topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 868 - 15/07/2013 a 21/07/2013
Arquivos do Correio
Terça, 23 de Julho de 2013
Recomendar

 


Espionagem dos EUA: liberalização comprometeu soberania nacional

Gabriel Brito e Valéria Nader, da Redação

 

alt

 

A explosão do caso de megaespionagem internacional dos EUA, afetando países aliados e inimigos, sem distinção, ainda choca a opinião pública mundial. Na opinião de Milton Temer, ex-deputado federal pelo PT, época em que também trabalhou na Comissão de Relações Exteriores da Câmara, as revelações de Snowden apenas confirmam o que já estava insinuado pelo Wikileaks. Na entrevista que concedeu ao Correio da Cidadania, Temer analisa ainda a postura do governo brasileiro e seu chanceler Antonio Patriota, rápidos em negar asilo a Snowden, mas letárgicos ao condenar o episódio de semi-sequestro do avião de Evo Morales em aeroportos europeus.

 


 

‘Queremos do Estado a garantia de direitos civis básicos que na favela não são respeitados’

Gabriel Brito e Paulo Silva Junior, da Redação

 

alt

 

A ação na Maré culminou na morte de 10 pessoas. No dia 2, um ato ecumênico reuniu cerca de 5 mil pessoas para protestar contra a incessante carnificina estatal. O Correio publica entrevista realizada com Edson Diniz, diretor da Redes de Desenvolvimento da Maré, um dos mais organizados movimentos populares comunitários. Inclusive, com produção jornalística, uma vez que seus moradores não tiveram dificuldades em notar o tratamento “estereotipado” concedido pela grande mídia. Na conversa, gravada em mais uma parceria com a Webrádio Central3, Edson descreve o engajamento da população da Maré em diversas causas, com grande participação na recente onda de manifestações.

 


 

BRASIL NAS RUAS

 

A opção do PT

Plínio de Arruda Sampaio Jr.

 

Uma década no poder é tempo mais do que suficiente para fazer um balanço da suposta “disputa” e patentear as opções de classe que nortearam as decisões e as omissões da gestão petista. O retrospecto é inequívoco. Em todos os embates decisivos, os governos do PT não hesitaram em renegar a origem rebelde do Partido, dar as costas aos interesses da classe trabalhadora e fechar fileira com a ordem estabelecida.

 


 

A greve geral foi vitoriosa em Porto Alegre; um avanço para a luta dos trabalhadores

Clovis Oliveira

 

A ação dos piquetes de rodoviários foi efetiva, sem que precisasse ser furado um só pneu, e os sindicatos foram decisivos para paralisar suas bases. O clima político era de greve, mais forte do que as greves gerais dos anos 80.

 


 

POLÍTICA

 

CUT e o neopeleguismo

Gilvan Rocha


Em uma aliança capital-trabalho um dos dois haveria de sobrepor-se e o que se teve foi a sobreposição dos interesses do capital. Essa política de capitulação levada a cabo pelo PT e o PCdoB seria inexequível, caso não fosse acompanhada de uma mudança similar na CUT.

 


 

Boas-vindas ao Papa Chico

Frei Betto


Assim como seus discursos sofrem, agora, modificações em Roma para estarem mais afinados com o clamor da juventude brasileira, tomara que o senhor altere aqui o programa que lhe prepararam e dedique mais tempo ao diálogo com os jovens.

 


 

Sobre o “mensalão”, o lulismo e a ingratidão das elites

Justino de Sousa Junior

 

As forças governistas de esquerda têm tentado aproveitar os ataques hipócritas de parte das elites nacionais, conhecidamente reacionárias, para sustentar a posição de vítimas de uma cruel e injusta perseguição promovida por uma elite reacionária que não aceita a ideia do “povo no poder”. Mas não é só o STF que defende interesses conservadores, aliás, o STF não nos surpreende ao defendê-los. Interesses conservadores têm sido defendidos por ex-operários e comunistas e aqui é quando o estranhamento faz mais sentido.

 


 

A crise e a dívida pública

Frei Betto

 

Se os dados acima impressionam, veja os atualizados: de janeiro a fevereiro deste ano a dívida pública subiu mais R$ 26 bilhões, atingindo R$ 1,95 trilhão! E a previsão é de que alcançará a cifra de R$ 2,24 trilhões até o fim do ano!

 


 

Reformular os investimentos

Wladimir Pomar


O problema consiste no pequeno espírito animal do empresariado e do governo brasileiros. Isto pode impedi-los de investir em pesquisas de mercado e de aproveitar as oportunidades existentes.

 


 

SOCIAL

 

Quanto o Brasil realmente investe em educação pública?

Otaviano Helene

 

Muitos fatores contribuem para fazer com que os investimentos educacionais efetivos (aqueles que são transformados em salários de professores e demais trabalhadores da área, instalações e equipamentos escolares, atendimento dos alunos etc.) fiquem abaixo daqueles 5,3% do PIB. Um deles é que muitos municípios e estados simplesmente não investem na educação os percentuais mínimos exigidos. Outro fator, ainda, é a possibilidade de driblar a lei.

 


 

Mídia abafa corrupção no Metrô/SP

Altamiro Borges


É como se o caso fosse recente e tivesse pegado de surpresa o grão-tucano. A operação abafa – já utilizada nos escândalos da privataria tucana, do aspone Paulo Preto e de tantos outros – está em curso novamente!

 


 

INTERNACIONAL


Operação dedo-duro

Luiz Eça

 

Silenciosamente, o governo Obama vem implantando gradualmente seu “Programa de Ameaças Internas”. Ele visa fazer com que os milhões de militares, funcionários federais e de empresas contratantes denunciem ações suspeitas de colegas, com base em técnicas de análises de comportamentos.

 


 

Estados Unidos: o injustificado desmerecimento da democracia

Virgilio Arraes

 

Se o estado de tensão entre norte-americanos e soviéticos foi alcunhado de Guerra Fria, nos dias atuais não há uma identificação terminológica definitiva entre os Estados Unidos e o extremismo religioso. Todavia, quando houver, ela certamente incluirá a desvalorização dos valores democráticos, malgrado a retórica de sua defesa.

 


 

Mercosul, Unasul e a indecisão do Brasil

Atilio Borón

 

Para uma América Latina emancipada dos grilhões neocoloniais, é decisivo contar com o Brasil. Porém, isso não será possível a não ser a conta gotas enquanto não se resolva a favor da América Latina o conflito entre aqueles dois projetos em pugna.

 


 

Síria: guerra civil ou como destruir a primeira democracia do Oriente Médio

Ramez Philippe Maalouf

 

Nesta segunda parte de uma detalhada análise sobre a Síria, um dos palcos atuais do xadrez imperialista, e sob intensos conflitos internos, o historiador Ramez Philippe Maalouf aborda a crise do modelo neoliberal no país.

 


 

Snowden revela apenas que os EUA são antidemocráticos

Carlos Enrique Bayo

 

Agora a Casa Branca entrou em um frenesi sem precedentes, que ameaça não só os seus rivais, mas também seus aliados, ignorando todas as normas legais e diplomáticas.

 


 

As esperanças ignoradas da “nova África do Sul”

Marcello Musto


A mudança prometida pela Alliance não abordou a questão social. De fato, o ANC retirou o tema da redistribuição da riqueza de sua agenda e, a respeito de 1994, as desigualdades só aumentaram.

 


Recomendar
Última atualização em Terça, 23 de Julho de 2013
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates