topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 833 - 05/11/2012 a 11/11/2012
Arquivos do Correio
Terça, 13 de Novembro de 2012
Recomendar

 

 

Argumentos contra o financiamento do novo Plano Nacional de Educação são falsos e enviesados

Otaviano Helene e Lighia B. Horodynski-Matsushigue

 

alt

 

Se nenhum país conseguiu superar atrasos educacionais acumulados, que fossem tão intensos quanto os nossos, sem investir valores próximos ou mesmo superiores a 10% do PIB em educação, por que há quem ache que nós conseguiremos? Valores típicos de investimento por criança nos países que têm um sistema educacional razoável, sejam eles pobres ou ricos, são da ordem de 25% da renda per capita, bem mais do que os valores aplicados no Brasil.

 


 

Crianças, Crack e prefeitura do Rio de Janeiro: o óbvio se tornou ululante

Paulo Silveira

 

alt

 

Se efetivamente a Prefeitura pretendia desenvolver um programa para cumprir sua obrigação legal de cuidar das crianças e adolescentes usuárias de crack, por que desarticulou totalmente seus serviços básicos e/ou especializados de atendimento de usuários de drogas?

 


 

POLÍTICA

 

Brasil, país dos contrastes

Frei Betto

 

No centro das atenções mundiais, o governo apressa obras, reforma estádios, aprimora a infraestrutura e promete festas que nos farão esquecer que ainda somos, socialmente, uma das nações mais desiguais do mundo.

 


 

A eleição de Obama

Gilvan Rocha

 

Ninguém fez tanto pelo “anticomunismo” como os longos anos de stalinismo e aí está: o mais avançado país capitalista acerbamente dividido entre uma direita fascista e outra moderada, como bem retrata a eleição de Obama.

 


 

Quem julga os juízes?

Paulo Metri

 

Quem tem a incumbência de julgar tem uma imensa responsabilidade, principalmente para com os acusados, mas também com a sociedade e consigo próprio. Não pode ceder à tentação de satisfazer seus anseios humanos.

 


 

A morte anunciada dos guarani-kaiowá

Frei Betto

 

Não adianta o governo assinar documentos em prol dos direitos humanos e do desenvolvimento sustentável se isso não se traduzir em gestos concretos para a preservação dos direitos dos indígenas e do meio ambiente.

 


 

A via crucis dos trabalhadores endividados

Waldemar Rossi

 

A perversidade maior é a de esconder para o conjunto da sociedade que o padrão de vida do trabalhador vem sendo rebaixado progressivamente, seu poder aquisitivo “caindo pelas tabelas”, seus direitos fundamentais sendo roubados em conta gotas por anos a fio.

 


 

Estimativas pessimistas

Wladimir Pomar

 

O Estado brasileiro precisa elevar a sua interferência na economia, seja através de um controle mais efetivo sobre as concessões públicas, seja tornando as empresas estatais em instrumentos de fomento da industrialização, seja ainda criando estatais para implementar a produção em áreas estratégicas.

 


 

INTERNACIONAL

 

‘O melhor está para vir’. Ou não?

Luiz Eça

 

Se as condições aparentemente não mudaram, por que Obama iria mudar de atitude no Oriente Médio, tornar-se conciliador com o Irã e enérgico com Israel? Talvez porque as condições não serão mais exatamente iguais às que vigoraram até o presente. Como legalmente não poderá mais se candidatar à presidência, Obama ficará livre das injunções eleitorais a que acabou por se submeter. Mas as vozes dos republicanos no Congresso, dos lobbies judaico-americanos, do Pentágono, dos fundamentalistas cristãos, da imprensa de direita e da indústria militar podem soar bem alto.

 


 

Obama: ruim, mas não o pior

Atilio Boron

 

Mas se Obama era a má opção, Romney era pior ainda. O primeiro é um representante do capital, mas o segundo é o capital, e em suas versões mais degradas e facínoras. Seus vínculos com os fundos-abutres são bem conhecidos; seu absoluto desprezo pela sorte dos trabalhadores de seu país foi indissimulável. Como se não fosse suficiente, se encarregou de dizer que reduziria ainda mais os impostos dos mais ricos e que apoiaria sem hesitar as forças de mercado.

 


 

Episódios imperialistas: agressão, armas e diplomacia

Grupo de São Paulo

 

Na política, como na vida, mas principalmente na política externa, acontecimentos aparentemente independentes podem estar concatenados para o alcance de um único objetivo. Este artigo destaca alguns fatos que estão a ocorrer em diferentes regiões do planeta.

 


 

Saara Ocidental: enviado especial da ONU para a região

Lahcen El-Moutaqi

 

A razão deste impasse se deve à pretensão da Frente Polisário, que exige a autodeterminação, opondo-se a um critério de recenseamento exigido para o povo detido nos campos de Tindouf, sudeste da Argélia.

 


 

Estados Unidos: a federação em xeque

Virgilio Arraes

 

Na eleição presidencial da semana, é possível que, diante de novo resultado desfavorável, os republicanos tentem distinguir-se dos democratas não pela eventual adoção do progressismo social, de uma economia supervisionada ou de uma política externa mais multilateral, mas pela proposta de outro federalismo, sobre o qual as responsabilidades sociais como em educação e saúde seriam mais estaduais que federais.

 


 

Obama x Romney: diferenças que pesam

Luiz Eça

 

Obama e Romney brigaram para mostrar quem ama mais os israelenses. Cada um por sua vez enumerou os motivos que provavam ser seu amor maior e mais sólido. A segurança dos israelenses foi destacada como a grande questão do Oriente Médio.

 


 

ECONOMIA

 

Indenização e tarifas para as usinas da CHESF

Heitor Scalambrini Costa

 

Sem a menor dúvida, as novas tarifas das geradoras trarão enormes problemas para o equilíbrio financeiro das empresas estatais.

 


Recomendar
Última atualização em Qui, 04 de Julho de 2013
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates