topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

AumentarDiminuirVoltar ao original
Capitalismo e socialismo Imprimir E-mail
Escrito por Wladimir Pomar   
Terça, 04 de Dezembro de 2007
Recomendar

 

 

No Brasil, parcelas da esquerda partem do pressuposto que as contradições de nossa sociedade são próprias da ordem capitalista. Não seriam derivadas de qualquer atraso ou gargalo de desenvolvimento nacional, produzido pela permanência de setores ou interesses pré-capitalistas. Daí concluem que isso tornaria evidente que estamos em uma etapa socialista da revolução.

 

Os defensores desse pressuposto dizem que a população brasileira não vive em função da soja, da celulose e da mineração, mas sim de seus pequenos negócios e da sua agricultura familiar, opostos ao capitalismo. E, supõe-se, precursores do socialismo.

 

Eles também sustentam que a energia do rio Madeira não interessa para a maior parte da população, que depende do mercado interno, dos serviços públicos, da capacitação tecnológica e do micro-crédito. Em outras palavras, mercado interno, serviços públicos, capacitação tecnológica e micro-crédito estariam em oposição aos setores agro-exportadores e às grandes empresas do capitalismo, e seriam partícipes da etapa socialista.

 

É interessante que não notem que esse tipo de discussão está colocado nos limites estritos da ordem capitalista. A luta, justa e necessária no atual contexto brasileiro, entre os pequenos negócios, a agricultura familiar e outros setores de pequenos proprietários, contra os grandes negócios, é eminentemente uma luta de pequenos capitalistas contra grandes capitalistas. É aquilo que no jargão político se chama luta democrático-burguesa.

 

Ao monopolizar o capital, as tecnologias, as rendas e as terras, triturando os pequenos (e também os médios) capitalistas, o grande capital introduziu brutais distorções no desenvolvimento das forças produtivas e nas relações de produção, repondo na ordem do dia problemas que pareciam superados por seu desenvolvimento. Portanto, recolocou na ordem do dia uma reivindicação histórica da sociedade brasileira, a da democratização da propriedade, urbana e rural, o que é importante para a luta socialista, mas não é socialismo.

 

Pretender que a sobrevivência e o desenvolvimento desse pequeno capitalismo, contra o grande capitalismo, represente a entrada na "etapa socialista" pressupõe não só dizer que o pequeno capitalismo sobreviverá no socialismo, mas principalmente que ele é o próprio socialismo. Não deixa de ser uma forma de evitar os temores dos pequenos capitalistas, escondendo que a ultrapassagem, ou a ruptura, com o capitalismo inclui a socialização de, pelo menos, uma parte substancial da propriedade privada dos meios de produção.

 

Seria melhor dizer francamente, para os pequenos capitalistas, que nas condições de oligopolização da sociedade brasileira, somente o socialismo tem condições de realizar a democratização da propriedade e garantir a sobrevivência, por um tempo razoável, dos pequenos capitalistas ao lado das formas socialistas de propriedade. Isso pode dar um nó na cabeça de muita gente, mas é muito mais educativo do que espalhar ilusões.

 

Wladimir Pomar é escritor e analista político.

Recomendar
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates