topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Sep   October 2016   Nov
SMTWTFS
   1
  2  3  4  5  6  7  8
  9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031 
Julianna Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

AumentarDiminuirVoltar ao original
Pastelaria eleitoral Imprimir E-mail
Escrito por Roberto Malvezzi   
Terça, 07 de Outubro de 2008
Recomendar

 

Entrando numa cidade aqui do sertão me deparo com uma casa comercial que tem um nome intrigante: "Açougue Só Frutas".

 

Quem viesse aqui pelo sertão e olhasse o resultado das eleições poderia dizer: "Pastelaria Eleitoral". Enfim, não sobrou uma múmia eleitoral para ao menos lembrar que por aqui já existiu um projeto popular para modificar o sertão e também o Brasil.

 

Não sobrou um vereador, muito menos um prefeito. Os partidos fizeram uma salada de frutas tão perfeita que só mesmo o "Açougue Só Frutas" é capaz de superar em contradição. A sensação é que todos os anos de educação popular, de construção de um partido do povo, com gente do povo, com outra concepção de política, finalmente conheceu sua pá de cal. Até as cisternas foram utilizadas como moeda eleitoral. Não se iludam com as legendas vitoriosas: até um partido comunista virou legenda de aluguel.

 

Lula parece uma espécie de "deserto verde da política". Onde ele pisa não existe biodiversidade política. Só monocultura. Não gera outra liderança nacional e diluiu qualquer demarcação ideológica de seu partido ou de um projeto popular. Essa decisão da cúpula foi seguida fielmente nos estados e municípios. O resultado eleitoreiro é visível e a anulação do projeto popular também. Como dizia duramente um professor baiano na análise de conjuntura para a CPT, semana passada em Salvador: "o projeto de mudança profunda no país foi abortado primeiro por Getúlio, depois pelo regime militar e agora pelo PT e Lula". Cruel e real.

 

Olhando de baixo, politicamente voltamos à estaca zero. Pelo menos enquanto força articulada que visa mudanças mais profundas. A história não perdoa e não há mais nenhum horizonte à vista. Mas, como os sonhos costumam rebrotar, bisonhamente nos consolamos com um belo verso de Chico Buarque: "Canta a primavera, pá, cá estou carente. Quem sabe esqueceram alguma semente nalgum canto de jardim".

 

Roberto Malvezzi (Gogó) é coordenador da CPT – Comissão Pastoral da Terra.

 

Recomendar
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates