topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 860 - 20/05/2013 a 26/05/2013
Arquivos do Correio
Segunda, 27 de Maio de 2013
Recomendar

 

 

‘Comissão da Verdade é aquela que a correlação de forças permite’

Gabriel Brito e Valéria Nader, da Redação

 

alt

 

Dando prosseguimento à série de depoimentos sobre a Comissão Nacional da Verdade, o Correio entrevistou o jornalista Alípio Freire. Freire foi preso político entre 1969 e 1974, período no qual enfrentou a Oban e o Dops. Recentemente, lançou o documentário “1964 – Um golpe contra o Brasil”. Com a experiência e conhecimento de quem sofreu na pele os anos de chumbo, Freire entende a atual Comissão da Verdade como aquela que a correlação de forças do país permite e acredita que teremos um Brasil de antes e outro de depois da atual Comissão da Verdade - que não deverá ser a última a acertar as contas com o passado de repugnante memória.

 


 

 

Com falta de recursos públicos e incentivo à privatização, Saúde está na encruzilhada

Ligia Bahia

 

alt

 

Falta de recursos e políticas públicas de apoio à privatização conduziram a uma encruzilhada. Nem o SUS, nem os planos privados conseguem responder adequadamente às demandas e necessidades de saúde.

 


 

EDITORIAL

 

Uma decisão infeliz no Supremo

 

Aceitando a alegação de cerceamento de defesa, o STF anulou a decisão do Júri que condenou o mandante do assassinato da freira norte-americana Dorothy Stang, julgamento este realizado em 2.005. O advogado do réu alegou cerceamento de defesa, porque teve “apenas” doze dias para examinar os autos.

 


 

POLÍTICA

 

Ruídos estranhos

Wladimir Pomar

 

A ilusão democrática parece estar entranhada em muitas mentes, desconsiderando que as diferenças de interesses em jogo no atual momento são profundas e podem gerar reações conservadoras e destrutivas, como no passado.

 


 

Defender os médicos cubanos; denunciar as políticas de saúde no Brasil! (uma contribuição ao debate)

Otávio Dutra

 

O fato está gerando um intenso debate na sociedade brasileira, permitindo que na polarização criada identifiquemos os atores principais da polêmica, assim como suas intenções de fundo.

 


 

“Partidos de mentirinha”

Gilvan Rocha

 

Ao contrário de partidos ideológicos, temos aqueles de natureza fisiológica. Essas agremiações têm como propósito locupletarem-se. Vemos que, no cenário político brasileiro, predomina o fisiologismo.

 


 

O poder da bestialidade em Felisburgo

Julio Cesar de Castro

 

Em tempo real da informação, das céleres e célebres inovações neste século 21, e quando o Brasil ocupa a mídia internacional com ares de desenvolvimento econômico e oportunidade de trabalho e renda a profissionais imigrantes, vê-se ainda o horror de crueldade contra trabalhadores, fatos típicos de um período colonial da mão de obra cativa. Vê-se a morosidade processual, a excessiva indefinição judicial e até anulação de condenações de fazendeiros assassinos.

 


 

SOCIAL

 

A farsa sindical das centrais

Waldemar Rossi

 

Em síntese, o que os dirigentes dessas centrais realmente querem é ter espaços políticos ao lado de quem dirige o país em favor das grandes empresas nacionais e internacionais.

 


 

Direito à Saúde e governo Dilma: nada a ver. O caso dos médicos cubanos

Setorial de Saúde do PSOL

 

A vinda de médicos cubanos para trabalhar em áreas de difícil fixação tem valor. No entanto, como na maior parte das políticas sociais dos governos petistas, uma fachada “progressista” procura encobrir os retrocessos tremendos. Ao acenar com a possibilidade de amainar as carências históricas do povo brasileiro no acesso a serviços de saúde em uma conjuntura de ataques frontais ao SUS, o governo Dilma combina demagogia com privatização.

 


 

INTERNACIONAL

 

As correntes invisíveis da escravidão

Ronnie Huete Salgado

 

A arrogância que caracteriza tais personagens nesta pseudo-esquerda de Honduras é apenas digna de pena, diante da verdadeira revolução e resistência de hondurenhos pobres que lutam para sobreviver diariamente.

 


 

Brasil, o maior extrativista do continente

Eduardo Gudynas

 

O extrativismo avança no Brasil em várias frentes. Se se agrupam as extrações de recursos naturais minerais, hidrocarboníferos e agrícolas, o nível de apropriação dos recursos naturais no Brasil é assustador, e deixa muito para trás qualquer país sul-americano.

 


 

Para historiador, eficiência da justiça de transição argentina é mito

Victor Saavedra

 

Em entrevista, o historiador argentino Osvaldo Coggiola, professor da faculdade de história da USP, questiona a simbologia por trás da condenação e morte do ditador Jorge Rafael Videla.

 


 

Estados Unidos: democratas mascarados de republicanos

Virgilio Arraes

 

Maio registrou nos dois pólos do território norte-americano exemplos significativos de afinidade de comportamento entre situação e oposição, apesar de programas partidários diferentes e retórica distinta.

 


 

MEIO AMBIENTE

 

Tudo errado em Belo Monte

Rodolfo Salm

 

Para quem conhece minimamente a questão, e o pessoal da The Economist está ciente disso, não é para funcionar os DVDs e os ventiladores da nova classe média brasileira que estão sendo gastos tantos bilhões na construção hidrelétricas. Essa é a mentirinha favorita da grande imprensa brasileira para convencer o povão de que as hidrelétricas na Amazônia são necessárias. Na verdade, esse investimento todo é para a mineração eletrointensiva da região, para atender à demanda do mercado internacional.

 


 

O poder das corporações que controlam o comércio dos agrotóxicos

Jairo Cezar

 

Diante da concepção de economia sustentável que o governo brasileiro tenta incutir no imaginário social, na defesa de uma alimentação mais saudável e nutritiva, esconde-se uma política perversa e terrorista, dominada por setores agroquímicos, que vêm introduzindo a venda casada de sementes geneticamente modificadas e agrotóxicos.

 


 

 

Recomendar
Última atualização em Segunda, 27 de Maio de 2013
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates