Elba Ramalho e o São Francisco

0
0
0
s2sdefault

 

"Estou muito feliz em fazer um show aqui às margens do São Francisco. Esse rio tem muita energia. Porque assinei a luta contra a transposição do São Francisco fui perseguida e tive shows cancelados. Venho de uma região da Paraíba que tem problemas de água e quero que todos tenham água. Mas sei que existem caminhos mais simples para pôr água para o povo. Porém, nós sabemos como funciona a política aqui na nossa região. Eles tiram um projeto que está na gaveta há mais de 30 anos e querem que a gente apóie as iniciativas deles".

 

E prosseguiu: "Estou para completar 30 anos de carreira. Quero comemorar aqui às margens do São Francisco com meu parceiro Geraldo Azevedo, que é aqui de Petrolina. Vamos ver se dá certo. Sou apaixonada por esse rio e devota de São Francisco".

 

A cada palavra que Elba foi dizendo sobre o São Francisco na madrugada de domingo, em show público na orla de Petrolina, a multidão veio junto com aplausos. Depois, gritou seu nome de pé. Ela estava emocionada e o público também. Foi simples, sincera e corajosa.

 

A retaliação por sua posição em relação à obra vem desde a época da primeira greve de fome de Frei Luis. Depois, durante a segunda, enviou uma das cartas mais emocionantes ao bispo.

Elba poderia fazer demagogia hídrica ou ficar calada. Prefere se expor publicamente, como outros artistas, que também sofreram algum tipo de retaliação, mesmo os defensores dos direitos humanos. Ela é a prova que nem toda a classe artística é alienada e pode contribuir para a cidadania e a boa nordestinidade.

 

A transposição já consumiu cerca de 600 milhões de reais (projeto, assessorias, consultorias, obras etc.), sem levar água do nada para lugar algum. Com esse dinheiro, o atual governo já poderia ter feito 20% das adutoras previstas no Atlas do Nordeste e resolvido os problemas hídricos das regiões urbanas mais carentes de água do semi-árido.

 

Elba, essa cantora que tem nome de rio, batizou-se de vez nas águas do Velho Chico.

 

Roberto Malvezzi (Gogó) é coordenador da CPT.

 

{moscomment}

Comentários   

0 #10 Feliz 2009.Ana Maria Ramalho 10-12-2008 14:16
Elba, sou de Conceição,moro em j. Pessoa desde 1970.Tenho contato com Tonzinho,Leninha, Hildebrando. Meu avô chamava-se Venâncio Ramalho, você lembra-se dele não? Quando você vier à João Pessoa, é um prazer recebê-la em nossa chácara. Outro dia comentei com Tonzinho. A primeira e a última vez que falei contigo estávas sendo entrevistada em um programa de TV, S.Paulo(Luan era recem-nascido,lembras?Eu morava em S.Bernardo na época.
Portanto Elba,quero desejar a você e toda familia um ótimo 2009. Que Deus ilumine a sua carreira cada vez mais.Muita saúde, paz e legria. Continue essa paraibana de fibra, guerreira e perseverante que você é. Um abraço da tua prima que te adimira muito como profissional,mãe e sempre batalhadora. PARABÉNS ELBA!
Citar
0 #9 ParabénsAna Maria Ramalho 09-12-2008 16:06
Elba, sou do sertão paraibano. Temos orgulho de você por ser uma mulher guerreira, batalhadora, sincera e por se expressar-se tão bem, ao falar dos problemas do nosso pais e da música popular brasileira.Continui assim mulher de fibra e perseverante. Um grande abraço, BARAÚNA de Conceição!
Citar
0 #8 VergonhaLuciano Targino 12-08-2008 08:19
Sou Paraibano e me envergonho quando meus conterraneos atiram pedras a Elba Ramalho por causa da sua posição. O discurso dela é justo e nao político. A liberdade de expressao e o respeito têm que existir e precisamos fazer isso valer a pena. Orgulho de vc, Elba. Parabéns.
Citar
0 #7 O rio sem rumonegromonte 09-08-2008 17:57
Fica evidente quando um governo que atropela uma comunidade ribeirinha para dar lugar ao capital selvagem que destroi todos sem dar ouvido as comunidades,você Elba estar de parabéns,ainda existe esperança no meio artítico.
Citar
0 #6 são francisconegromonte 09-08-2008 17:47
Você Elba esta de parabéns,tomara que você seja a primeira de muitos outros artista à olhar as causas do brasil como uma causa pessoal, so assim iremos ter um brasil melhor.
Citar
0 #5 mulher de fibranegromonte 09-08-2008 17:40
Paraíba masculino mulher macho sim senhor,com certeza é uma mulher guerreira,cinto com muita tristeza,quando se ver uma classe artista opaca,vendo tudo acontecer e não se manifesta nem nada,é por isso que eu não vou em nenhum show,de nenhum deles.
Citar
0 #4 Interesses econômicos e natureza do EstaYANG CHUNG 07-08-2008 15:24
A Transposião evidencia os interesses materiais (econômicos)das grandes empresas, do grande capital e também a natureza burguesa do Estado Brasleiro e do Governo Lula. Evidencia os aspectos repressores e consesuais do Estado Brasileiro e quais as relações de produção estão sendo alavancadas pelo grande capital no Semi-Árido Nordestino.
Citar
0 #3 Transposição do São FranciscoJosé João Piaia 06-08-2008 15:17
Parabéns, Elba, precisamos que mais gente importante proteste contra este projeto, que visa antes de tudo encher os cofres das grandes empreiteiras.
Citar
0 #2 Cidadão brasileiroOdon Porto de Almeida 05-08-2008 18:04
Muito bem, Elba Ramalho! Precisamos ter a coragem de divergir do Poder P´blico quando este abraça causas duvidosas ou contrários aos interesses populares. E não há dúvida: por trás da falácia de água do Rio São Francisco para os sertanejos a verdade é que só o agronegócio e as empreiteiras se beneficiarão com as grossas verbas irresponsavelmente investidas sob a descarada capa de interesses repletos de apelações patrioteiras, eleitoreiras, coroneliastas. Os os exemplos de Dom
Luis, de Elba Ramalho e de tantos outros ressoem junto às autoridades que se fazem de surdas.
Citar
0 #1 Armando 05-08-2008 12:29
É reconfortante saber que ainda temos artistas como a Elba, que resistem aos desmandos no trato da coisa pública neste país, demonstrando a verdadeira artista popular que ela é.
Enquanto aqueles que por muito tempo se autoproclamavam como a voz do povo, se perfilam numa omissão que beira a cumplicidade.
Parabéns, Elba, que além de uma grande artista, é uma cidadã da maior qualidade.
Citar

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados