topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 726 - 04/10/2010 a 10/10/2010
Arquivos do Correio
Qui, 14 de Outubro de 2010
Recomendar

 

Consenso conservador cria falsa divergência entre Serra e Dilma

Valéria Nader e Gabriel Brito, da Redação

 

091010_serra_dilma.jpg

Aqueles que esperavam se deparar com um digno debate político no primeiro turno acabaram bastante frustrados. Entre os adversários à frente nas pesquisas, e que agora disputarão o segundo turno, nós cidadãos, vimos, de um lado, um candidato que não se arriscaria jamais a uma crítica cerrada ao presidente Lula, com medo de perder mais popularidade; de outro, uma candidata que não poderia levantar os temas cruciais da nação, temerosa de perder o apoio da burguesia. Para Francisco de Oliveira, a ausência de radicalização por parte de Serra e Dilma consiste em demonstração inequívoca da sua conformação ao modelo de sociedade neoliberal.

 


 

Após capitalização, retomada do monopólio do petróleo deve ser o objetivo do próximo governo

Valéria Nader e Gabriel Brito, da Redação

 

061010_lula_petrobras.jpg

 

Poucos dias antes das eleições gerais brasileiras, cujos resultados determinaram que Dilma e Serra deverão se enfrentar no segundo turno, a Petrobrás e o governo federal anunciaram a capitalização da Petrobrás. Para tratar do assunto, o Correio da Cidadania conversou com o engenheiro Fernando Siqueira. A despeito dos benefícios da capitalização para a empresa, Siqueira faz ressalvas quanto às garantias de que a riqueza gerada se reverta, conforme prometido, em benfeitorias sociais.

 


 

Trabalhismo inglês volta a ser trabalhista

Luiz Eça

 

061010_ed_miliband.jpg

Em fins de setembro, na convenção trabalhista de Manchester, Ed Miliband foi eleito líder do partido, o que o tornará primeiro-ministro num eventual governo trabalhista.

 


 

POLÍTICA

 

Quando o verde é azul

Felipe Demier

 

Assumindo, camaleonicamente, a cor azul nesse segundo turno, a candidata verde talvez ajude a romper a ilusão daqueles que ingenuamente nela votaram para evitar a escolha entre Dilma e Serra.

 


 

O SUS e eu

Frei Betto

 

A caminho de minha seção eleitoral, senti forte dor no lado esquerdo do peito. Votei em prol da melhoria deste país. Tenho direito a atendimento médico pelo SUS. Por que não recorrer a ele no dia da eleição?

 


 

Caso Tiririca

Paulo Metri

 

A grande maioria do povo brasileiro não capta bem como o legislador pode influir para melhorar a sua vida. Ele compreende melhor a função dos cargos executivos.

 


 

E se for o Serra?

Gilvan Rocha

 

Será que com Serra presidente os sindicatos abandonarão seu comportamento burocrático e governista, para ganharem as ruas em defesa dos trabalhadores e lutarem contra o capitalismo?

 


 

Resumindo pecados

Wladimir Pomar

 

Se a candidatura Dilma não quiser ser atropelada por uma derrota impensável e desastrosa para o país, seu segundo turno terá que ir muito além da defesa da "continuidade e avanço" do governo Lula.

 


 

A vitória de Marina

Roberto Malvezzi (Gogó)

 

Vai depender de Marina. Se ela quiser pensar mais fundo o modelo econômico e energético, se quiser ter mais proximidade com os movimentos sociais, com as bases, de onde ela veio.

 


 

Marina Silva: a persistência da falsa alternativa

Gilson Amaro e Valério Paiva

 

O mais grave não é se vender para tentar ganhar, mas levar consigo o imaginário de Chico Mendes que sempre se opôs a práticas degradantes e morreu combatendo o capitalismo.

 


 

É pela base!

Julio Cesar de Castro

 

O MST terá que inovar suas táticas e hibernar boa parte de suas lideranças nacionais, reféns do compadrismo petista e que perderam a capacidade de mobilização politizada das bases.

 


 

SOCIAL

 

Aborto e CNBB: desmonte de uma falácia

D. Demétrio Valentini

 

Nesta campanha eleitoral, está havendo uma dupla falácia, que precisa ser desmontada, invoca-se a autoridade da CNBB para posições que não são da entidade e uma causa de valor indiscutível e fundamental, como é a questão da vida.

 


 

Eleições e cidadania

Tereza Cristina M. K. Exner

 

Trazer o jovem ao debate político é saldo dos mais positivos. E esse trabalho não pode ser delegado apenas aos candidatos, tampouco se esgotar no fim do período eleitoral.

 


 

No vale tudo eleitoral, PT abandona as mulheres

Ana Luiza Figueiredo

 

Para garantir a vitória no segundo turno, partido renega posições históricas, como a defesa do aborto e do casamento gay.

 


 

INTERNACIONAL

 

Estados Unidos: a oportunidade de renovação econômica

Virgilio Arraes

 

A exoneração a pedido de Summers poderia significar a oportunidade ao governo democrata de renovar-se na sua segunda metade na área econômica, o que significaria um pouco menos de conservadorismo.

 


 

O caso Neymar

Frei Betto

 

Nosso futebol, tão bom de bola, não estaria ruim da cabeça? Não teria se transformado num imenso cassino monitorado por quem angaria fortunas?

 


 

MEIO AMBIENTE

 

Para o dia de São Francisco

Roberto Malvezzi

 

Na cidade de Barra, no dia de São Francisco, 4/10, um após as eleições, pela primeira vez não houve a procissão fluvial, simplesmente porque não há água para os barcos navegarem.

 


 

CULTURA E ESPORTE

 

A Origem e Consolidação do Racismo no Brasil (2)

Mario Maestri

 

Em Portugal, com a forte dominância da escravidão de negro-africanos, "preto" tornou-se sinônimo de cativo e de escravo. No novo contexto, a visão aristotélica da escravidão como conseqüência de pretensa inferioridade natural foi retomada.

 


 

Informação e qualidade

Argemiro Pertence

 

O maior risco para quem dá crédito à grande mídia nos países em que ela está a salvo da crítica: ser vítima da doença da credulidade ou ter cabeça feita por interesses menores e de minorias.

 


 

De volta à estaca zero: (re)abrasileirar a seleção

Gabriel Brito

 

Graças a Mano Menezes, técnico na acepção da palavra, freqüentador assíduo de estádios e conhecedor do futebol internacional, que o Brasil volta a ter um projeto de seleção – a despeito do monarca da CBF. Mano mostrou consciência de que o patrimônio futebolístico deste país não pode ser ofendido por qualquer imediatismo e medo de jogar de forma mais ousada e virtuosa. Compreendeu que o torcedor da seleção não quer só resultado – isso ele exige do clube. E está disposto a montar uma seleção que encante.

 


 

ORDEM NA MÍDIA

 

Folha: não dá mais pra ler

Guilherme Scalzilli

 

A presunção messiânica e uma lamentável falta de autocrítica impedem os editores de perceber que certas mesquinharias político-eleitorais destroem aos poucos os maiores patrimônios do jornal. Os editoriais são bobinhos, histéricos, esclerosados. Talvez isso explique a necessidade de reformulações periódicas. Como ensinam as cartilhas publicitárias, o consumo inercial e o apelo das mudanças cosméticas inibem o abandono dos produtos de uso cotidiano.

 


Recomendar
Última atualização em Terça, 15 de Outubro de 2013
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates