topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

AumentarDiminuirVoltar ao original
Pensamento e violência Imprimir E-mail
Escrito por Claudionor Mendonça dos Santos   
Sexta, 29 de Agosto de 2014
Recomendar

 

 

A sociedade brasileira vem se deparando com grupos de pessoas que, a título de exercerem o sagrado direito de livre manifestação de expressão, confundem-se com baderneiros. Intitulando-se anarquistas e anticapitalistas, com a meta de destruir bens de grandes corporações e enfrentando o organismo policial, tais grupos provocam repúdio em alguns setores mais conservadores.

 

Entretanto, a Democracia exige tolerância. A repressão, marca inconfundível nos regimes ditatoriais, não permitia qualquer manifestação. A transição para um regime democrático, contudo, determina novo protagonismo por parte, especialmente, dos jovens, inventando novas linguagens, com inegável força renovadora. Assim, não parece inconcebível identificar um verdadeiro processo de potencialização de metas, mas com equilíbrio suficiente para que não haja excessos.

 

Black Block, expressão surgida em 1980, segundo alguns em protestos antinucleares, teve sua expressão tupiniquim em junho de 2013, e também depois, com ataques aos símbolos maiores do capitalismo. Embora qualquer manifestação e reunião se constituam em direitos assegurados em cláusulas pétreas, é fundamental que se equilibrem tais preceitos. Impossível o reconhecimento de direitos absolutos. Se é correta a afirmativa de que todos podem se reunir pacificamente, sendo livre a manifestação do pensamento, também é fundamental que seja lembrado que o anonimato é vedado e que a reunião deve ser realizada sem armas, nos locais abertos ao público, independentemente de autorização.

 

Ninguém nega que a liberdade do pensamento e de expressão tem alto valor social e que assume maior relevância quando se destina a atender os interesses da sociedade, tanto que as legislações proíbem que seja objeto de lei qualquer medida restritiva à liberdade de livre manifestação do pensamento. Tampouco se pode contemporizar com aqueles que advogam a necessidade de restringi-la pra evitar excessos. A situação se transfigurará no seguinte ponto: quem considerará o que constitui excesso?

 

Foi exatamente a liberdade de livremente manifestar o pensamento que permitiu, desde a Antiguidade, a construção da evolução da humanidade, em que pese o desdizer de Galileu, ou a fogueira onde ardeu Bruno Giordano. Stuart Mill cita dois dos maiores exemplos de injustiça cometida pela humanidade. Sócrates e Cristo foram assassinados pelos ancestrais dos que, nos tempos modernos, pregam a restrição à liberdade de pensamento e sua exteriorização.

 

Concluindo, a livre manifestação do pensamento é fundamental em todo Estado democraticamente organizado, sendo a melhor, senão a única, forma para apurar a verdade ou inverdade do pensamento, dele se buscando benefícios para a coletividade, ou repudiando as obscuridades. Mas sempre por intermédio da liberdade de expressão.

 

 

Claudionor Mendonça dos Santos é promotor de Justiça e Associado do Ministério Público Democrático.


Recomendar
Última atualização em Segunda, 01 de Setembro de 2014
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates