topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Duas panelas de pressão Imprimir E-mail
Escrito por Roberto Malvezzi (Gogó)   
Quarta, 24 de Abril de 2013
Recomendar

 

A arma do terror é que ele não tem controle. Pode acontecer em qualquer lugar, a qualquer hora, provocado por qualquer pessoa, com elementos primitivos de violência, ainda que sejam duas panelas de pressão carregadas de pólvora, agulhas, pregos e bolinhas de rolamento. O estrago físico, como em Boston, é poderoso: três mortos e mais de uma centena de feridos. O estrago emocional é indecifrável. Essa é a vitória psicológica dos terroristas.

 

O terror estabelece residência no coração dos aterrorizados. Nem a tecnologia de guerra mais avançada do mundo, nem os sistemas de espionagem mais sofisticados, são capazes de livrar a nação mais poderosa do mundo de duas pífias panelas de pressão.

 

Em Boston morreu uma jovem mulher, uma chinesa e um menino de oito anos. Portanto, gente inocente. Muitos vão dizer que as crianças mortas no Iraque, Afeganistão e outros lugares do mundo, onde o império põe suas patas, também são inocentes. E são mesmo.

 

Mas aqueles que morreram em Boston também o são. Poderia ser um brasileiro que estivesse ali assistindo a maratona, um latino, uma idosa, um deficiente, enfim, mais um que nada decide sobre a violência no mundo e, provavelmente, é contra todo tipo de violência.

 

Para muitos o terror é a arma dos que não têm mais armas. Muitas vezes seus corpos são suas armas. O objetivo é desestabilizar o inimigo. E consegue. Porém, não leva a lugar algum. Ao contrário, reforça a corrente da violência e do ódio dentro da humanidade.

 

Roberto Malvezzi (Gogó) possui formação em Filosofia, Teologia e Estudos Sociais. Atua na Equipe CPP/CPT do São Francisco.

Recomendar
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates