O PSDB e suas visões da Petrobras

0
0
0
s2sdefault

 

Sou empregado da Petrobras há 19 anos e venho através deste espaço comentar a minha visão do que foi o idealismo do PSDB para com a Petrobras no período de FHC.

 

De início, como todos sabem, o PSDB implantou no país um vasto programa de privatizações, colocando prioridades em setores de pouca relevância e posteriormente avançando sobre os braços fortes das empresas brasileiras.

 

Bancos estaduais, ferrovias, siderúrgicas, telecomunicações, energias entre outras. Banco do Brasil, CEF, Petrobras e Previdência Social eram as próximas instituições a serem negociadas. Graças à entrada do presidente Lula neste meio, e dos partidos de oposição, o processo foi interrompido.

 

Mais especificamente com a Petrobras, o processo foi iniciado. Porém, o PSDB pensava em como poderia privatizar a empresa sem que a população criasse resistência ao processo. Como fazer, então, com uma empresa símbolo nacional desde a década de 50?

 

Tarefa difícil, porém, nada impossível para o grupo de FHC. Em 1997, Joel Rennó, que era o presidente da Petrobras na época, aquele francês naturalizado brasileiro, contratou uma consultoria internacional para orientar a empresa sobre como privatizar sem que a população percebesse a manobra. Aliás, tentou até mudar o nome da Petrobras para Petrobrax, para que os gringos pudessem pronunciar melhor o nome da empresa.

 

Esta consultoria orientou o seguinte: 1) transformar a empresa numa holding; 2) não privatizar a empresa no todo, mas dividi-la em unidades independentes, a que chamaram de "Unidades de Negócios-UN", as quais, aí sim, poderiam ser privatizadas; ou seja, não seria a "Petrobras" que estaria sendo privatizada, mas a Unidade A, B ou C. Foi o artifício que a consultoria sugeriu.

O processo foi iniciado, e a Fronape (Frota Nacional de Petroleiros) foi uma das primeiras a serem preparadas. Mas, neste caso, o processo não chegou a ser concluído. Hoje ela existe com um CNPJ paralelo, com a denominação de Transpetro. A refinaria de Porto Alegre, Alberto Pasqualini (REFAP), foi negociada com a Repsol argentina/espanhola, e assim as demais seriam pulverizadas.

 

Se se observar o organograma da empresa, é possível verificar que o que antes eram "superintendências" hoje são "Unidades de Negócios" (passíveis de vendas). Temos UN-Reduc (RJ), UN-Replan (SP), UN-Regap (MG), UN-Revap (SP), UN-AM (AM), UN-RNCE(RN), UN-BA(BA), UN-BC (Bacia de Campos-RJ), UN-Rio (Macaé) e a mais recente UN-BS (Bacia de Santos), onde se encontram as reservas do pré-sal.

 

Para que as privatizações das UN fossem efetivadas, o "excesso" de contingente teria que ser minimizado, e com isto a empresa terceirizou o máximo que pôde a força de trabalho. Reduziu-a de 60 mil empregados em 1990 para 32 mil em 2000. A mão-de-obra terceirizada era despreparada e, junto com a falta de repasses de recursos para manutenção preventiva, observaram-se os maiores acidentes da história recente da Petrobras: o derrame de óleo da baía da Guanabara, o derrame de óleo em Paranaguá e o mais crítico, pelas perdas humanas, o afundamento da P-36.

 

Portanto, esta é a minha visão do que o PSDB e afins pensam da Petrobras e do mercado de petróleo brasileiro. Espero ter contribuído.

 

Elton Leão é empregado da Petrobras.

 

{moscomment}

Comentários   

0 #10 PSDB NUNCA MAISPAULO 04-09-2009 18:22
TEM MUITO PAÍS DE OLHO GRANDE NO NOSSO PETRÓLEO. GENTE ABRE O OLHO. AGORA COM O PRÉ-SAL ENTÃO. PSDB NUNCA MAIS. JA ENTREGARAM A VALE, AGORA QUEREM ENTREGAR NOSSO PETROLEO. E VOCES SABEM PARA QUEM QUE ELES QUEREM ENTREGAR, NÉ? TEM PAÍS QUE ENTRA EM GUERRA POR CAUSA DE PETRÓLEO. UMA PRIVATIZAÇÃO DESTAS SERIA O MÁXIMO PARA ELES.
ISTO É MUITO ESQUISITO.
Citar
0 #9 João Batista 03-06-2009 13:57
O que ainda procuro entender, talvez agora esteja surgindo um clarão, é o porque do atual Governo gritar toda vez que é pego com a boca na botija, o governo anterior também fazia isso, só que no governo anterior também existia oposição, porque eles não faziam o que os atuais oposicionistas estão fazendo, tentando investigar, tentando mostrar para a Sociedade os erros e acertos do atual Governo, o que antes não se via, e quem era a oposição?

Lá estava ela, e entre ela alguns representantes do PT, o mesmo PT que sempre criticou o Governo, no entanto estavam lá e nada fizerem para tentar acabar, ou pelo menos mostrar para a Sociedade os erros cometidos, esta sim é a verdadeira política do quanto pior melhor. Quanto mais erros eles cometerem é melhor, pois se algum dia chegarmos lá poderemos fazer tudo isso e nos escondermos atrás deles.

Quanto aos projetos da oposição para o Brasil, eu não sou político nem faço parte de nenhum partido, mas gosto da política e acompanho, até porque é um dever do cidadão acompanhar a política do seu Estado, pois nossas vidas dependem das decisões políticas.

Como a gente não é político para acompanhar de perto os projetos do partido e dos futuros candidatos, temos que acompanhar e tecer nossas considerações com o que vemos no dia a dia, temos que estar atentos aos atuais Governantes que possam ser futuros candidatos á sucessão presidencial. Entre os Estados membros da Federação mais bem administrados atualmente estão São Paulo e Minas Gerais, por coincidência dois fortíssimos candidatos à Presidência em 2010. Basta vermos seus projetos Estaduais e analisarmos se é o que queremos para o Brasil, o que não podemos aceitar é essa seqüência de corrupção que vem de Governos anteriores e passa pelo atual sem que ninguém faça nada, ficam lá só dizendo que não sabe de nada, não viu nada, e culpando os outros, sendo que seus projetos e promessas eram de M U D A N Ç A S.
Citar
0 #8 Onde foi para o Choque de Gestão TUCANALSilva 03-06-2009 13:52
Renato, acho que o João Batista não saberá responder,assim como também a oposição do sociólogo FHC-PSDB-DEMO. O único projeto delles, era seguir o consenso de Washington-EUA, ou seja entregar o Brasil ao FMI e promover as privatarias-doações, Como o neoliberalismo faliu na Matriz EUA o PSDB SIFU com o seu choque de gestão do ESTADO mínimo. A eficiencia nas empresas não é em relação de ser Estatal ou Privada, está na gestão. Maus exemplos de gestão privadas Citibank,GM,Rede Globo, todas dependentes do capital ESTATAL.
Citar
0 #7 Projeto Politicorenato batisteli 25-05-2009 00:35
Prezado João Batista. Vamos então mudar o foco. Esqueçamos o FHC. Me responda apenas uma pergunta extremamente simples: Qua é o projeto das oposições para o Brasil?.
Citar
0 #6 Estado/PrivadoEduardo Lima 23-05-2009 08:47
Alguns rápidos comentários...
1) Empresa privada não é necessariamente mais "eificiente" do que empresa pública.
2) A idéia de "estado mínimo" dos liberais já foi comprovadamente ineficaz. Vide que até mesmo o Governo dos Estados Unidos teve que comprar parte de alguns dos bancos quebrado...
3) Estatal não é público... A Petrobrás não é dos "brasileiros"... uma vez que o governo não necessariamente representa o povo (pela representatividade de cada voto nas eleições...)
4) Vale? Será que uma Vale ainda pública, mas organizada e sem corrupção, sem beneficiar afilhados de ninguém, etc.. não estaria tão bem como outras estatais que não foram vendidas? Como a própria Petrobrás, o Bando do Brasil, a Cemig, a Celesc, a Sabesp, a Copasa, a Cagece, etc...
5) Nem sempre as estatais que pertencem a governos do PT ou do PSDB ou de qualquer outro são melhores ou piores por este motivo. Outros fatores pesam: seus funcionários, a vigilância da opinião pública, entre outros.
Citar
0 #5 PrivatariaSonia Montenegro 22-05-2009 13:31
Se não é pela mais completa ignorância, só pode ser por má fé. Dizer que o governo Lula privatizou mais do que FHC é tão absurdo como chamar a ditadura de ditabranda. O problema não está apenas na privatização, mas sim na liquidação irresponsável do Estado, como foi o caso da Vale do Rio Doce, citada acima, e aliás TODAS as privatizações promovidas assumidamente ou disfarçadamente, como afirma o empregado da Petrobras há 19 anos. Não há dúvida de que o governo Lula tem defeitos, aliás, quem não os tem, mas se formos comparar com os governos tucanos-pefelistas, o governo Lula da de mil a zero. Se o Psol discorda disso, terá que seguir os rumos do PPS do Roberto Freire e o PV de Gabeira.
Citar
0 #4 ANTÔNIO ALBERTO Pe.Alberto M 21-05-2009 13:41
PSDB = “ P= para S=serra D=destruir o B=Brasil “ >>

O GRANDE PROBLEMA NÃO SÃO AS CPIs. >>

DEVERÍAMOS VIVER, SEMPRE, EM ESTADO DE ALERTA, EM INQUÉRITO PERMANENTE. >>

JÁ DIZIA UM LIVRO DE SABEDORIA ETERNA : "VIGIAI SEMPRE!" >>

OS POLÍTICOS SÃO ELEITOS POR NÓS PARA EXERCEREM, NORMALMENTE, CONSTANTEMENTE, ESSA FUNÇÃO –fiscalizar/co-administrar-, MAS NÃO A EXECUTA NO TEMPO E NA HORA- por questõe$ pe$$oais -. > PORÉM, QUANDO QUEREM PRE$$$IONAR, “LEMBRAM-SE” DE SUAS OBRIGAÇÕES.>>

O GRANDE PROBLEMA É A ESCUMALHA QUE SEMPRE TRANSFORMA AS CPIs EM PALANQUE POLÍTICO E EM OPORTUNIDADE PARA TROCA$$$.>>

LEIAM ; EQUILIBRAR O DESEQUILÍBRIO... POLÍTICO
E MÍDIA, LUCRO E ALIENAÇÃO.
AQUI : http://www.osamigosdopresidentelula.blogspot.com - vá ao buscador e digitem: equilibrar o desequilíbrio político –
Ou aqui : vá ao GOOGLE e digitem ; equilibrar o desequilíbrio político
OU AQUI : http://www.agazetadovale.com.br > vá ao menu e acesse o link OPINIÃO.
Citar
0 #3 petrobráshidalgo reis mores 21-05-2009 13:39
Estou totalmente de acordo com a primeira mensagem.Os governos Lula privatizaram mais,muito mais que o PSDB.Os sindicatos se tornaram donos de todo o serviço público,as ONGs e as universidades públicas se tornaram propriedade definitiva dos partidos de extrema esquerda; manipuladores e desonestos ,esta é a verdade,sr.Plinio,já fui seu eleitor quando pensei que o PT era dominado por idealistas.Não fui o unico trouxa.
Citar
0 #2 A PETROBRÁS e a PRIVATIZAÇÕESEdni Oscar Schroeder 20-05-2009 13:42
Sou Professor Aposentado de Química da UFRGS e vinha percebendo mudanças na PETROBRÁS que não estava compreendendo.
O comentário trazido pelo Elton Leão no Correio da Cidadania de 20/05/09 encaixa bem nesta linha de propósito de privatização da empresa estatal.
Não participei do movimento \"O PETRÓLEO É NOSSO\" dos anos 50, mas o meu sonho em meados dos anos 60 foi ser Geólogo e trabalhar na PETROBRÁS. recebia, então, a REVISTA DA PETROBRÁS regularmente e tinha orgulho de ver que o que se conquistava na prospecção, extração e refino do \"Ouro Negro\" era algo de propiredade de todo o povo brasileiro.
Os anos negros da ditadura - vamos ser reconhecidos, mesmo que eu tenha sido contra ela - intensificavam este resguardo pelo que vinha do nosso solo e, logo, deveria sempre ser nossso.
Os 2 governos do FHC precisam ficar registrado na história deste nosso país como o mais entreguista que se possa supor. Em nome de uma governabilidade megalomaníaca, as nossas riquezas foram distribuídas para os grandes detentores dop capital internacional.
Trabalhei mais de 30 anos na Universidade na formação de profissionais nas áreas de Química, Engenharia, Geologia, Agronomia, Farmácia e outras afins - sempre promovendo a discussão com os meus alubnos sobre a responsabilidade técnica de suas formações, mas, sobretudo, sobre a importância da consciência poplítica de cada um sobre a responsabilidade que tinham ao trabalhar com riquezas do país.
Tomei a decisão de me aposentar em 24 horas, numa das investidas do Governo FHC para desqualificar a Universidade Pública Brasileira. Não podia mais ficar em sala de aula estimulando um governo legalmente constituído, mas não legitimente voltado para os interesses do povo brasileiro. FHC me traíu enquanto um sociólogo que até cheguei a pensar poderia dar certo - na medida que entregou nossas riquezas oferecidas por Deus e pela natureza para os interesses de quem vê no lucro o fim maior de todas as ações.
E ainda querem voltar a governar esta país e fazer auditagens para- agora - garantir a nossa empresa parapública maior.
Citar
0 #1 João Batista 20-05-2009 12:56
Onde está a novidade?
Toda vez que tentam mostrar os podres do Governo Lula a posição inventa alguma coisa sobre o governo FHC e joga na praça para tentar mudar o foco da coisa, e com isso o lula vai passando despercebido, só passando porque não moveu uma palha para melhorar o País num todo, o que foi que esse homem fez de impacto nacional, nada, o que ele sabe é agradar os coitados dos pobres fingindo matar-lhes a fome com um tal de bolsa família, que para mim é mais uma barganha por votos que qualquer outra coisa.
Tudo que a oposição tenta investigar o Governo e a posição corre para barrar, se conseguir ótimo, se não vamos procurar algo sobre FHC e jogar na praça para tentar nos livrar do nosso rolo. Surgiu o mensalão, cadê o esclarecimento para o povo, teve o caso do enriquecimento instantâneo do filho do lula com as telefônicas, cadê? Onde foi parar as investigações, surgiu o caso das ONGs, cadê a investigação, veio o caso dos cartões corporativos, logo inventaram o Dossiê FHC e jogaram na imprensa para se esconderem atrás.
Eu só queria que essa posição ou o próprio Governo informasse para a sociedade porque eles lutam tanto contra as investigações, só se recusa a ser investigado aquele que tem culpa a ser exposta, aquele que não tem nada a esconder, que aliás é o que eles pregam, acharia ótimo a oposição investigar, já pensaram que lavagem de alma para um Governo cuja oposição faça uma investigação e nada encontra em seu desabono, e ainda por cima ter que divulgar para o povo, ora, se tudo que querem investigar eles são contra, é porque tem culpa no cartório, não existe outra explicação.
Daí podemos tirar uma certeza, o FHC está sendo um excelente escudo para o Governo lula, tudo de ruim que explode eles empunham a bandeira FHC e vem com a conversa mole de que o Governo anterior também fazia, se o povo quisesse a mesmice deixaria o FHC, colocaram o lula na busca de mudanças, e cadê as mudanças, onde estão?
Nem a CPMF que ele prometeu ao vivo na TV Globo que acabaria com ela tão logo fosse eleito, isso na campanha para o primeiro mandato, passou o primeiro, veio o segundo e nada, não o braço forte da oposição o povo estaria sendo lesado até hoje. Prometeu que em um mandato acabaria com o desemprego, o desemprego continua ai e ele já vai para dois mandatos e ainda pensando em um terceiro, as estradas federais que a imprensa mostra todos os dias, estão em situação de calamidade e onde está o Governo e sua base aliada?
Creio que está na hora de esquecerem o FHC e trabalharem, por favor o FHC não está mais ai, já saiu, se fez coisas erradas ou não, já passou, e mais errado que ele são os atuais que querem fazer tudo de ruim que ele fazia, se não for pior, e quando a situação aperta se escondem atrás dele.
O PT defende tanto as empresas estatais para fazer cabide de emprego. Vejam o exemplo da Vale, foi privatizada e hoje é exemplo mundial.
Citar

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados