topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Aug   September 2016   Oct
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
252627282930 
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

AumentarDiminuirVoltar ao original
O ENEM levou bomba Imprimir E-mail
Escrito por Gilvan Rocha   
Terça, 16 de Novembro de 2010
Recomendar

 

Pela segunda vez consecutiva, o tão bem concebido programa do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) levou bomba. Elaborado para avaliar o desempenho do Ensino Médio, foi transformado em concurso seletivo para ingresso em instituições de ensino superior.

 

Entretanto, pelo seu gigantismo, uma vez que envolve milhões de candidatos no Brasil inteiro, o exame vem se mostrando difícil de ser administrado a contento e florescem tropeços e irregularidades.

 

O ENEM de 2010 apresentou erros na confecção das provas e revelou o despreparo dos fiscais em dirimir as dúvidas suscitadas. Constatados os erros, o presidente Lula, como emérito palanqueiro, dotado de uma leviandade a toda prova, pronunciou-se: "o ENEM ocorreu com absoluto êxito".

 

Ora, ou o presidente não compreende o que significa a palavra "absoluto", que corresponde a total, ou pouca importância dá a uma questão tão séria, refutando de pronto denúncias tão evidentes. Menos de vinte e quatro horas depois, sua excelência, o presidente, com o mesmo tom teatral de sempre, próprio dos animadores de auditórios, passou a dizer que se necessário fosse se faria um, dois, três ENEMs.

 

Não foi somente diante de tão escandaloso episódio que se revelou a completa incompetência do governo. Em muitos casos, de gravidade semelhante ou maior, Lula da Silva deu mostras de sua leviandade e de suas permanentes bravatas.

 

Para ilustrar o comportamento leviano que chega às raias da irresponsabilidade, citemos o episódio em que o Tribunal de Contas da União (TCU) ordenou a suspensão de obras, principalmente do Programa de Aceleração Crescimento (PAC), que apresentavam múltiplas e gritantes irregularidades, e ele, Luiz Inácio da Silva, fazendo pouco caso da decisão daquele órgão, ordenou que as obras apontadas como irregulares continuassem.

 

Por sinal, em vários momentos, o "nosso mandatário maior" revelou pouco apreço pelas chamadas "instituições republicanas", como foram exemplo as sucessivas punições que lhe aplicou o Tribunal Superior Eleitoral e ele "deu de ombros".

 

Gilvan Rocha é presidente do CAEP- Centro de Atividades e Estudos Políticos.

Blog: http://www.gilvanrocha.blogspot.com/

 

Recomendar
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates