0
0
0
s2sdefault
PolíticosFisiologista ou não, o certo é que nenhum partido que chegue ao poder hoje pode prescindir do PMDB. Dejalma Cremonese.
0
0
0
s2sdefault

moto.jpgHoje, no Rio, o poder público, que a todos governa e que lhes deve garantir os direitos, aterroriza, tortura e mata parcelas da população. Rafael Fortes.

0
0
0
s2sdefault
riomadeira.jpgCrítico em relação às anomalias a que foi conduzido o setor, Roberto D'Araújo nos dá um retrato cristalino da atual conjuntura elétrica do país.

 

0
0
0
s2sdefault
foicemartelo2.jpgCrime mesmo é fazer monocultivos de eucaliptos, porque provocam terríveis e irreparáveis danos ambientais e sociais, por serem desenvolvidos no modelo de monocultura. Frei Pilato Pereira.

 

0
0
0
s2sdefault
BrasilCom pacientes morrendo pelos corredores, não há como esperar que o Brasil consiga exercer o direito de cidadania. Maria Clara Lucchetti Bingemer.
0
0
0
s2sdefault
LulaO lulismo é uma forma de administração voltada para a manutenção das políticas de mercado, do burocratismo estatal e da prática populista assistencial. Dejalma Cremonese.
0
0
0
s2sdefault
justicagrita.jpg A utilização de milícias em ações contra a população constitui grave afronta à Constituição Federal. Artigo de Mateus Alves.
0
0
0
s2sdefault

no_consumismo.jpgQual o sentido de se debater a Revolução Russa hoje? A importância está em verificar que o capitalismo continua tão ou mais agressivo que há 90 anos. Gilberto Maringoni.

0
0
0
s2sdefault
PTEntrevista exclusiva com o deputado federal José Eduardo Cardozo, candidato à presidência do PT no próximo Processo de Eleições Diretas do partido.
0
0
0
s2sdefault

Direitos HumanosA defesa dos direitos humanos não é a defesa do crime e da impunidade, como alega grande parte da direita. Roberto Malvezzi.

0
0
0
s2sdefault
igualdadecolorida.gifO título deste livro esclarece perfeitamente seu objetivo: trata-se de mostrar a atualidade do pensamento marxista, numa hora em que vozes interessadas anunciam sua superação. Plinio Arruda Sampaio.

 

0
0
0
s2sdefault

caraacara.jpgA migração partidária era insignificante no primeiro sistema multipartidário brasileiro, mas tem evoluído sistematicamente nas últimas legislaturas. Por Dejalma Cremonese.