
0
s2sdefault

Apesar da “operação policial das esquerdas”, as fissuras nos consensos de mercado continuam abertas.

0
0
0
s2sdefault

No dia 14 em Vinhedo (SP), o governo Jaime Cruz tomou uma medida que colocou os educadores da cidade em alerta.

0
0
0
s2sdefault

A questão central é derrubar Temer e boicotar o “acordão” para preservar a aprovação das reformas, o mais rápido possível.

0
0
0
s2sdefault

O que está em jogo no Brasil não é PSDB x PT nem outro clichê que permeia as redes, mas 1% dos ricaços contra 99%.

0
0
0
s2sdefault

Michel Temer é o primeiro presidente em exercício denunciado pela Procuradoria Geral da República, em processo acatado pelo STF, logo depois da absolvição de sua chapa com Dilma pelo TSE. Em entrevista ao Correio, o sociólogo Ruy Braga analisa a “ópera bufa” que se tornou a política nacional, reforçada pelo papel duplo do PT e da CUT, e resume o Brasil como uma sociedade suspensa no ar, à espera de 2018 e de soluções inerciais para a crise.

0
0
0
s2sdefault

Se logo após a Copa o Brasil já sentiu o rigor da recessão, no Rio pós-olímpico pode-se dizer que a ressaca veio em dobro. Ao Correio, o vereador do PSOL Tarcísio Motta faz um diagnóstico da crise.

0
0
0
s2sdefault

Precursor do projeto da Tarifa Zero no transporte público, Lucio Gregori escreve no Correio da Cidadania uma crítica ao texto de Fernando Haddad, publicado na Revista Piauí.

0
0
0
s2sdefault

Para consolar Janot, faz tempo que muita gente enxerga o Estado como “o comitê de negócios da burguesia”.

0
0
0
s2sdefault

Sem credibilidade, mas com muitos artifícios sujos, direção do professorado garante 30 anos de hegemonia.

0
0
0
s2sdefault

Sem a criação de um novo estatuto da sociedade pouco efeito terão as nossas lutas no presente.

0
0
0
s2sdefault

Não há argumentos nem análises sobre o fato de ser a delação uma negociação.

0
0
0
s2sdefault

O governo já morreu, mas o Congresso continua a tentar legalizar roubos sobre a população.