topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 909 - 12/05/2014 a 18/05/2014
Arquivos do Correio
Terça, 20 de Maio de 2014
Recomendar

 

 

‘Apesar da repressão policial bem aprimorada, manifestos populares vão prosseguir’

Gabriel Brito e Paulo Silva Jr., da Redação, Colaborou Valéria Nader

 

alt

 

A Copa do Mundo no Brasil se aproxima e, junto com ela, vai aparecendo um sentimento popular generalizado de irritação e contrariedade com o evento. Nem mesmo pode ser tomado como surpreendente este clima nada ufanista no país do futebol, pois a realidade que cerca a Copa do Brasil tem também se imposto com muita clareza aos olhos da grande maioria.  “Com certeza existe algum legado positivo, mas apenas para todos aqueles que lucraram com as intervenções urbanas”. É o que diz Marina Mattar, porta-voz do Comitê Popular da Copa, em entrevista ao Correio da Cidadania, por ocasião do Dia Internacional de Lutas Contra a Copa em São Paulo.

 


 

‘A legalização da maconha é um processo que, inclusive por interesses econômicos, está em curso e é irreversível’

Gabriel Brito e Raphael Sanz, da Redação

alt

 

Até pouco tempo atrás vista como movimento de pouca importância na agenda política, inclusive progressista, a Marcha da Maconha ganha cada vez mais adeptos e influência. “O cenário internacional mudou, já não dá mais pra defender a atual política, ela não tem base científica nenhuma, resultado nenhum. Não dá mais pra esconder”, disse Julio Delmanto, do coletivo antiproibicionista Desentorpecendo a Razão (DAR), em entrevista ao Correio, que também destaca que a própria sociedade brasileira já tem outro nível de compreensão do debate da legalização das drogas.

 


 

POLÍTICA

 

Publicidade e crianças

Frei Betto

 

Poucos se deram conta de que, a 4 de abril deste ano, a presidente Dilma assinou a Resolução 163/2014, do Conselho Nacional da Criança e do Adolescente (Conanda), que proíbe publicidade abusiva direcionada a crianças e adolescentes.

 


 

Por que os liberais acham que a sociedade merece ser estuprada?

Leonardo Soares

 

A única coisa que um liberal consegue enxergar à frente do nariz são as necessidades de expansão e incremento do Capital. Tudo que se refira ao bem estar da espécie humana, principalmente se a criatura for um simples trabalhador ou trabalhadora, lhe deixa fora de si.  Nada lhe causa tanto asco e revolta do que imaginar que um sistema social ou regime de governo possa pretender assegurar um mínimo de decência ou dignidade para um vivente, para algo que não seja a sanha do Capital.

 


 

O Homem que Encurtou a Ditadura Brasileira

Mário Maestri

 

Ditadura e democracia no Brasil, de Daniel Aarão Reis, constrói-se como encadeamento crescentemente ininteligível de epifenômenos apresentados como fatos sociais e políticos essenciais. Retomando a retórica ditatorial e conservadora, o autor vê o golpe como, inegavelmente, movimento “defensivo”, para “salvar a democracia, a família, o direito, a lei e a Constituição”, para “garantir a hierarquia e a disciplina” nas forças armadas. [p.48] Proposta que não explica minimamente por que ele já fora tentado, em circunstâncias históricas diversas,  em 1954, 1955-6 e 1961, como proposto.

 


 

A Igreja e a questão agrária no Brasil

Guilherme C. Delgado

 

Observe-se que em ano eleitoral, como o é 2014, o posicionamento da CNBB sobre o tema, depois de 34 anos da última abordagem similar, em "Igreja e Problemas da Terra", de 1980, é não apenas um fato eclesial importante, como também político e social. Deve-se recordar que o documento de 1980 teve influência doutrinária e política na elaboração do regime fundiário da Constituição de 1988.

 


 

Classes e luta de classes: ainda burguesia e ditadura

Wladimir Pomar

 

Com o objetivo de garantir que a retirada estratégica dos militares seguisse o curso planejado pelos próprios militares, a grande burguesia decidiu criar uma Ação Empresarial para incidir diretamente no processo político.

 


 

SOCIAL

 

São Paulo: por trás da falta d’água, privatização e ganância

Lúcia Rodrigues, no Viomundo


Obcecada por lucros e bolsa de Nova York, empresa de saneamento abandonou investimento em mananciais, até deixar população à míngua

 


 

Dom Tomás e Dom Waldyr

D. Demétrio Valentini

 

A morte de ambos, no mesmo intervalo de assembleias, veio simbolizar a profunda sintonia que sempre existiu entre eles. Nomeados bispos no início da década de 60, puderam participar do Concílio Vaticano II, tendo sido dos mais ardorosos artífices da profunda renovação pastoral que o Concílio inspirou naquelas décadas.

 



INTERNACIONAL

 

Diante da obscura obsessão pelo ouro, é necessária uma moratória mineradora

Eduardo Gudynas

 

A mineração de ouro tornou-se um flagelo que assola muitos países da América Latina. Em alguns lugares operam umas poucas transnacionais gigantes, mas em outras áreas centenas de milhares de garimpeiros vasculham as florestas, rios e entranhas das montanhas por algumas gramas de ouro. Enquanto as grandes corporações insistem em contar com tecnologias, servindo ao crescimento econômico e freando o emprego, a mineração de pequena escala, informal ou ilegal, está sob a sombra da poluição, violência e pobreza.

 


 

EUA perdendo seus feudos

Luiz Eça

 

Depois da queda do comunismo, o governo norte-americano voltou suas atenções para o Oriente Médio, onde surgiram novos desafios à sua hegemonia universal. Agora, a onda esquerdista avança para a América Central, o mais antigo feudo dos EUA.

 


 

Impunidade dos EUA: o Golpe de 64, Bush, Operação Condor, a Comissão da Verdade e as guerras da Síria e Iraque

Ramez Philippe Maalouf

 

Como há um esforço por parte significativa da esquerda brasileira em subestimar e até negar a participação decisiva dos ianques no golpe e na ditadura civil-militar, é preciso resgatarmos as raízes históricas do nosso atual Estado liberal-colonial, que se consolidou a partir dos governos Collor e FHC.

 



A credibilidade dos EUA, da OTAN e da UE depende do desfecho político da Ucrânia e da Líbia

Achille Lollo, de Roma para o Correio da Cidadania

 

Os principais cientistas políticos “independentes” admitem que no último semestre os fenômenos de crises políticas voltaram com extrema intensidade. Cenários geoestratégicos onde os EUA envolveram a OTAN e a União Europeia em uma série de operações militares e subversivas, que, na realidade, provocaram mais instabilidade política, mais crises econômicas, mais conflitualidade étnica e mais insegurança em muitas regiões do planeta.

 


 

ECONOMIA

 

Cidadania constrangida

Heitor Scalambrini Costa

 

A operação desastrosa de privatização da Cia Energérica de Permambuco, a Celpe, trouxe enormes prejuízos à população pernambucana. Quer do ponto de vista financeiro, pelas tarifas exorbitantes que são cobradas, quer pelo tratamento de desprezo, de desrespeito que é dispensado ao consumidor.

 


 

Energia nuclear: debate necessário

Paulo Metri

 

O deputado federal Alfredo Kaefer (PSDB-PR) apresentou em 2007 a PEC 122, que visa modificar os artigos 21 e 177 da Constituição para excluir do monopólio da União a construção e operação de reatores nucleares para fins de geração de energia elétrica.

 


 

CULTURA

 

“Eles estão roubando vocês!”

Giulia Afiune, Agência Pública

 

A FIFA novamente é o alvo das investigações de Jennings, desta vez focadas na distribuição de ingressos por sorteio, que, segundo ele, esconde um mundo de negócios sujos, mercado negro e troca de favores.

 


Recomendar
Última atualização em Terça, 20 de Maio de 2014
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates