A Amazônia é nossa!

 

Um expressivo grupo de entidades e de patriotas vem se reunindo, com regularidade, no Movimento em Defesa da Economia Nacional – MODECON, com o objetivo de estruturar uma ampla campanha em DEFESA DA AMAZÔNIA.

 

O Movimento Nacional em Defesa da Amazônia – MNDA, aberto a todos os brasileiros, militares e civis, trabalhadores e empresários, jornalistas, intelectuais, estudantes, obedecerá ao princípio fundamental que norteou a campanha do PETRÓLEO É NOSSO: será absolutamente suprapartidário e reunirá todos os cidadãos emprenhados na defesa da Amazônia, independentemente de suas posições filosóficas, ideológicas ou religiosas.

 

No momento atual, fatos e circunstâncias compõem um quadro inquietante de ameaças sobre a Amazônia. Este quadro está a requerer a união e a resistência organizada de todos os segmentos da sociedade brasileira, para evitar a perda, para estrangeiros, desta enorme parcela do nosso território.

 

Que fatos e circunstâncias são estes?

 

O desmatamento, criminoso e irresponsável; a biopirataria, saqueando o nosso riquíssimo patrimônio genético; a intensa atuação clandestina (ou ostensiva) de ONG(s) estrangeiras, que agem livremente, sem qualquer controle governamental, explorando populações ribeirinhas, sonegando impostos, promovendo grilagem de terras, iludindo populações indígenas; a hidropirataria; o contrabando e o narcotráfico; a demarcação de terras indígenas, com áreas que chegam a superar a superfície de países europeus, inclusive na faixa de fronteiras, de forma contínua, como no caso recente da Reserva Raposa Serra do Sol, em Roraima (1,7 milhão de hectares - 17000 Km2 -, quase 4 vezes a superfície do município do Rio de Janeiro; o enfraquecimento das Forças Armadas, conseqüência do corte dos recursos orçamentários, dificultando o cumprimento da sua missão constitucional e a sua atuação na região, sobretudo nas faixas de fronteiras; a estratégia de grupos, alguns infiltrados no governo federal, que, a pretexto de defender os índios, e/ou o meio ambiente, impedem ou atrasam, em muitos anos, a implantação de projetos fundamentais para o desenvolvimento do país e a efetiva ocupação da Amazônia; a lei de gestão de florestas públicas, para alguns, permitindo o domínio de vastas extensões do território brasileiro por empresas estrangeiras, comprometendo a nossa Soberania.

 

E por que defender a Amazônia?

 

Porque ela representa 60% do território brasileiro. Sem a Amazônia o Brasil deixaria de ser um dos seis países continentais do mundo, ao lado da Rússia, China, Canadá, Estados Unidos e Austrália. País continente é aquele com mais de 7 milhões de quilômetros quadrados de superfície.

 

Porque a Amazônia é uma região riquíssima, com quase 15% das reservas de água doce do planeta.

 

Ela é a maior floresta tropical e sua biodiversidade não tem similar no mundo. Esta região tem recursos madeireiros extraordinários. Nela foi descoberta, em 1966, a PROVÍNCIA MINERAL DE CARAJÁS, com dimensões iguais ou superiores às de ABITIBI, no Canadá, e WITWATESRAND, na Austrália, as mais importantes do mundo. Na Amazônia já foram identificadas colossais reservas com o mais alto teor de minério de ferro do planeta, além de bauxita, ouro, cobre, diamantes, nióbio, cassiterita, caolim, petróleo e gás. Tudo leva a crer que as riquezas naturais são muito maiores, uma vez que apenas 10% do território amazônico foram mapeados geologicamente.

 

Este patrimônio incalculável nos foi legado pelos portugueses e consolidado pela ação destemida e competente de grandes brasileiros como Rio Branco, Plácido de Castro e outros, como Rondon e Artur Cezar Ferreira Reis, que sempre lutaram pela sua preservação.

 

Em respeito à memória destes heróis devemos defendê-la e preservá-la.

 

O grande ATO PÚBLICO para lançamento do Movimento Nacional em Defesa da Amazônia já tem data marcada. Será realizado na segunda-feira, 28 de abril, a partir das 17:00 horas, na Associação Brasileira de Imprensa – ABI. O local e a data são simbólicos. A ABI é a Casa da Imprensa Brasileira. Seu auditório foi cenário de grandes movimentos cívicos, como a campanha do petróleo, a luta pelas liberdades democráticas, as "diretas já" e outros. Abril é o mês no qual a Nação Brasileira homenageia Tiradentes.

 

Aproveito o magnífico espaço aberto pelo CORREIO DA CIDADANIA para conclamar todos os brasileiros à luta em defesa da Amazônia. Como o petróleo, ela também é nossa!

 

Ricardo Maranhão, engenheiro, é vice-presidente do Movimento em Defesa da Economia Nacional – MODECON.

 

{moscomment}

Comentários   

0 #13 A Amazônia é NossaRosaly 13-08-2008 11:01
Projeto "A Amazonia é Nossa"

_ Trata-se de uma exposição itinerante cujo tema tão sugestivo que hoje tem
sido tão divulgado e pouco se tem feito para reverter a degradação de nossas
matas: "A Amazônia é nossa" , é composto por um grupo de 25 artistas
plásticos de diversas regiões brasileiras. Esta idéia teve início em um
Grupo de Relacionamentos com o nome "Arte e Artistas".

A proposta deste grupo é viajar com a exposição para várias cidades
Brasileiras e quiçá estrangeiras, levando essa mensagem ao mundo, quem sabe
assim provocando mais discussões e que resultem em soluções. Para que esse
projeto caminhe, necessitamos de parceiros e colaboradores que abracem essa
causa, abram caminhos e espaços para nós.



http://expovirtualamazonia.blogspot.com/

http://www.exposicaovirtual.art.br/agenda.htm
Citar
0 #12 Patrimônio NacionalEdemir Antonio Giacomelli 27-05-2008 16:30
Parem o desmatamento agora
Ponham o Exército em pontos es-tratégicos da Amazônia
Fora com as Madeireiras
Fora com as ONG's Internacionais
Fora com os " Relisiosos??? "
Cuidado:Fronteira+Ong's+Índios+
Políticos corruptos= Perda da Soberania Nacional
A Amazônia é nossa
Citar
0 #11 soberania é papo furadoDaniel Filho 26-05-2008 11:34
Penso que estamos fazendo pouco barulho com relação à soberania da amazônia. O barulho é maior do lado de fora. Vejo a hora em que do dia pra noite perderemos toda essa riqueza, pois sem que os governantes percebam, os sequestradores, ladrões já estão lá disfarçados de ONGs estrangeiras e outros motivos mais para permanecerem no nosso território, fingindo estarem fazendo estudos de preservação. Não bastassem aqueles gringos com mansões à beira dos rios, enganando o nosso povo ribeirinho. Vão sequestrar a nossa fortuna e não temos potencial para tomar de volta. Teremos somente a saudade e lembrança para nossos filhos que crescerão sabendo que um dia foi nosso. Eles verão somente aqueles helicópteros, os mesmos que sobrevoam o Iraque, etc...
BY BY amazônia.
Citar
0 #10 A Amazônia é nossa simPaulo Barcellos 26-05-2008 11:32
Envio este e-mail pois estou muito apreensivo com a inércia de nosso Presidente e do nosso Congresso em não se posicionarem perante a sociedade e ao mundo em defesa dos nossos interesses, em destaque sobre a defesa do território da Amazônia legal.
Veja, tenho lido e assistido, tanto no noticiário nacional quanto internacional, uma ploriferação de artigos questionando o nosso direito de gerir nosso próprio território. E até agora não vi nada em resposta a estes artigos, nem da sociedade muito menos dos nossos representantes.
Será necessário que outros paÍses nos ataquem e nos colonizem para que orgulho nacional seja ferido e o gigante deitado eternamente berço explendido perceba que lhe retiraram seu berço?
Será que não está na hora de dizermos ao mundo que nos respeitem ou caso contrario poderemos ter que abandonar nossa política passifica e subserviente, e assim como outros países, talvez abandonar tratados escravocratas como o de não ploriferação de armas nucleares?
Não sou adepto de medidas radicais, mas acredito que nós temos o dever defendermos nosso território, nossos interesses e nossos país.
Que a comunidade internacional vá plantar batatas ou milho e nos deixe em paz.

Grande abraço para toda equipe.

Paulo Barcellos
Citar
0 #9 Soberania AmeaçadaEdnelson Henriques 19-05-2008 12:14
O meu medo diante dessa barbaridade é se hoje nós podemos dizer que estamos defendendo a Amazonia como ela merece. Creio que esse será o caminho pelo qual os aproveitadores de plantão usarão para minar a nossa imagem diante da opinião mundial. A melhor estratégia de uma defesa efetiva é a unidade. Aqui não cabe outra bandeira que não seja a do dever cívico de cada brasileiro, em entender que a nossa soberania está sendo ameaçada. Que Deus nos una como nação e possamos enfrentar com coragem esse ataque. Que os políticos lutem com altruísmo, que insurjam os líderes estudantis, que gritem as classes, os operários, as onas de casa, os líderes religiosos. Que todo o Brasil diga não! Pois o mundo precisa entender que somos capazes de lutar se preciso for, e nós podemos mostrar isso com um trabalho sério de defesa pela Amazonia, que amamos.
Citar
0 #8 Maria Luiza Martins, 11.595-D, 12-05-2008 15:18
Hoje é dia 12/05/2008, segunda-feira.Quero contar que estive no dia 28/04/08 no ATO PÚBLICO na ABI e o salão lotou de público. Um público homogêneo pela idade, pela energia de verdade de interesse pela Amazônia; muita gente.Maria Luiza Martins importante, que não dá p/ citar neste espaço pequeno. Foi uam reunião de emoção e força. Personalidades importantes de muito valor discursaram. cantamos o hino nacional c/ toda a voz e todo o peito noa mais forte tom de vontade de ser e de fazer. Depoimentos importantes, corajosos e maravilhosos de personagens testemunhando os valores que não morreram, estão só silenciosos, mas c/ a MODECOM agora poderão c/ a nossa ajuda, o povo, a proteger a AMAZONIA e a criar açoes efetivas de dar um BASTA AOS HORRORES E DESPROPÒSITOS que estão ocorrendo ccc/ e na Floresta Amazônica. Todos os psrtidos políticos se fizeram representar, mesmo sento o ATO suprapartidário. Foi um momento de muito amor à pátria, parecíamos um só bloco, uma só voz. Muito bonito. Muitos apoios. Indios Pataxós,e o apoio da Massonaria,Figuras ilustres, juizes e intelectuais . Ricardo Maranhão comandou o EVENTO, que foi concluído c/ a figura belíssima de Maria Augusta Tibiriçá que convocou a todos p/ se reunirem em todas as segundas feiras da cada mês as 18 horas na ABI, no sétimo andar. Quando realizaremos trabalhos nesta meta. O Modecon é uma FORÇA e, unidos Venceremos.
Citar
0 #7 Alerta ParáLuiz Ricardo Vilemberg Machado 21-04-2008 11:54
Com intuito semelhante, foi lançado aqui no Pará um manifesto intitulado " Alerta Pará " que em como objetivo alertar toda a sociedade brasileira, em especial a da amazônida e em particular a Paraense, sobre as articulações que intereses iternacionais vem articulando para relativizar a soberania e a integridade do território brasileiro. Com argumentos falhos, agentes infiltrados tem impossibilitado o desenvolvimento regional, criando dificuldades intransponíveis ao empresariado local, impedindo que obras de infra extrutura sejam implementadas ou acabadas ( Belo monte, Eclusas da barragem de Tucuruí, Cuiabá-Santarém, etc...) condenando a população local a viver eternamente abandonada a própria sorte.
Temos de deixar bem claro para o resto do mundo de que " ESTA TERRA TEM DONO " é nossa, de todos os brasileiros e não apenas de uma pequena minoria "lesa patria " que esta moncomunada com nossos inimigos.
Citar
0 #6 AMAZONIAIgor Lodi Marchetti 09-04-2008 08:37
Como diria Cristovam Buarque, se a amazônia deve ser internacionalizada, os poços de petróleo no Oriente Médio e nos EUA também devem, ou seja, a AMAZONIA É NOSSA!
Até porque que país seria mais responsável para preservação da floresta, os EUA ?
Não me faça rir.
Quanto ao comentário de Arthur Dias concordo que a floresta já está sendo devastada pelos próprios brasileiros por meio das pribvatizações como a VALE, no entanto, não acho paranóia pensarmos no assunto, pois como já pudemos notar no Iraque, os estadunidenses não possuem muito rigor quando o quesito é respeito a soberania nacional dos outros.
Citar
0 #5 paranóiaArtur Dias 20-03-2008 08:07
Muito me admira que o site que prega a cidadania dê espaço a este velho e desgastado discurso, cujo argumento já foi contraditado à exaustão. A velha paranóia geopolítica, a ver invasores por todos os lados, quando os verdadeiros estupradores da amazônia são os próprios brasileiros, vindos do sul e sudeste, derrubar para plantar soja e criar gado.
Outra ameaça à região é a ignorância escancarada da sociedade a respeito da realidade amazônica, que deixa espaço para as mais ridículas teorias conspiratórias... ora, vão estudar!!! É o cúmulo que tenha gente acreditando nos boatos que inundam a internet! Como é que vamos avançar se as pessoas tomam como verdadeiras informações pobres, sem rigor de análise, que cheiram mais a trote de desocupados da web. Seu Ricardo, vá dizer para a Vale do Rio Doce não vender o mais rico minério de ferro prá China, ou que pelo menos pague aos paraenses pelo tesouro que tira deles todos os dias, dia e noite. A Vale já internacionalizou a Amazônia, com o silêncio conivente de pessoas como o senhor...
Citar
0 #4 ABI: \"A Amazônia é Nossa\"Maria Luiza Martins 17-03-2008 07:36
Quero estar presente ao ATO PÚBLICO na ABI no dia 28 de abril de 2008 a partir das 17 horas.PARA APOIAR esta empreitada e p/ testemunhar QUEM e COMO se procesará \"A AMAZÔNIA È NOSSA\". Parabens!
PERGUNTA: Preciso de um convite ou uma autorização p/ EU emeu filho GABRIEL MARTINS GOMES DA SILVA estarmos presentes?
Citar

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados