topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 810 - 28/05/2012 a 03/06/2012
Arquivos do Correio
Quarta, 06 de Junho de 2012
Recomendar

 

 

‘Universidade de serviços’ explica intransigência do governo com universidades públicas federais

Roberto Leher

 

alt

 

Os operadores desse processo de reconversão da função social da universidade pública e da natureza do trabalho e da carreira docentes parecem convencidos de que já conquistaram os corações e as mentes dos professores e por isso apostam no impasse nas negociações. O alastramento da greve nacional dos professores das Federais e o vigoroso e emocionante apoio estudantil sugerem que os analistas políticos do governo federal podem estar equivocados. A adesão crescente ao movimento comprova que existe um forte apreço da comunidade acadêmica ao caráter público, autônomo e crítico da universidade. E não menos relevante, de que a consciência política não está obliterada pela tese do fim da história

 


 

‘Sem uma classe trabalhadora em movimento e organizada pela base, não há mudança social’

Gabriel Brito e Valéria Nader, da Redação

 

alt

 

Em meio a um contexto de confiança internacional na economia brasileira, com perspectivas de fôlego ainda longo para o atual modelo de crescimento, discussões a respeito do mundo do trabalho estão a cada dia mais raras, ao lado de um protagonismo cada vez menor da classe trabalhadora nas disputas sócio-políticas. Interessado em aprofundar essas reflexões, o Correio da Cidadania entrevistou Nadia Gebara, sindicalista e militante das causas populares e operárias há décadas, hoje integrante do Sindicato dos Químicos Unificados de Campinas, Osasco e Vinhedo, e da Intersindical.

 


 

POLÍTICA

 

O ocaso melancólico de um ciclo político

Leo Lince

 

O encontro, que explodiu como desencontro um mês depois, existiu e foi pedido por Lula. Essa, por enquanto, é a única certeza. As amizades e tratativas pregressas que possibilitaram a sua realização, bem como o teor e o tom do que foi dito ali, saíram da penumbra do segredo para a ofuscante luminosidade das versões interessadas. O cidadão, nos dois casos, segue mal servido. Por isso, barbas de molho e atenção redobrada para os desdobramentos do episódio.

 


 

A CPI do escárnio

Frei Betto

 

Não demora, Cachoeira volta às ruas. Como tantos cujas façanhas assombraram a nação e, no entanto, encontraram em nosso falido judiciário, feito para assegurar imunidade e impunidade à Casa Grande e punir a senzala, brechas para não pagar por seus crimes.

 


 

Crise capitalista, crise política e greves

Osvaldo Coggiola

 

A luta da classe trabalhadora começa a se transformar em um fator do cenário político brasileiro. O regime político escancara suas divisões e, sobretudo, sua podridão, no momento em que mais precisa avançar em sua política de arrocho e privatizações, o que exige uma base firme para impor essa política às massas trabalhadoras. A desmobilização das massas, com escassas exceções, foi dominante nos últimos anos. Mas isso está, agora, mudando.

 


 

Contradições do capitalismo atual

Wladimir Pomar

 

Diante dessa herança neoliberal, a questão chave é retomar a industrialização através de reformas mais profundas, inclusive aproveitando algumas das experiências dos países que enfrentaram as ameaças e contradições da globalização.

 


 

Alimentos envenenam crianças

Frei Betto

 

A regulamentação obriga advertências nos comerciais de alimentos, embora a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação se recuse a fazê-lo, pois obteve liminar garantindo a não aplicação das novas regras e a decisão final depende agora da Justiça.

 


 

Algo de novo no reino das Universidades Federais?

Marcelo Badaró Mattos

 

Estivemos longe de fazer greves meramente corporativistas, pois sempre pautamos a garantia da qualidade do trabalho de ensino, pesquisa e extensão nas universidades, o que foi sempre reconhecido pelos(as) estudantes, muitas vezes com greves conjuntas.

 


 

SOCIAL

 

Deveríamos comemorar, mas...

Paulo Silveira

 

O que pensar de um programa que se predispõe a promover a internação compulsória de crianças e adolescentes que estejam “nitidamente sob a influência do uso de drogas” e disponibiliza para tal apenas 150 vagas? Deboche? Escárnio com a população?

 


 

Controle social do SUS está emperrado em São Paulo

Rodrigo Gomes, da Redação

 

No texto do decreto, como justificativa do mesmo, a prefeitura declara que, na 15ª e 16ª Conferência Municipal de Saúde, os representantes reivindicaram mais participação e que a cidade é muito grande para o número atual de conselheiros.

 


 

Se outros países podem, por que nós não podemos?

Otaviano Helene

 

A pergunta óbvia é: por que não podemos ter um sistema educacional pelo menos igual à média dos demais países com mesmas oportunidades materiais, mantendo um sistema educacional tão precário, se temos condições de não fazer isso?

 


 

INTERNACIONAL

 

Um pogrom em Israel

Luiz Eça

 

Por uma ironia do destino, os “pogrons” reviveram em Israel, na noite de quarta-feira da semana passada. Só que as vítimas de ontem foram os algozes. Na região sul de Tel-aviv, uma multidão de mil pessoas atacou e destruiu casas, carros e pequenos negócios de uma zona habitada por africanos.

 


 

“Primavera do Quebec” sacode província canadense em defesa do acesso democrático à educação

Ana Cristina Carvalhaes

 

A greve começou estudantil e se tornou a maior mobilização popular do pós-guerra. O aumento de 200% nos custos de estudos entre 1995 e 2005 fez saltar de 49% a 57% a proporção de secundaristas que desistem da universidade. Outro detalhe interessante: o mercado de empréstimos criou, com a financeirização, uma bolha especulativa com papéis lastreados em empréstimos estudantis... Pois bem, enquanto o governo liberal preparava o pacotaço, as organizações estudantis preparavam a greve.

 


 

MEIO AMBIENTE

 

Como o diabo gosta e os ruralistas adoram

Roberto Malvezzi  (Gogó)

 

Nada adianta setores da esquerda proclamarem que os ruralistas perderam algo, ainda que seja os anéis. Saem fortalecidos, nessa ditadura da oligarquia rural imposta ao resto da nação.

 


Recomendar
Última atualização em Terça, 04 de Junho de 2013
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates