topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

AumentarDiminuirVoltar ao original
Fraternidade e Vida Imprimir E-mail
Escrito por João Baptista Herkenhoff   
Sexta, 07 de Março de 2008
Recomendar

 

 

A CNBB, com apoio de um elenco de Igrejas e de instituições da sociedade civil, desencadeia nesta Quaresma mais uma "Campanha da Fraternidade". Desta feita, o lema é este: "Escolhe, pois, a Vida".

 

A opção pelo tema favorece a celebração ecumênica, pois o culto à vida é um dos fundamentos da ética cristã e da ética de outras grandes árvores religiosas e filosóficas.

 

Trata-se não apenas do direito à vida, mas do direito à vida plena. Não somente nascer e viver, mas viver em plenitude com dignidade e esperança.

 

Direito não só à vida individual, mas à vida coletiva: direito dos povos e das diversas culturas à vida, respeito às minorias no interior da sociedade global.

 

A vida continua nas culturas que se preservam: culturas minoritárias e oprimidas como a dos povos indígenas, ou legado precioso e tantas vezes esquecido, como o da cultura negra.

 

Servimos à vida: quando contribuímos na construção de uma sociedade mais justa; quando defendemos o direito à vida nas mais diversas circunstâncias; quando proclamamos o valor de toda vida; quando advogamos o direito universal à vida, em contraposição à idéia de que esse direito seria restrito a alguns.

 

Vale a vida do que está prestes a se apagar. Vale infinitamente esse pouco de vida porque a vida vale infinitamente.

 

Vale a vida daquele que traz consigo um grande déficit físico ou mental porque o valor da vida não está na dotação, tão fugaz, com que sejamos aquinhoados pela natureza.

 

Vale a vida de quem, na aparência, não integraria a sinfonia do Cosmos, atingido por doença que estabeleça uma ruptura de comunicação com o mundo. Vale essa vida, como centelha de Deus, como desafio para que com ela nos encontremos, no mistério da comunicação que transpõe o intelectual e o sensorial.

 

Também defendemos a vida quando afirmamos o direito de todos os seres criados à vida, quando pugnamos na defesa do meio ambiente e de um mundo melhor para as gerações que virão.

 

A vida vale, onde quer que se manifeste.

 

Negam o direito à vida: a fome; as exclusões sociais; o armamentismo e a guerra; as políticas que não privilegiam o ser humano.

 

Porque a vida vale, e vale infinitamente, não podemos concordar com a fome, a miséria, as exclusões, os holocaustos nacionais ou raciais, a violência em todas as suas formas, a pena de morte.

 

Não apenas com os cristãos, ou com os demais crentes, mas com todos os homens e mulheres de boa vontade, tentemos identificar as negações de vida, na sociedade que aí está, refletindo no âmago da própria consciência e partilhando nossas preocupações com outros através do debate. Em sentido oposto a esse esforço de inventariar os pontos negativos, busquemos ver os caminhos que nos levem na direção de uma sociedade que valorize e resguarde a vida. Após esse debruçar sobre a realidade, o que nos cabe é agir em defesa da vida e da vida em abundância.

 

João Baptista Herkenhoff é livre-docente da Universidade Federal do Espírito Santo, professor do mestrado em Direito e escritor. E-mail: jbherkenhoff(0)uol.com.br

 

Recomendar
Última atualização em Segunda, 07 de Abril de 2008
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates