topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 656 - 01/06/2009 a 07/06/2009
Arquivos do Correio
Terça, 09 de Junho de 2009
Recomendar

Projeto de Lei 92 significa a privatização de todos os serviços essenciais do país

 

050609_brasil_vendese.jpg

Mais uma vez, o país se depara com um projeto de lei de claro caráter privatista, com o enfraquecimento do Estado em suas áreas de atuação essencial. Com vistas a analisar mais essa proposta de seu desmonte, que de uma tacada só abriria a porteira para as fundações estatais de direito privado em todas as áreas de importância social - de educação e saúde, passando pela cultura, ciência e tecnologia -, o Correio da Cidadania conversou com o deputado federal do PSOL Ivan Valente. Para ele, o projeto nada mais é que uma busca de privatização dos mais primordiais e rentáveis serviços públicos, de modo a aplicar o projeto de reforma do Estado iniciado por Bresser Pereira, ex-ministro de FHC.


 


 

‘Na Venezuela, empresas deveriam ser expropriadas sem indenização’

 

030609_venezuela.jpg

Como era de se esperar, o setor empresarial local protestou frente aos supostos "ataques de Chávez à propriedade privada", enquanto trabalhadores de algumas empresas afetadas, e que vinham lutando há meses, viam tudo como uma vitória. 

 


 

EDITORIAL

 

Legalização da grilagem

 

O governo legalizou a grilagem. Não é a primeira vez. No período colonial e no império houve diversas dessas legalizações. A Medida Provisória 458, aprovada esta semana no Senado, foi mais longe: entregou 67 milhões de hectares de terras a grileiros que tomaram posse ilegalmente de terras devolutas já arrecadadas pelo Estado. Desse modo, pessoas que deveriam ser criminalmente processadas foram aquinhoadas com a faculdade de comprar terras que usurparam da reforma agrária. A medida visa unicamente "lavar" títulos ilegítimos de terra (como se lava dinheiro do narcotráfico). 

 


 

POLÍTICA

 

Proposta de Reforma Tributária ameaça direitos básicos (Waldemar Rossi)   

 

O projeto, ao transformar o financiamento da Seguridade Social em percentual do Orçamento Fiscal, esvaziará seu orçamento exclusivo. O projeto, se aprovado pelos congressistas – deputados federais e senadores –, irá eliminar, na prática, o compromisso do Estado com a população, e assim garantir mais dinheiro para o famigerado "superávit primário", que tem sido usado para encher os cofres dos bancos "credores" do país. 


Lobby internacional começa a dar resultados (Fernando Leite Siqueira)   

 

Segundo a imprensa, Lobão e Dilma declararam que as áreas serão entregues à empresa que oferecer maior percentual de participação para a União.


Caneta ou ferramenta? (Frei Betto)   

 

De cada 100 brasileiros no mercado, 72,4%, nunca fizeram um curso profissionalizante; entre os desempregados, 66,4% nunca passaram por curso de educação profissional. 


Petrobrás versus Petrosal (Paulo Metri)

 

Causa indignação ver grupos econômicos poderosos comprando espaço na mídia para divulgar versões de fatos que os interessam e, assim, manipularem a opinião pública. 


Ainda a dinâmica de aprendizado das massas (Wladimir Pomar)   

 

A questão da dinâmica de aprendizado das massas populares, seja a "normal", seja a das "tensões", não é secundária, nem restrita a alguns momentos da história. 

 


 

INTERNACIONAL

 

Cuba na OEA? Para quê? (Atílio Boron)    



A ausência da mediação no Afeganistão (Virgílio Arraes)

 

Na arena política afegã, devido ao violento contexto dos últimos anos, torna-se difícil identificar lideranças mais diplomáticas que belicosas e, portanto, mais propensas a um encaminhamento pacífico com vistas a solucionar a disputa de poder no país, sem a presença de tropas estrangeiras. 


A defesa da Coréia e a belicosidade dos EUA (Workers World)   

 

Como pode o mundo ter qualquer confiança num tratado de proibição de testes nucleares se o país que testou um número tão desproporcional de armas não o ratificará? 

 


 

CULTURA

 

O avião (D. Demétrio Valentini)   

 

Cada desastre é uma frustração do sonho acalentado por todos. Uma derrota de nossa utopia de liberdade e de transcendência. Por isto repercute mais do que os outros. 

 


 

Recomendar
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates