Comunismo Troncho

0
0
0
s2sdefault

 

 

A palavra troncho quer dizer torto, fora do prumo, desajeitado. Recentemente, tivemos a oportunidade de assistir a um programa de debate entre o dirigente “comunista” do PCdoB, Aldo Rebelo, e diversos jornalistas, no programa Roda Viva. Não vimos, em nenhum momento, esse senhor referir-se às classes e camadas sociais que compõem esse país chamado Brasil.

 

Fica claro que, para tal dirigente, “comunista”, existe apenas uma categoria política: país. Dessa forma, abstrai, vergonhosamente, o fato de existirem, como já dissemos, classe sociais com interesses antagônicos, no seio desta festejada nação. Aliás, a burguesia sempre recorre a essa abstração. Diz ela: o país está crescendo, o país está ganhando, o país está perdendo e assim por diante, quando deviam dizer que é o capitalismo que está crescendo, está ganhando ou está perdendo. Isso é uma forma clássica de esconder a verdade que existe por trás dessa colocação patriótica.

 

Ora, é bom deixar claro, e bem claro, que existe uma intimidade simbiótica entre pátria e patrão. Devia ficar claro, que a chamada “pátria amada idolatrada” é a pátria deles, dos negócios deles, dos ganhos deles. Entretanto, ao invés dessa revelação quanto ao fato de que cada país, no capitalismo, é formado por classes e camadas sociais diferentes, o que existe é um sistemático engodo, uma sistemática enganação, uma densa cortina de fumaça.

 

Seria tarefa dos comunistas e socialistas dizer para o povo o verdadeiro sentido de pátria e comungando com a afirmação de Karl Marx e Friedrich Engels dizer, peremptoriamente: “O proletariado não tem pátria”. Ao invés disso, temos organizações que se reclamam socialistas e até comunistas, mas se prestam a massificar as tagarelices burguesas e esconder a realidade.

 

O PCdoB, do senhor Aldo Rebelo, que antes era apenas um partido social-patriota, transformou-se em partido fisiológico que se alimenta nas tetas do Estado capitalista e rejeita qualquer postura anticapitalista. Esses senhores deram-se ao trabalho de se transformarem em especialistas em esportes e reclamar, em nível federal, estadual e municipal, em que se deem vitórias das coligações de “esquerda", sua participação nas secretarias voltadas para essa atividade.

 

Isso é muito estranho, ou seria a atividade esportiva um novo caminho para o socialismo? Isso não nos parece verdadeiro, pois tudo se reduz a interesses menores como seja o de tirar proveitos em benefício de seus restritos interesses partidários. Trata-se, pois, de um “comunismo” totalmente troncho e o seu caráter oportunista deve ser veementemente denunciado para que o povo trabalhador não seja enganado de forma tão vil.

 

Leia também:

Biquíni de Crochê

 

Gilvan Rocha é militante socialista e membro do Centro de Atividades e Estudos Políticos. Blog: www.gilvanrocha.blogspot.com

Comentários   

0 #5 Comunismo troncho...Luiz Carlos Ramos Cr 25-04-2013 12:33
Mr Dep.Ministro Aldo Rebelo, não pode macular o comunismo - Ele não representa o comunismo.Revejam a entrevista do roda viva e observem que ele não respondia as perguntas dos repórteres, onde a todo momento, esquivava-se das perguntas.A jaqueta que uilizava, utilizava a logomarca da Nike, que sabemos muito bem, das denúncias à esta empresas relacionadas ao trabalho escravo - Que vergonha, que papel deprimente, ao defender os interesses da classe dominante...
Citar
0 #4 RE: Comunismo TronchoLeo 24-04-2013 13:34
Realmente o Aldo não é mais o mesmo há tempos. Mas certas afirmações do texto são contraditórias e não se sustentam. Por exemplo, da mesma forma não se pode afirmar que a Venezuela está crescendo? Oras, quem não tem pátria é o capital, que na forma de empresas transnacionais, pulam de país em país extraindo o que pode e se escondendo onde lhe seja mais conveniente.
Citar
0 #3 deputado motoserraJosé Safrany Filho 21-04-2013 00:10
Ia-me esquecendo, o dito deputado motoserra, na arena esportiva, ficará muito bem acompanhado do filhote da ditadura e criminoso josé maria marin!
Citar
0 #2 deputado motoserraJosé Safrany Filho 21-04-2013 00:08
Este sr., ou melhor, mr. aldo rebelo não passa de um fasante, como pretenso comunista, e um dos maiores defensores do agronegócio ou será, melhor, agrobusiness?! Enaltecido e condecorado pela udr dos ruralistas da defensora da escravidão no campo - kátia abreu - e de energúmenos fascistas do calibre de caiado e assemelhados. Anistiador de desmatadores, grileiros e criminosos dos trabalhadores do campo!
Só pode nos ensejar o mais profundo desprezo e reservar-lhe um dos melhores lugares na lata de lixo da história!
Citar
0 #1 RE: Comunismo TronchoMarcio 20-04-2013 16:05
Parece que as fontes do Sr. Gilvan quanto à questão nacional nos fundadores do marxismo se reduzem a isto: Marx e Engels, p. 1.
Citar

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados