Um diagnóstico da Educação brasileira e de seu financiamento

0
0
0
s2sdefault

 

 

Trata-se de livro que constitui leitura quase obrigatória para quem busca o entendimento quanto às causas e consequências da problemática educacional em que o país está mergulhado. Apresenta, de modo organicamente integrado, textos anteriormente publicados em periódicos diversos, também no próprio Correio da Cidadania, que ganham em escopo ao serem reorganizados – e, por vezes, reinterpretados.

 

Em seus 5 capítulos e 19 seções, enfoca a educação em seus múltiplos aspectos, abordando-a em seus vários níveis, mas detendo-se especialmente na educação superior, por motivos que explicita. O fato de utilizar, sempre que possível, a comparação com a realidade educacional em países com possibilidades semelhantes enriquece a análise.

O autor, Otaviano Helene, tem trajetória de mais de duas décadas de pesquisas sobre a realidade social do Brasil, movido por intenso desejo de vê-la modificada. O fato de seu campo primário de atuação, ao longo da vida e como professor de Física na USP, ter sido o da interpretação de dados fez com que enxergasse melhor os condicionantes por trás da numerologia disponível nos vários levantamentos nacionais e internacionais.alt

 

O autor chega, assim, à desconstrução de muitas das soluções fáceis, por vezes aceitas pela sociedade, ao serem constantemente repetidas pela, assim chamada, “grande mídia”. Vários desses projetos problemáticos são expostos ao crivo do leitor, antecedidos da pertinente análise de que a causa de fundo da situação descrita é a falta, histórica, de um financiamento condizente às necessidades do setor.

 

Em capítulos e seções curtas, com texto didático e envolvente, acessível até ao menos versado dos leitores, o autor nos guia a suas conclusões, que acabam por se tornar altamente convincentes. Dados – por vezes até facilmente disponíveis, mas de leitura intrincada – são traduzidos pelo autor para embasar seus argumentos.

 

Saímos da leitura seguros: nossa lamentável situação educacional tem causa, consequências, mas também solução. Comparações internacionais, em especial entre dois dos métodos mais distintos aplicados à educação – os dos sistemas da Finlândia e dos EUA – nos ajudam a desvendar um caminho mais promissor, uma vez rompido o nó górdio dos recursos insuficientes. É essencial que retomemos a valorização da Educação Pública – da Básica à Superior – e de seus agentes imprescindíveis: os professores.

 

Afinal, contra todas as falácias em contrário, foi assim que os países hoje considerados desenvolvidos pavimentaram o caminho até essa posição.

 

Lighia B. Horodynski-Matsushigue é professora aposentada do Instituto de Física da USP, foi vice-presidente da Regional São Paulo do Andes – Sindicato Nacional e diretora de sua Seção Sindical na USP (Adusp).

 

Ficha técnica

Título: Um Diagnóstico da Educação Brasileira e de seu financiamento

Autor: Otaviano Helene

Editora: Autores Associados

Ano: 2013

Páginas: 160

Preço: R$ 39,00

Comentários   

0 #2 Um diagnóstico da Educação Brasileira e de seu FinanciamentoEdnay de Cerqueira L 04-11-2013 17:50
Desvendar novos caminhos, enfrentar desafios dos mandos e desmandos das gestões ligadas a Educação Brasileira ñn deve necessariamente seguir ou copiar aquilo que deu certo em qualquer outra nação. Basta um olhar sobre o povo q/ aqui vive.Pois consideram o tema como despesas excepcionais ao invés de considerá-las o investimento para um país melhor e com um povo de melhor entendimento político, social , econômico religioso, ético e moral sustentável em seu desenvolvimento.
Citar
0 #1 comprarandre Simion 25-10-2013 23:04
Ola, como faço pra comprar o livro???
Citar

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados