topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 768 - 01/08/2011 a 07/08/2011
Arquivos do Correio
Segunda, 08 de Agosto de 2011
Recomendar

 

 

Poluição atmosférica em SP pressiona por urgente reversão na política de incentivo ao carro

Gabriel Brito, da Redação

 

alt

Como se já fosse parte da natureza, a atual época do ano em São Paulo é conhecida como a da poluição atmosférica, acarretando aumento de adoecimentos e internações em sua já combalida rede de saúde. Em entrevista ao Correio da Cidadania, Evangelina Vormittag, presidente do Instituto Saúde e Sustentabilidade, expõe com mais profundidade a atual gravidade da situação, apontando a atual organização do transporte como principal fator da incessante deterioração da qualidade do ar, na mesma semana em que o governo federal anunciou generoso pacote de incentivos à indústria automobilística.

 


 

Governo cede a meias verdades patronais em mais um corte de encargos sociais

Waldemar Rossi

 

alt

São ao menos duas as mentiras da FIESP: 1) rendimento não é encargo; 2) a proporção entre os encargos reais se torna muito maior nos demais países industrializados, porque os salários de lá são bem mais elevados. O que está por trás dessa falácia? Forçar o frágil governo Dilma a entrar na onda empresarial para que sejam reduzidos tais encargos, permitindo aumentar ainda mais seus já fabulosos lucros, jogando a conta para as costas do povo que trabalha. Cobram da presidente que reduza em 20% a contribuição das empresas à Previdência. E ainda alardeiam que a Previdência está falida!

 


 

EDITORIAL

 

Rebeliões pelo mundo

 

Elas precisam ser analisadas sob dois ângulos: positivo, pois estimula o despertar das massas populares inertes; por outro lado, implica risco de que a burguesia, alertada e temerosa, resolva agir preventivamente e restrinja ainda mais essa democracia. É importante que os partidos de esquerda, hoje perdidos num esforço eleitoreiro desgastante, mudem de discurso e de conduta.

 


 

Novamente o desmatamento da Amazônia

 

Não se consegue entender como a população amazonense se opõe às medidas de contenção desse desmatamento irresponsável, pois a grande riqueza da região não é a venda de madeira, mas a exploração da sua extraordinária biodiversidade. Precisamos exigir do governo um imediato plano de criação de centros de pesquisa em várias cidades da região, a fim de identificar as espécies aptas à produção de medicamentos e vários outros produtos.

 


 

POLÍTICA

 

A Demissão de Jobim e a Cortina de Fumaça

Raymundo Araujo Filho

 

Jobim completa o serviço, tripudia o Governo DiLLma e força  sua saída. DiLLma lança programa de benesses ao patronato e contra a Previdência.

 


 

Para além da Reforma Agrária

Antonio Julio de Menezes Neto

 

Não defendo o imediato fim da luta pela reforma agrária tradicional, pelo simbolismo desta bandeira. Mas temos de avançar, ir além. Temos um outro Brasil, uma nova realidade no campo e na cidade, novos conflitos, novas tecnologias, novos saberes, novas necessidades.

 


 

Terrorista louro de olhos azuis

Frei Betto

 

O autor do hediondo crime foi um jovem norueguês, branco, adepto da fisicultura e dono de uma fazenda de produtos orgânicos. O tipo do sujeito que jamais levantaria suspeitas na alfândega dos EUA.

 


 

Desafios do planejamento

Wladimir Pomar

 

Nas condições brasileiras, em que a esquerda apenas galgou uma parcela do Estado, parcela que foi em grande parte desmontada nos 12 anos de governos neoliberais, a implantação de reformas de cunho democrático e popular dificilmente poderá ser de curto prazo, mesmo que o governo fosse totalmente de esquerda.

 


 

INTERNACIONAL

 

Episódios Neocoloniais: Acaparamento de Terras

Grupo de São Paulo

 

Atualmente, governos de países abastados (China, países árabes, Coréia, entre outros), fundos de investimentos, companhias transnacionais do ramo de alimentos, indústria química e farmacêutica, além de grandes empresas de mineração e de transporte, estão arrendando e/ou comprando dezenas de milhões de hectares de terras boas, muitos deles irrigados, na Ásia, África e América Latina. O objetivo dessas operações comerciais é especular e/ou produzir monoculturas (agrocombustíveis, soja, celulose), carnes e outros alimentos para seus países, em detrimento dos pequenos agricultores locais.

 


 

Um assalto de 16 trilhões de dólares

Atilio A. Boron

 

O debate sobre o possível calote dos EUA eclipsou por completo um escândalo financeiro de inéditas proporções. O resultado da primeira auditoria que se fez sobre o Federal Reserve mostrou números são assustadores: entre 01/12/2007 e 21/07/2010, o Fed deu empréstimos secretos a grandes corporações e empresas do setor financeiro de 16 trilhões de dólares.

 


 

ECONOMIA

 

O ‘crack’ por vir: o fim do período “pós-crise”

Fernando Marcelino

 

O que está ficando claro é que o período “pós-crise de 2008” foi apenas uma grande ilusão perto da dimensão gigantesca da crise global. Vivemos agora o temor de que a crise não tenha controle e nem possível “regulação”.  Um colapso se avizinha, a nova etapa da crise global, mas ainda sem alternativas sociais e organização internacional à disposição. São tempos interessantes em que as mobilizações populares existentes estão lutando no improviso, em condições extremamente complicadas.

 


 

Quem tornou os bueiros explosivos?

Paulo Metri

 

A ganância da empresa francesa EDF, que arrematou a estatal brasileira Light por preço baixo, em 1996, em um leilão de privatização, é uma das grandes causas dos bueiros estarem explodindo. De posse da Light, a EDF só se preocupou, durante anos, em remeter lucro para sua matriz.

 


 

CULTURA

 

Um general diferente

Mário Maestri

 

Diversas gerações de cientistas sociais formaram-se escutando que o velho pensador Nelson Werneck Sodré constituía anacronismo a ser esquecido. Em geral, sem o estudo de sua obra.

 


 

Abrangência do Concílio

D. Demétrio Valentini

 

Por ter abordado uma questão que atravessava séculos, o Concílio não se esgota em décadas. Ele requer uma recepção mais demorada e progressiva.

 


Recomendar
Última atualização em Sexta, 02 de Agosto de 2013
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates