topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

De Bali a Frei Luiz Imprimir E-mail
Escrito por Roberto Malvezzi   
Qui, 13 de Dezembro de 2007
Recomendar

 

 

Já dizem que Bali será um fracasso, em que pese a boa vontade de tantos, como foi Kyoto. Não se poderia esperar nada do “capitalismo ecológico”. Essa história do “poluidor-pagador, usuário-pagador, crédito carbono, selos ecológicos” apenas transformou em negócios a tragédia ecológica do planeta. Ou se vai à raiz do modelo, ou o modelo nos elimina.

 

Vamos de Bali a Sobradinho, onde D. Luiz faz jejum e oração contra a transposição do São Francisco e a favor de alternativas que alcançam 44 milhões de nordestinos com água potável. É a mesma luta de quem não se conforma com a lógica predadora do modelo civilizatório, aqui revestido da velha indústria da seca, do atual hidronegócio, dos governos a serviço dos predadores.

 

A nova realidade do mundo exigiria cuidados minuciosos com a água e os solos. Dos 260 milhões de hectares irrigados no mundo, 80 milhões estão salinizados, particularmente nas regiões áridas e semi-áridas. Dos 11 projetos de irrigação analisados pelo Banco Mundial no Nordeste Brasileiro, sete são deficitários e muitos inviabilizados pela salinização. Hoje, a agricultura irrigada é responsável pelo consumo de 70% da água doce utilizada no mundo. Portanto, manejar a água nos dias de hoje é absolutamente diferente de 50 anos atrás quando Lula era menino, ou 150 anos atrás quando D. Pedro era imperador.  Entretanto, chamar as corporações técnicas, as empresas e os governos à luz da razão, pelo que parece, nem com greve de fome até à morte.

 

Nossa tendência é afirmar de forma conclusiva que o capital é predador e suicida. Pedro Casaldáliga, na sua imensa sabedoria, acha que a humanidade não é suicida, que “ela vai encontrar caminhos de sobrevivência”.

 

Hoje sequer falamos de pessoas. Já falamos na sobrevivência da espécie humana. Se a tragédia planetária for contada aos bilhões, não haverá problema, desde que a espécie sobreviva. A elite mundial acha que será a sobrevivente, com seus exércitos, sua tecnologia, sua ciência, seu poder. Os pobres serão expurgados. É bem provável que seja assim.

 

Entretanto, esses dias aqui com Frei Luiz, diante da serenidade dele, da manutenção da magnanimidade, da nobreza de seus gestos, sem vestígios de rancor, sem apequenar a alma, aprendemos que a história guarda segredos e que ninguém a controla. Os poderosos também se acabam. Quem não acredita em Deus terá seu acerto com Gaia. Gaia transforma todos em pó e os re-assimila em seu ventre fecundo. É ela quem nos comanda, não nós que a comandamos. A vitória final pertence à Gaia.

 

 

Roberto Malvezzi, o Gogó é coordenador da CPT.

Recomendar
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates