topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

AumentarDiminuirVoltar ao original
Contra Palocci e contra a direita farsante Imprimir E-mail
Escrito por Milton Temer   
Quarta, 08 de Junho de 2011
Recomendar

Conjuntura complexa a que vivemos. Um dos principais quadros do grande capital internacional, e de seus cúmplices no Brasil, Antonio Palocci, consegue ser também, por força de guinada programática da corrente majoritária na cúpula do partido, um dos "intocáveis" do Partido dos Trabalhadores. O que lhe permite operar como eficiente quinta-coluna das classes dirigentes junto até a alguns militantes de boa-fé. Militantes que, na conjuntura atual, encontram motivo para ver, nos ataques a Palocci, uma manobra do famigerado PIG (partido da imprensa golpista).

 

Mas é interessante que o próprio autor da sigla - o bem informado e combativo jornalista Paulo Henrique Amorim, com o seu twitter @conversafiada - é um dos principais contestadores da bizarra decisão do Procurador Geral da República, ao se negar a abrir investigação contra Palocci. De minha parte, prefiro ler pelo lado positivo, para continuar o embate contra esse embuste. Ele diz não haver indícios para investigar, no Código Penal, mas admite a legitimidade da iniciativa do Ministério Público do Distrito Federal, que investiga Palocci por improbidade administrativa.

 

E é para isso que têm de atentar os não cooptados pelo pragmatismo palaciano que contaminou amplos segmentos privilegiados do PT. Para isso têm de atentar os que não compõem o PT da "boquinha", e seguem convictos de que opor-se ao avanço do neoliberalismo com roupagem nova, que essa corrente defende, constitui tarefa fundamental.

 

Qual o grande prejuízo que a esquerda tem com a defesa de Palocci assumida por Lula e lideranças maiores do PT? É o de abrir um campo de ação falacioso para o "udenismo moralista". É abrir para bancadas do PSDB-PFL e seus sucedâneos a possibilidade de portar bandeiras com as quais nada têm a ver, por seus passados muito mais identificados com "folhas corridas" do que com currículos de vida airosa.

 

Esses farsantes, todos financiados pelos parceiros de Palocci, não querem por fim às práticas criminosas de privatização do bem público, porque é nessa prática que sempre encontraram os recursos para encher suas burras. Apenas se aproveitam do momento para dar luz ao embate parlamentar. Para poder substituir o próprio Palocci nas práticas que o levam a ser investigado pelo MP de Brasília.

 

Nesse contexto, o que cabe à esquerda? Calar-se para não se misturar com essa escumalha reacionária? Nem de perto. Cabe denunciar os dois como produtos inerentes do caráter essencialmente predatório dessa ordem econômica que oprime maiorias para enriquecer privilegiados. Dessa ordem capitalista.

 

É isso que temos que deixar claro permanentemente. Embora estejamos taticamente coincidentes, até juntos, não estamos misturados. Estamos contra os dois: os que se venderam, como Palocci e seus aliados - dos maganos do PT aos cardeais desprezíveis do PMDB -, e os que sempre estiveram cúmplices dos que corrompem e degradam as instituições, ditas, republicanas - PSDB,PFL e seus sucedâneos.

 

E é por aí que fazemos a diferença. É por aí que nos fazemos imprescindíveis.

 

Milton Temer é jornalista.

Recomendar
Última atualização em Sexta, 10 de Junho de 2011
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates