topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

AumentarDiminuirVoltar ao original
Desagregação familiar e criminalidade Imprimir E-mail
Escrito por Claudionor Mendonça dos Santos   
Quarta, 12 de Agosto de 2009
Recomendar

 

Há muito se discutem os fatores criminógenos em razão da incessante violência que vem assustando a sociedade.

 

Dentre os inúmeros fatores, destaca-se aquele que aponta para o desmoronamento da família, entendida como união de dois seres humanos, com projeto de vida em comum e que permita a ambos crescimento pessoal e superação das dificuldades que advirão certamente. Tendo como objetivo também um processo educacional, o papel parental costuma ser atendido com a óbvia divisão entre os papéis materno e paterno, sendo o primeiro centrado na nutrição, acalanto, enquanto o outro secularmente se revela como proteção em relação à mulher e à prole, surgindo como provedor das necessidades básicas do núcleo familiar.

 

Entretanto, as transformações sociais exigem mudanças radicais, com intercâmbio de funções, e os casais, aturdidos com as modificações, não conseguem superar as dificuldades, provocando insatisfações e críticas recíprocas, refletindo diretamente na educação da prole com as conhecidas conseqüências que deságuam, em regra, na criminalidade.

 

O conflito familiar, com a somatória de insatisfações, provoca desatenções constantes, em prejuízo do processo de educação, fator que aliado ao tabu do "é proibido proibir" faz com que os pais se descuidem da tarefa educativa, identificando-se, ambos, com o papel de meros supridores das carências materiais. Entrega-se a tarefa de educação à televisão, vídeo game, Internet.

 

É colocado no ostracismo o dever eminentemente ético que impõe aos pais o papel de educadores, prescindindo-se de pais travestidos de amigos que, em momento algum, podem abdicar da tarefa educativa, com outorga a terceiros. Já se disse que pais são educadores, orientadores e não predominantemente amigos, não sendo desejável, contudo, que sejam inimigos.

 

Nota-se inquietante crescimento da criminalidade na camada jovem da sociedade, em busca da satisfação de bens de ordem material, mas também se vislumbra nesse setor uma carência afetiva que empurra o adolescente para a compensação através da droga. Num encadeamento diabólico, percorre-se perigoso itinerário até a criminalidade mais violenta, consistente num primeiro momento, no furto, direcionando-se para o roubo, normalmente em busca do numerário necessário para a aquisição da droga, passando muitas vezes pelo caminho da prostituição.

 

Anestesiada pelo comodismo e pela hipocrisia, a sociedade finge não notar, fechando os olhos para a situação, às vezes bem próxima, agindo feito avestruz com o rosto enterrado na areia, esquecendo-se, porém, de que a areia esquenta, tornando-se, em razão disso, insuportável, tal e qual a onda de violência.

 

Claudionor Mendonça dos Santos é Promotor de Justiça e Associado do Movimento do Ministério Público Democrático.

 

Recomendar
Última atualização em Quarta, 12 de Agosto de 2009
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates