0
0
0
s2sdefault

mundoossoeleicoes.jpgVem aí, de 1º. a 7 de setembro, o "Grito dos Excluídos" e o plebiscito popular. É urgente nosso movimento cidadão para deixarmos de ser fantoches. Dom Luiz C. Eccel.

0
0
0
s2sdefault
Reforma PolíticaPara mudar o legislativo desqualificado é necessário atrair às disputas eleitorais homens e mulheres idealistas, detentores de inequívoca vontade de servir à coletividade. Por Léo de Almeida Neves.
0
0
0
s2sdefault
BrasilÉ inaceitável mistificar o projeto da transposição em nome da sede humana, quando seu interesse é abertamente econômico. Roberto Malvezzi.
0
0
0
s2sdefault

Rio de JaneiroO Pan ritualiza uma sociedade de classes, naturalizando a divisão entre os corpos: aos corpos dos deuses e romeiros, toda segurança, beleza e esplendor; aos corpos dos jovens destinados ao sacrifício, a insegurança das favelas. Por Ir. Gloria Josefina Viero.

0
0
0
s2sdefault
Rio 2007O nome fantasia "Pan do Brasil" serve também para atrair audiência, ajudando a convencer o público a ficar o maior tempo possível vidrado na televisão. Artigo de Rafael Fortes.
0
0
0
s2sdefault
Pan 2007É lamentável que os representantes do poder público tenham continuado a liberar dinheiro sem questionar os gastos. Por Rafael Fortes.
0
0
0
s2sdefault
TVA batalha da classificação indicativa foi dura e o povo nem teve chance de conhecer a sua real dimensão, já que ficou exposto à execrável manipulação da mídia. Altamiro Borges.
0
0
0
s2sdefault
ViolênciaA repressão maciça e indiscriminada torna-se medida essencial para sufocar e prevenir eventuais transbordamentos sociais e satisfazer as imensas parcelas da opinião pública conquistadas pela proposta de repressão impiedosa do delinqüente. Por Mário Maestri.
0
0
0
s2sdefault
reformasÉ forçoso constatar que o atual Congresso se enredou de tal modo na discussão desta reforma que, sozinho, já não consegue sair dos impasses que foi criando. D. Demétrio Valentini.
0
0
0
s2sdefault
xadrezcortado.jpgA violência dos dias atuais não tem raízes na afirmação dos direitos das crianças e dos adolescentes, mas em causas relacionadas à cultura da violência arraigada na sociedade brasileira. Artigo de Osvaldo Russo.
0
0
0
s2sdefault

CorrupçãoSe na questão política há o ânimo de condenar, o acusado, mesmo inocente, será condenado. Se há ânimo de absolver, mesmo corrupto, será absolvido. Por Leonardo Boff.

0
0
0
s2sdefault

semterraseca.jpgUtilizar o argumento econômico para negar a urgência da reforma agrária serve apenas para esconder a injustiça social e para ocultar o caráter eminentemente político deste tema. Por Altamiro Borges.