topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 834 - 12/11/2012 a 18/11/2012
Arquivos do Correio
Quarta, 21 de Novembro de 2012
Recomendar

 

 

‘A gente precisa de uma visão da atual segurança pública como algo falido; não está aí pra proteger, e sim exterminar’

Gabriel Brito, da Redação

 

alt

 

Para retomar o assunto, o Correio da Cidadania entrevistou duas pessoas ligadas ao movimento social e popular, profundamente conhecedoras da realidade das regiões periféricas e da forma cruenta como o Estado trata o assunto. Débora Silva, líder do movimento Mães de Maio (referência aos crimes de 2006) e Givanildo Manoel, militante de direitos humanos e candidato a vereador pelo PSOL que pediu impugnação da candidatura do coronel Telhada por incitação à violência, oferecem um olhar contundente sobre o real motivo dessa trágica onda de homicídios: a corrupção dentro do próprio Estado, que permitiu a ascensão do grupo criminoso com o qual mantém obscuros laços.

 


 

Disputa federativa pela renda do petróleo ignora superexploração do produto e sua destinação social

Guilherme C. Delgado

 

alt

 

Ora, chegando aonde chegou a economia internacional do petróleo, a ponto de produzir renda fundiária internacional compatível com exploração em águas profundas, cria-se por este fato uma pressão inusitada por superexploração desse recurso, encadeada agora com a renda orçamentária vinculada de todos os entes federativos. Ademais, não se tem a dimensão dos custos sociais dessa superexploração, mas apenas a previsibilidade dos custos privados. Essas duas questões recomendariam uma divisão do bolo da renda fundiária muito mais preocupada com a contenção dessa superexploração e a prevenção dos riscos sociais e ambientais, que infelizmente não estão no debate.

 


 

POLÍTICA

 

Conjuntura e projetos

Wladimir Pomar

 

No caso brasileiro, como no caso de alguns outros países latino-americanos, africanos e asiáticos em que vigora o capitalismo, e nos quais a esquerda se tornou governo, ou parte importante de governos de coalizão, sem que existam fortes mobilizações reformistas e/ou revolucionárias, a situação é ainda mais complexa. Esses governos precisam ter como eixo de sua ação o revigoramento quantitativo e qualitativo da classe dos trabalhadores assalariados, o que só pode ser feito se houver o crescimento do capitalismo, em especial do capitalismo intensivo em trabalho.

 


 

Parece que o STF não sabe o que é domínio do fato...

Chico Bicudo

 

O jurista que é referência internacional no assunto justamente por ter sido o responsável por consolidar a teoria sugere que o STF não poderia ter usado o "domínio do fato" para garantir as condenações no caso do mensalão.

 


 

A reeleição de Obama e o Brasil

Frei Betto

 

O melhor, agora, é torcer para que Obama possa, efetivamente, melhorar as relações com o nosso país e a América Latina.

 


 

INTERNACIONAL

 

O suicídio dos espanhóis

Roberto Malvezzi (Gogó)

 

Um país que tem um milhão de casas desocupadas opta por jogar o povo na rua, mesmo diante da onda de suicídio. Agora, até o bancos estão reticentes em executar despejos. Há algo de irracional nos fatos, embora para o capital faça sentido.

 


 

Argentina: economia e política por trás dos protestos de 8 de novembro

Julio Gambina

 

É claro que o protesto 8N na Argentina arrasta outros setores sociais, não dominantes, nem socioeconomicamente hegemônicos, o que concede massividade à mobilização. Mas é uma iniciativa impulsionada, em termos ideológicos, por setores associados às classes dominantes; O essencial é, no entanto, deixar claro o interesse principal das partes: a disputa pela hegemonia da gestão do governo em sua administração do capital. A análise deve completar-se com o olhar orientado na consideração de outras mobilizações e acordos, que manifestam vontade de constituir processos contra-hegemônicos, para além da gestão capitalista.

 


 

ECONOMIA

 

Discussão dos Royalties é cortina de fumaça

Emanuel Cancella

 

Sou carioca. Mas entendo que é importante fortalecer o pacto federativo e a distribuição de renda equânime entre estados e municípios, embora, repito, os que se ocupam apenas dos royalties estão presos ao rabo do elefante: e os outros 85% dos recursos do petróleo? Precisamos retomar a campanha do petróleo, nas ruas, nas praças, nas escolas. Só assim vamos garantir que a riqueza representada pelo petróleo seja de todo o povo brasileiro.

 


 

Setor elétrico ameaçado

Heitor Scalambrini Costa

 

Existe um quase consenso de que os meios usados pelo governo federal para baixar as tarifas elétricas colocarão em risco econômico-financeiro as companhias estatais, patrimônio do povo, construídas ao longo das últimas décadas.

 


 

CULTURA

 

Consciência negra

Dom Demétrio Valentini

 

Comparando com dados recolhidos nos censos anteriores, percebe-se claramente que aumentou muito o contingente de brasileiros que se assumem como negros.

 


 

Zumbi Vive!

Mario Maestri

 

Não havia possibilidade de coexistência pacífica entre escravidão e liberdade. Palmares era república de produtores livres, nascida no seio de despótica sociedade escravista, que surge hoje nas obras da historiografia apologética como um quase paraíso perdido, onde a paz, a transigência e a negociação habitavam as senzalas. Palmares era exemplo e atração permanentes aos oprimidos que corroíam o câncer da escravidão. 

 


Recomendar
Última atualização em Segunda, 03 de Junho de 2013
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates