topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Pacifistas de Israel respondem Imprimir E-mail
Escrito por Geraldo Majela Pessoa Tardelli   
Segunda, 02 de Fevereiro de 2009
Recomendar

 

O Correio da Cidadania publica esta semana uma carta-resposta ao texto de
Michael Warchavski, "Não, absolutamente não", que tece críticas ao movimento israelense Paz Agora.

 

 

Estimados colegas do Correio da Cidadania,

Já estive junto com o diretor deste veículo, Plínio Arruda Sampaio, por várias vezes, em muitas campanhas e nunca conversamos.

 

Sou da Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo e já nos vimos em reuniões e em atos, como, por exemplo, aquele em defesa de militantes do MST injustamente processados criminalmente, que ocorreu na Sala do Estudante da FADUSP, quando falei em nome de D. Paulo.

 

Sou, de longa data, seu eleitor e admirador, muito mais quando não se rendeu às benesses do poder e ajudou a fundar o PSOL. Assim, sou mais que seu companheiro da Comissão Justiça e Paz.

 

O motivo de minha mensagem é um texto que o Correio está divulgando, de apoio ao povo palestino.

 

Sem dúvida alguma que o povo palestino precisa de apoio político, humano e material em face da terrível postura do governo israelense, como nos bombardeios em Gaza que mataram mais de 1.300 pessoas; na política de ocupações na Cisjordânia, que inviabilizam a construção de um Estado Palestino; no bloqueio econômico e material aplicado a Gaza, que impõe duras condições de vida a 1,5 milhão de pessoas, das quais pelo menos 700 mil crianças etc. etc. etc.

 

Contudo, o texto, ao qual o Correio expressou apoio, faz uma grave injustiça ao Movimento Paz Agora, com quem mantive contato próximo em viagem a Israel, e cujos apoiadores brasileiros são, em boa parte, amigos pessoais meus.

 

A postura do governo israelense não reflete o consenso do povo israelense judeu. Pode até ter o apoio da maioria, mas não é consenso. Nesse sentido, cito como exemplos o Partido Meretz e o próprio movimento Paz Agora, que não se cansam de se mobilizar pela busca de uma outra política.

 

Não tenho procuração do Paz Agora, mas posso afirmar que sua política é direcionada à defesa de uma saída justa para os dois povos e, nem de longe, apóiam atos bárbaros e sandices como as que vêm sendo praticados pelo governo de Israel.

 

Assim, pedimos ao Correio que conceda este espaço para resposta, pois expondo injustamente o movimento pacifista de Israel vamos ajudar a enfraquecê-lo ainda mais e, pior, aumentar o campo oposto.

 

Estive conversando com meu amigo Moisés Storch, incansável batalhador pela cultura da paz, e sugeri, eventualmente, uma reunião para conversarmos e tentarmos articular algo que dê visibilidade e ajude, de alguma forma, o movimento pacifista israelense no Brasil.

 

Abraços cordiais,

 

Geraldo Majela Pessoa Tardelli.

 

Recomendar
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates