topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 872 - 12/08/2013 a 18/08/2013
Arquivos do Correio
Terça, 20 de Agosto de 2013
Recomendar

 

 

‘Rio serviu de laboratório para as cidades-negócio; hoje, é um laboratório de cidade rebelde’

Valéria Nader e Gabriel Brito, da Redação

 

alt


Para analisar o quadro político do Rio de Janeiro, inflamado pelo desaparecimento do pedreiro Amarildo de Souza, após detenção por policiais da UPP da Rocinha, pra não falar da chacina da Maré, o Correio entrevistou o deputado estadual Marcelo Freixo, que atribui os levantes iniciados em junho ao esgotamento da atual fórmula de “governabilidade” política. Freixo traça o quadro desumano a que conduziu a violência que assola o Rio, dentro ou fora das áreas de UPPs. “Só em 2012 nós tivemos 5.900 casos de desaparecimentos no RJ. O caso do Amarildo chama a atenção porque foi numa área de UPP, onde não seria aceitável. Mas é aceitável e tolerado em muitas outras áreas do Rio”.

 


 

‘Ficar na rua, desmilitarizar a PM e Tarifa Zero são os três pontos fundamentais’

Gabriel Brito e Valéria Nader, da Redação

 

alt

 

Após praticamente dois meses sem convocar manifestações, período no qual se dedicou a reflexões e trabalhos de base nas periferias de São Paulo, o Movimento pelo Passe Livre (MPL) voltou às ruas neste dia 14 de agosto. A pauta foi o reforço de suas reivindicações no transporte coletivo e também o impulso do “Fora Alckmin”, que após a explosão do escândalo do propinoduto tucano nas licitações do metrô ganha força. Diante disso, o Correio da Cidadania entrevistou João Victor Pavesi, ativista político presente nas jornadas do movimento, que avalia muito positivamente o mais recente ato e acredita na necessidade de se manterem os três pontos que intitulam a matéria na ordem do dia, constantemente.

 



‘A associação com a FIFA é absurda e foi assinada pelos governos federal, estadual e municipal’

Gabriel Brito e Paulo Silva Junior, da Redação

 

alt

 

Em mais um episódio do programa de webrádio Central Autônoma (rádio Central3), o Correio da Cidadania conversou com Fidélis Alcântara, participante da ocupação da Câmara dos Vereadores de Belo Horizonte, que há praticamente 40 dias (com breve interrupção voluntária) pauta a política da cidade.

 


 

Sem tocar na dependência externa e estagnação econômica, políticas conjunturais prosseguirão inócuas

Guilherme Delgado

 

alt

 

As políticas conjunturais precisam sinalizar mudança de rumos em relação à dependência externa e à estagnação econômica, sem o que retornaremos ao ciclo vicioso sempre que houver qualquer surto de crescimento econômico.

 


 

 

EDITORIAL


Nova e grande injustiça contra os povos indígenas

 

Neste exato momento, o povo Guarani Kaiowá está sendo objeto de um ataque mortal por parte de jagunços a serviço dos ocupantes ilegítimos de suas terras, sob a complacência criminosa das polícias estaduais. Ademais, a bancada ruralista está pressionando para que os parlamentares aprovem uma emenda constitucional que transfira para o Congresso a competência para a decretação das reservas. Isto precisa ser denunciado e cessado imediatamente.

 


 

POLÍTICA

 

São eles incompetentes?

Gilvan Rocha

 

Quem é incompetente? Uma burguesia que cumpriu e cumpre o seu papel histórico, ou uma determinada esquerda, claramente expressiva, que só acumulou e acumula derrotas?

 


 

Parque Augusta: covardia e subdesenvolvimento

Rodrigo Salgado

 

E se falta vontade política, sobra covardia. Sim, porque Haddad e Alckmin poderiam pagar tranquilamente o valor da desapropriação. Até o governo federal – via Ministério das Cidades – poderia ajudar. Mas não vão. Preferem o silêncio, já que agir a favor do pequeno número de eleitores mobilizados traria menos vantagens eleitorais do que o custo político de domar o ímpeto megalomaníaco das empresas da construção civil.

 


 

Abdicar de pensar

Frei Betto

 

Essa a banalidade do mal. Muitas vezes ele resulta da omissão, não da transgressão. Quem cala consente. Ou do rigoroso cumprimento de ordens que, em última instância, violam a ética e os direitos humanos.

 


 

Direitos Indígenas: Para juristas, PEC 215 é inconstitucional

Redação do ISA

 

“A PEC 215 é flagrantemente inconstitucional”, sentenciou Dalmo Dallari, professor de Direito da USP. Para ele, a proposta fere o princípio constitucional da separação dos poderes e por causa disso não poderia nem mesmo ser apresentada como uma PEC.

 


 

A síndrome das marés

Wladimir Pomar

 

Se olharmos para os indicadores conjunturais, veremos que eles são apenas um afluxo momentâneo e frágil. Ele não nos protege do refluxo das águas porque os problemas estruturais mais evidentes não estão sendo resolvidos.

 


 

PL 4.330, o Shopping Center Fabril: Dogville mostra a sua cara e as possibilidades de redenção

Jorge Luiz Souto Maior

 

Diante das manifestações de junho, sobretudo em razão da rapidez e da espontaneidade como se produziram, representantes do governo federal vieram a público para dizer que não estavam entendendo o que estava acontecendo. Depois, assumiram que era preciso “ouvir a voz das ruas”.  No entanto, passado o momento mais agudo das manifestações, menos de dois meses depois, esse mesmo governo está patrocinando, abertamente, com apoio de parte da classe empresarial brasileira, a aprovação de um projeto de lei que amplia as possibilidades de terceirização.

 


 

Brasil: a calma e o maremoto

Osvaldo Coggiola

 

A esquerda brasileira surgida no calor da fase final da luta contra a ditadura militar e da pseudo-democratização da década de 80 esgotou seu ciclo histórico e político.

 


 

SOCIAL

 

A queda do muro do Moinho

Raphael Sanz, da Redação

 

O laudo dos bombeiros saiu em 16 de julho, após diálogo entre a associação de moradores da favela e a prefeitura, quatro dias antes. Mas nenhum prazo havia sido dado para uma providência oficial em relação à derrubada do muro. Assim, a comunidade se organizou e, em meio a um domingo de sol e muita música no pé do muro, moradores se revezavam com marretas e britadeiras para pôr abaixo aquele muro que tanto incomodava suas vidas e ameaçava sua integridade física.

 


 

A pena de morte para os Moradores de Rua

Frei Marcos Sassatelli


Fabíola ou Neguinha, aproximadamente 30 anos, foi assassinada com dois tiros numa calçada em Goiânia. Ela é a 33ª vítima da violência contra os moradores de rua na capital desde agosto de 2012.

 


 

INTERNACIONAL

 

Palestina: negociações natimortas

Luiz Eça


Setembro vem aí, com a reunião da ONU. Lá as negociações precisarão estar superadas para que os palestinos coloquem um jogo realmente forte sobre a mesa: o pedido para ingresso na ONU.

 



Depois de 14 de agosto, que muçulmano voltará a acreditar nas urnas?

Robert Fisk

 

Sim, algo morreu no Egito nesta quarta-feira. Não a revolução, porque em todo o mundo árabe os povos conservam a noção íntegra, ainda que ensanguentada, de que seus países pertencem ao povo, e não a seus líderes. Morreu a inocência, como ocorre em toda revolução? Não. O que expirou neste dia foi a ideia de que o Egito é a mãe eterna da nação árabe, o ideal nacionalista, a pureza com que o Egito se considerava a mãe de seu povo.

 


 

A débâcle eleitoral do kirchnerismo: abre-se uma transição plena de incertezas

Roberto Ramírez, de Buenos Aires, para o Correio da Cidadania

 

O oficialismo pode argumentar que as eleições de domingo não são definitivas: que as eleições ‘de verdade’ serão as do próximo 27 de outubro. No entanto, o duro castigo agora recebido pelo voto e o esgotamento de respostas econômicas da atual gestão são de tal magnitude que, mesmo que se recupere algo do que se perdeu (e nada descartável), é quase irreversível a conjuntura que se abriu no país, de transição política rumo a um período pós-kirchnerista

 


 

Bradley Manning nos deu a verdade

Elaine Tavares

 

Bradley, ao contrário do que dizem seus acusadores, queria salvar o seu “mundo livre”, limpá-lo das manchas. Um garoto ingênuo e sonhador.

 


 

MEIO AMBIENTE

 

Territórios: velhos e novos paradigmas – um diálogo com Milton Santos

Roberto Malvezzi

 

Muitas vezes fazemos esforço de preservação das culturas, mesmo quando estão sendo invadidas. Há no território também uma dimensão subjetiva, também agredida, saqueada. Talvez a subjetividade seja o último reduto do território.

 


 

Hidrelétrica São Manoel: Cronologia de mais um desastre - Parte I

Telma Monteiro

 

A representação do MP ao Ibama tinha, realmente, argumentos suficientes para provar que vários empreendimentos planejados numa mesma bacia hidrográfica, como o Complexo Hidrelétrico do rio Teles Pires, não poderiam ser licenciados isoladamente.

 


 

Recomendar
Última atualização em Terça, 20 de Agosto de 2013
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates