topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 738 - Edição Prospectiva - 01/01/2011 a 09/01/2011
Arquivos do Correio
Escrito por Daniela   
Sexta, 14 de Janeiro de 2011
Recomendar

 

 

2011: ‘novo’ governo permanecerá na esfera da naturalização da desigualdade

Valéria Nader, da Redação

040111_perspectivas2011.jpg

Encerra-se o mandato do primeiro presidente-operário e tem início o governo da primeira mulher eleita presidente do Brasil. Além de primeira mulher, a primeira presidente que o governo antecessor, após duplo mandato, conseguiu levar ao poder em todo o período de ‘democracia’ em nosso país.

 

Este poderia ser o início de uma nova era. Nada indica, no entanto, que o será. E não há nenhuma grande descoberta, e muito menos a tal ‘visão catastrofista’, nesta constatação. Ela é nada mais do que realista, respaldada em pelo menos duas situações relevantes. Em primeiro lugar, respalda-se na avaliação mais profunda - aquela que vai além da citação das melhorias sociais dos últimos oito anos - dos dados estatísticos produzidos sob o governo Lula. Por último, estão aí as já notórias e reiteradas declarações do ‘andar de cima’ da equipe de Dilma. Elas apontam claramente para que o ‘acordo’ em torno ao crescimento caminha rumo ao clássico processo de ‘modernização conservadora’.

 


 

EDITORIAL

 

Perspectivas para 2011

 

Dilma já anunciou a volta da CPMF e a redução de gastos públicos, o que indica claramente o fim da farra do consumismo. A forte presença do PMDB no governo é garantia de escândalos. Previsível é o comportamento dos derrotados. Sem divergências quanto ao modelo econômico e social, irão se dedicar à oposição canalha. O desafio da esquerda é assumir a oposição patriótica.

 


 

POLÍTICA

 

Um ano emblemático

Wladimir Pomar

 

O renascimento das lutas classistas, como apontam alguns indícios, talvez já em 2011, pode colocar o governo Dilma diante de desafios diferentes dos enfrentados pelo governo Lula.

 


 

Um prato de lentilha

Gilvan Rocha

 

Tem-se numa ponta um povo alegre gozando a "felicidade dos inocentes". Na outra ponta, mais alegre e consciente, está a burguesia, que "nunca antes, na história deste país", gozou de tanta tranqüilidade e fartos lucros.

 


 

Estado democrático e a segurança

Claudionor Mendonça dos Santos

 

Vive-se, é perceptível, um dos períodos mais violentos da sociedade brasileira; 3ª população carcerária do planeta, tem também as piores prisões, provocando reincidência de 90%, verdadeiro escândalo.

 


 

Governo Dilma: esperanças e interrogações

D. Demétrio Valentini

 

O governo Dilma não tem só a incumbência da continuidade, que poderia parecer falta de inspiração diante da novidade. Ao contrário. O novo governo tem a clara incumbência da consolidação.

 


 

Feliz 2011

Frei Betto

 

Ano de romper barreiras do preconceito, derrubar cercas da ganância, fertilizar com sementes altruístas o chão no qual pisamos.

 


 

SOCIAL

 

Perspectivas para 2011: herança maldita?

Waldemar Rossi

 

Há oito anos, as forças lulistas diziam que ele havia recebido uma "herança maldita", relacionada com as dívidas externa e interna. Se era maldita aquela herança, como poderemos situar a atual realidade?

 


 

São Lucas ou São Lucros?

Daniel Chutorianscy

 

No modelo capitalista vigente, atende-se a um corpo doente, que se torna um número, um objeto de lucro. Contrariamente, saúde não gera lucros, mas dá direitos, transforma.

 


 

INTERNACIONAL

 

Os Estados Unidos contra Thomas Jefferson

Luiz Eça

 

É exatamente o que o governo Obama está fazendo ao procurar criminalizar a liberdade de imprensa, protegida pela emenda 1 da Constituição, na guerra que declarou ao WikiLeaks e Julian Assange.

 


 

Estados Unidos: perspectiva negativa para 2011

Virgilio Arraes

 

O real objetivo republicano é impedir o êxito democrata no pleito presidencial de 2012, ainda que em detrimento não somente da população norte-americana, mas da própria sociedade internacional.

 


 

ECONOMIA

 

O que poderemos esperar do ano de 2011?

Paulo Passarinho

 

A preocupação maior dos dirigentes do governo parece ser a inflação e sua funcionalidade para justificar uma política de juros altos e garantia de lucros fáceis aos capitais rentistas.

 


 

Perspectivas econômicas para 2011

Guilherme C. Delgado

 

O nó górdio de nosso crescimento é a reprodução de dois dilemas: maior dependência externa, maior desigualdade na repartição do excedente econômico, com renda e riqueza ultraconcentradas.

 


 

MEIO AMBIENTE

 

Patada ecológica

Roberto Malvezzi (Gogó)

 

Quem conhece a lógica da biodiversidade sabe que nenhuma espécie sozinha é danosa ao equilíbrio da vida. Porém, quando se torna monocultivo, passa a ser um problema, não uma solução.

 


 

2011: um ano para se esquecer?

Rogério Grassetto Teixeira da Cunha

 

Pelo que tenho visto, a resistência à usina de Belo Monte não conseguirá atrapalhar o início das obras. E a opinião pública brasileira não se sensibilizará, pois o contra-argumento falso de que será bom para o desenvolvimento do país ainda cola com a maioria.

 


 

CULTURA E ESPORTE

 

A política entre o mito e a mentira

Cassiano Terra Rodrigues

 

A moral da história não poderia ser outra: os EUA terão de escolher ou o caos, o voluntarismo e a violência do estado de natureza, ou a unidade formal e legal, a justiça racionalmente administrada do estado político. Seremos capazes de realizar tal façanha?

 


 

Por que me faz mal o Natal, e só festejo o Ano Novo

Mário Maestri

 

Celebro o Primeiro do Ano, tradição pagã, sem religião e cor, festa plebéia, aberta a todos, sem discursos melosos, celebrada na praça e na rua, no virar da noite, ao pipocar dos fogos lançados contra os céus.

 


 

Feliz 2011, “mas eu vou voltar pro buraco!”

Raymundo Araujo Filho

 

Resolvi escrever um fictício diálogo entre este mineiro do esquete e os jornalistas, após ter passado os oito anos do governo Lulla lá embaixo, preso na mina em que trabalhava.

 


 

2011 esportivo: seleção em obras e obras para toda a nação

Gabriel Brito

 

As principais cidades têm tudo para se transformar num enorme e exasperante canteiro de obras. Fora o massacre que pode ser perpetrado contra comunidades em áreas de interesse empresarial.

 


 

Juiz aposentado compulsoriamente reafirma desrespeito do Judiciário pelos presos

Gabriel Brito, da Redação

 

Nesta entrevista concedida ao Correio, o juiz comenta o lamentável episódio do presídio de Pedrinhas (MA), no qual uma rebelião há cerca de dois meses terminou com 18 mortes. Além do mais, aponta para o total desprezo do Judiciário em relação a um presidiário, inclusive antes da condenação. "Não existe nenhuma relação de respeito do Poder Judiciário para com a população carcerária ou os acusados de um crime qualquer. Há na realidade uma ‘pré-concepção’ de culpa".

 


Recomendar
Última atualização em Terça, 13 de Agosto de 2013
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates