topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Aug   September 2016   Oct
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
252627282930 
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

AumentarDiminuirVoltar ao original
Barack Obama Imprimir E-mail
Escrito por Gilvan Rocha   
Terça, 20 de Janeiro de 2009
Recomendar

 

Vivemos, indubitavelmente, em estado de completa orfandade política. O discurso dos dois mundos, o mundo do mal, ocidental e capitalista, e o mundo do bem, onde jorraria leite e mel. O mundo socialista foi por água abaixo depois de ser amplamente agitado em todos os quadrantes da terra como se fosse verdade, como se não houvesse de fato, um só universo de caráter inequivocamente capitalista.

 

Para acalentar a velha esquerda de matriz stalinista, formada de ingênuos, equivocados e fraudadores, eis que surge para consumo latino-americano o "socialismo do século XXI", o socialismo constitucionalista de acentuado conteúdo nacionalista, o que seria uma mera gracinha, não fosse sinal de acentuada esclerose política.

 

O mundo político parou. A velha esquerda, sem discurso, sussurra sua alegria. Barack Obama, senador negro e de ascendência muçulmana derrotou a extrema direita nas últimas eleições norte-americanas. Sinais dos tempos, murmuram os possuídos de impotência política que ardem de ódio ao Império, sem mover, no entanto, uma palha contra o capitalismo do qual esse império é produto. Caso o poder capitalista fosse realmente branco, os negros não galgariam postos de confiança dentro do sistema, como desfruta, por exemplo, a Condolezza Rice.

 

Para esse sistema, acima de credos religiosos, raça, cor, sexo, está o sagrado direito à propriedade privada e o lucro para poucos. O resto são nuances de natureza subalterna e os exemplos que a história nos fornece são abundantes, a começar pela África do Sul que saiu das mãos dos brancos para governos negros sem que o sistema sofresse nenhum abalo.

 

O fato é que vivemos um drama profundo pela ausência de um movimento anticapitalista à altura de nossas necessidades históricas e, em decorrência disso, muitos buscam nutrir-se de migalhas e fantasias. Substancialmente, Obama é uma dessas migalhas, tendo em conta os verdadeiros interesses da humanidade.

 

Gilvan Rocha é Presidente do Centro de Atividades e Estudos Políticos – CAEP.

E-mail: gilvanrocha50(0)yahoo.com.br

 

Recomendar
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates