0
0
0
s2sdefault

Para analisar esse novo momento e sua amplitude, o Correio da Cidadania entrevistou o cientista político José Correa Leite.

0
0
0
s2sdefault

Nada é acaso. Somam-se múltiplos fatores para explicar a meteórica ascensão de Bolsonaro.

0
0
0
s2sdefault

É imprescindível ter claro que há uma diferença grande entre uma vitória eleitoral do fascismo e a instituição de um regime fascista.

0
0
0
s2sdefault

Sem repressão, sem calar a oposição e, no limite, sem alguma forma de fascismo, tornou-se impossível implementar o programa neoliberal.  

0
0
0
s2sdefault

A esquerda cujos erros clamorosos propiciaram a vitória de Bolsonaro está à altura dos desafios atuais?

0
0
0
s2sdefault

Em busca dos primeiros sentidos deste 28 de outubro, o Correio da Cidadania entrevistou o filósofo Roberto Romano, professor aposentado da Unicamp.

0
0
0
s2sdefault

O Correio publica entrevista com Ivo Herzog, engenheiro e filho de Wladimir, uma das vítimas mais lembradas do período militar, a fim de tentar uma primeira reflexão.

0
0
0
s2sdefault

Entrevistamos Lamia Oualalou, estudiosa da inserção política e religiosa dos evangélicos, que contribuiu no recém-publicado Religião e política em tempos de mudança.

0
0
0
s2sdefault

A busca pelas possíveis causas de nossa imensa derrota certamente terá que passar por entender a “psicologia das massas”.

0
0
0
s2sdefault

Não há novidade na adesão dos de cima a Bolsonaro. A violência que ele encarna é uma violência de classe. O drama é a adesão popular.

0
0
0
s2sdefault

Elegendo Bolsonaro empurraremos nosso país para uma polarização muito mais brutal e violenta do que a que já vivemos.

0
0
0
s2sdefault

As eleições revelam que o sentimento popular tem mais a ver com o basta aos desmandos do lulismo do que identificação ideológica com candidato da direita.