Parece que o STF não sabe o que é domínio do fato...

0
0
0
s2sdefault

 

O ministro Joaquim Barbosa pode até espernear, tentar agredir verbalmente, levantar a voz, desqualificar, fazer jogo de cena, posar e falar para os holofotes midiáticos, como normalmente acontece quando é contestado em suas pretensas verdades absolutas. Mas é implacável e arrebatadora a entrevista de Claus Roxin, publicada neste domingo pela Folha de S. Paulo.

 

Roxin, 81 anos, jurista alemão que ajudou a especificar e aperfeiçoar a teoria do domínio do fato, coloca os argumentos usados pelo relator do processo do mensalão na berlinda, confirmando um fundamento elementar do Estado Democrático de Direito: não é possível condenar sem provas. E todos são inocentes até que se prove o contrário.

 

Perguntam Cristina Grillo e Denise Menchen, repórteres do jornal: "É possível usar a teoria (do domínio do fato) para fundamentar a condenação de um acusado supondo sua participação apenas pelo fato de sua posição hierárquica?".

 

O jurista alemão responde, de forma cristalina e precisa: "Não, em absoluto. A pessoa que ocupa a posição no topo de uma organização tem também que ter comandado esse fato, emitido uma ordem. Isso seria um mau uso (da doutrina)”.

 

A Folha replica: "O dever de conhecer os atos de um subordinado não implica em corresponsabilidade".

 

Roxin é novamente bastante objetivo: "A posição hierárquica não fundamenta, sob nenhuma circunstância, o domínio do fato. O mero ter que saber não basta. Essa construção ("dever de saber") é do direito anglo-saxão e não a considero correta. No caso de Fujimori (ex-presidente do Peru), por exemplo, foi importante ter provas de que ele controlou os sequestros e homicídios realizados".

 

Por fim, as repórteres questionam: "A opinião pública pede punições severas no mensalão. A pressão da opinião pública pode influenciar o juiz?".

 

Roxin finaliza: "Na Alemanha, temos o mesmo problema. É interessante saber que aqui também há o clamor por condenações severas, mesmo sem provas suficientes. O problema é que isso não corresponde ao direito. O juiz não tem que ficar ao lado da opinião pública".

 

Trocando em miúdos: o jurista que é referência internacional no assunto justamente por ter sido o responsável por consolidar a teoria está a sugerir que o Supremo Tribunal Federal não poderia ter usado o "domínio do fato" para garantir as condenações já estabelecidas, no caso do mensalão.

 

A partir desse raciocínio, é possível reforçar a impressão de que a tese foi utilizada de forma enviesada, sem os devidos fundamentos jurídicos, com intuito de prestar contas para a opinião publicada, estabelecendo ainda condenações políticas, sem provas.

 

E a quem os condenados agora podem recorrer?

 

Francisco Bicudo é jornalista e professor de Comunicação Social.

Blog: http://oblogdochico.blogspot.com.br/2012/11/parece-que-o-stf-nao-sabe-o-que-e.html

Comentários   

0 #3 RE: Parece que o STF não sabe o que é domínio do fato... Antonio 23-11-2012 15:28
O articulista apenas cita um jurista alemão que está sendo contratado pelo PT. Mas não explica diversas questões: para que o PT repassou dinheiro para o PTB, ex-PL, PP e PMDB? apenas em solidariedade a eles? porque um STF indicado pelo PT na sua maioria iria fazer um julgamento político contra o PT? seriam traidores?
Citar
0 #2 Belo artigoDulcinéa 21-11-2012 20:18
Belo artigo, Chico, principalmente por ser aqui no Correio, que é oposição ao PT, quase sempre.
Concordo com suas palavras. Julgamento político, de exceção, para atingir Lula e o PT. É o golpe. Quem não enxerga isto é por pura má vontade.
Citar
0 #1 DOMÍNIO PÚBLICOVERINHA 15-11-2012 09:49
QUAIS FORAM AS VANTAGEN$ PROMETIDAS POR JO$É DIRCEU A VOSSA EXCELÊCIA ?

OU EM QUAIS SITUAÇÕES A CADEIA PARA JO$É DIRCEU ESTARIA PREJUDICANDO VO$$A EXCELÊNCIA ?

PROPONHO QUE VOSSA EXCELÊNCIA APURE JUNTO AO MENDONÇA DE BARROS ( AQUELE MESMO DO DES-GOVERNO FHC ) QUEM FORAM OS COMILÕES DO BOLO ESTATAL FATIADO APÓS AS PRIVATIZAÇÕES CRIMINOSAS DAS TELES-COMUNICAÇÕES.

COMO O LULINHA SE TRANSFORMOU EM UM DOS MAIORES INVESTIDORES DO RAMO APÓS OS ATOS DE CORRUPÇÃO ?

COMO A QUADRILHA DO PT ESTÁ INFILTRADA EM TODOS OS SETORES DA SOCIEDADE,É FÁCIL COMPREENDER AS DEFESAS DOS CRIMINOSOS ATRAVÉS DOS MEIOS DE COMUNICAÇÕES E REDES SOCIAIS.

PARABÉNS !
Citar

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados