Ela é da CIA?

0
0
0
s2sdefault

 

 

Confessamos não saber responder, a contento, se a blogueira Yoani Sánchez é patrocinada pela CIA. Sabemos, entretanto, que ela faz oposição ao governo castrista, por um viés claramente de Direita. Ela propõe, para Cuba, uma república democrática burguesa. É esse tipo de república que nós conhecemos aqui no Brasil, onde existem trinta partidos políticos e estamos em vias de ver esse número aumentar.

 

Por sua vez, no Brasil existe uma ampla liberdade de imprensa, pois ao lado da grande mídia, comprometida com o capitalismo, existe uma mídia alternativa que extrapola os estreitos limites da política conservadora, seja esse conservadorismo o mais retrógrado, representado por figuras do tipo Maluf/Bolsanaro, seja o moderado e até reformista de certos segmentos da burguesia.

 

Com certeza, não é essa a realidade política que observamos em Cuba. Lá, reina a ditadura de um partido único, sob a tutela dos irmãos Castro e outras figuras do mesmo naipe, empenhados em manter um poder que assegura a manutenção de uma forma de Capitalismo de Estado, incapaz de promover uma economia que ofereça ao povo cubano o merecido bem-estar social.

 

Mesmo que se deva reconhecer, naquela ilha, existirem bons serviços de saúde e educação, devemos lembrar que, em alguns países, nitidamente capitalistas, essas políticas sociais são muito mais avançadas e consistentes, ressaltando-se o exemplo dos países nórdicos. Assim sendo, fica evidente que uma revolução socialista não se realiza apenas por alguns feitos sociais. Em Cuba, devemos considerar que esses feitos são muito restritos, enquanto o povo carece de comida e, sobretudo, de liberdade para discutir livremente o seu cotidiano e seus destinos.

 

Os cubanos são politicamente tutelados por um partido avesso a qualquer tipo de tolerância e esse fato, comum aos países que formaram o fantasioso mundo socialista, prestou, e ainda presta, um dos maiores desserviços à causa anticapitalista.

 

A direita soube aproveitar dos descaminhos tomados em nome do socialismo, para utilizar dos seus desastrosos feitos, movendo uma campanha anticomunista. Um verdadeiro revolucionário, um socialista, não deve ter nenhum compromisso com a mentira, com a farsa, com a lenda. Um revolucionário socialista deve ter o mais estreito e inarredável compromisso com a verdade, desfazendo engodos e fantasias que só prejudicaram e prejudicam a caminhada em busca da emancipação humana.

 

Gilvan Rocha é militante socialista e membro do Centro de Atividades e Estudos Políticos. Blog: www.gilvanrocha.blogspot.com

Comentários   

0 #10 Ela é da CIA?valeria mauricio 27-02-2013 02:15
Companheiro
Eu até concordo que,o Regime Comunista Cubano tenha as suas falhas como,reconheceu Fidel à pouco tempo atrás.
Apesar disso,existem mais vantagens do que desvantagens.Essa blogueira Yoani Sanches,só quer aparecer e virar manchete.
Ela é uma oportunista que,quer ganhar pretígio,asilo político e dinheiro com essas propagandas enganosas.
Citar
0 #9 E a solidariedade cubana?Nelson 26-02-2013 20:35
Bem, meu caro Gilvan. Não há como concordar quando você afirma que "Os cubanos são politicamente tutelados por um partido avesso a qualquer tipo de tolerância e esse fato, comum aos países que formaram o fantasioso mundo socialista, prestou, e ainda presta, um dos maiores desserviços à causa anticapitalista."

Sem dúvida, há inúmeros erros cometidos, e boa parte da esquerda não os desconhece. Mas, a tua análise é de "terra arrasada"; por ela fica a parecer que os cubanos viviam em melhor situação até 1959. Ao que parece, os dirigentes cubanos nada trouxeram de bom a Cuba, pois estariam a prestar "um dos maiores desserviços à causa anticapitalista". Mas, onde fica a solidariedade cubana?

Mesmo depois de perder o apoio da União Soviética, durante o chamado período especial, cujos ajustes trouxeram grande penúria para seu povo, o governo cubano seguiu com sua política de solidariedade com outros povos. Está errada esta política, então?

Aí, Gilvan, eu faço outra pergunta: será que há atitude mais anticapitalista do que a prática da solidariedade, a ajuda a alguém vinda de quem já não tem muito a dar?

Pois eu digo, Gilvan, que a solidariedade entre as pessoas e entre os povos é um dos grandes inimigos, senão o maior, deste sistema capitalista que prega o individualismo exacerbado, o "tudo para mim e nada para os demais". Por isso mesmo, Cuba e, agora, Hugo Chávez, que também tem a solidariedade com outros povos como prática, são perseguidos sem tréguas pelos donos deste sistema.
Citar
0 #8 Ela é de CIA?saulo 25-02-2013 20:02
Ola amigos sou filiado ao PT a muitos anos, mas não posso aceitar o que alguns aloprados fazem! Esta blogueira cubana tem todo o direito de discordar do governo cubano e nós brasileiros temos o dever de defender a liberdade de expressão, falo isso porque convivemos com uma ditadura de direita que nos fez experimentar tudo de ruim que a falta de liberdade pode nos causar e seja de direita ou de esquerda ditadura, nenhuma é boa! Liberdade de expressão não pode ser previlégio deste ou daquele, e sim, um direito de todos, inclusive desta blogueira. Não concordo com as idéias dela, mas defendo até a morte o seu direito de expressão!
Citar
0 #7 RE: Ela é da CIA?Rodrigo 25-02-2013 09:59
A velha visão trotskista que vê o socialismo de forma idealista e desconexa da realidade. Péssimo artigo, no título propôs uma crítica à blogueira e terminou por fortalecer o discurso da blogueira.
Citar
0 #6 RE: Ela é da CIA?Sergio Amoras 24-02-2013 20:17
Mas, o embargo econômico imposto pelos Estados Unidos não são um entrave para que Cuba possa avançar em suas políticas sociais?
Citar
0 #5 injustiça de um dito socialistaCarlos Schueler 24-02-2013 19:45
Atribuir à Cuba um fantasioso mundo socialista é desconhecer a história da luta do povo cubano pela revolução anticapitalista em que sofreu e continua a sofrer todo tipo de pressão e ameaças.
Citar
0 #4 LIBERDADE DE EXPRESSÃOfrancisco jose 24-02-2013 18:34
É triste ver um ser humano não poder expressar suas idéias, seu erro ou seu acerto, em plena terras Brasileiras, devido à intolerância de alguns, tremendamente barulhentos, selvagens. Triste, muito triste. O Pt, articulador dessa palhaçada, destruiu de vez tudo q construiu ao longo dos anos.
Citar
0 #3 contrapontoJosé Safrany Filho 23-02-2013 11:41
Seu comentário é superficial e eivado de preconceitos pequenoburgueses senão da própria direita reacionária!
Leia a entrevista da blogueira-mercenária, em Havana, ano 2009, pelo jornalista francês, não comunista, Salim Lamnarium, que desmascarou toda a farsa montada pela dita-cuja, sob os auspícios dos velhos e novo imperialismo.
Encontros com os representantes dos EUA no escritório de interesses deste, visita da subsecretária de estado ianque na própria residência da mesma, etc. Ademais, documentos secretos do Dep. Estado, vasaram e foram publicados pelo Wiki-liks...
Você está bem desinformado (ou quer ignorar como a mídia corporativa), do sitema eleitoral democrático em Cuba e do livre debate em todas as instâncias sociais do país sobre o processo sócio, político e econômico no país. Ignora o amplo apoio, da imensa maioria, do povo cubano à sua administração, etc.
Sistema de saúde, educação, cultural não é apenas bom, em Cuba, mas reconhecido até pelos adversários como muito bom. ÍDH, o melhor entre todos dos países em desenvolvimento, sem estarem bloqueados, há 54 anos pelo império ianque, que a tudo e todos quer dominar, além das guerras químicas bacteriológicas e envio de sabotadores de toda ordem a Cuba, como, aliás, faz no mundo todo, através de mais de 900 bases militares, etc.
Acorda, cara e pare falar besteira!
Citar
0 #2 RE: Ela é da CIA?Odete 23-02-2013 10:49
Achei descabível o que o Sr. escreveu. Não condiz com a realidade.
"Os resultados são visíveis para quem quiser enxergá-los. Um exemplo apenas: os estudantes cubanos foram os grandes destaques das duas pesquisas comparativas organizadas pela Unesco para avaliar as redes de ensino de países da América Latina, nos moldes dos famosos levantamentos da OCDE. Na primeira delas, o desempenho cubano foi tão superior ao dos demais países que a Unesco pensou ter havido algum equívoco. Por isso refez o teste com outra amostra de estudantes cubanos, mas os excelentes resultados foram confirmados. O mesmo desempenho cubano se repetiu na segunda pesquisa. A imprensa brasileira noticiou as pesquisas, mas não informou sobre a façanha cubana, ao contrário do The New York Times, que destacou o fato até no título da sua matéria. Em suas análises técnicas sobre as pesquisas, a Unesco coloca a educação cubana no nível da dos países líderes do primeiro mundo, da mesma forma como a OMS classifica os indicadores de saúde do país. Outro exemplo de apagão informativo ocorreu quando a revista Veja entrevistou o pedagogo e economista Martin Carnoy, que estava no Brasil para lançar o livro “A vantagem acadêmica de Cuba: por que seus alunos vão melhor na escola”. Na entrevista com o especialista divulgada em seu portal, a publicação cometeu a proeza de não mencionar o ensino cubano e o livro.

Como vimos, “Cuba sem bloqueio” não fala de paraíso terrestre. Mas levanta algumas questões: Esse país é mesmo o retrato do fracasso do socialismo, como pretende a classe dominante capitalista e sua mídia? Nesse caso, como se explica que Cuba, apesar das pressões e agressões que sofre e em meio a uma crise econômica, consegue manter padrões de saúde e de educação que se igualam aos dos países capitalistas mais ricos? Provavelmente a fúria da mídia dominante se deve justamente à sua incapacidade de responder satisfatoriamente a perguntas como essas. Como disse Noam Chomsky: “O que é intolerável para essa mídia (‘o verdadeiro crime de Cuba’) são os êxitos cubanos, que podem servir de exemplo para povos de países subdesenvolvidos”.
Citar
0 #1 RE: Ela é da CIA?Marcos A. Moraes 22-02-2013 22:29
Como assim confessamos? É tão dificl pra vc dizer a verdade? Ficou triste? Acabrunhado?

Quanto ao restante, gostei. Só falta agora vc sair da fantasia e seguir o Chico Oliveira: "o socialista não se dá bem com o poder;seu papel é tornar o capitalismo mais civilizado" MAM
Citar

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados