topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 1013 – 30/05/2016 a 05/06/2016
Arquivos do Correio
Sexta, 03 de Junho de 2016
Recomendar

 

 

“Os gastos sociais no Brasil ainda são acanhados”

Por Gabriel Brito, da Redação


alt

O governo em exercício de Michel Temer ainda tenta explicar seus planos para combater a recessão econômica e, em menos de um mês, parece com pouco fôlego pra levar adiante o pacote anunciado no momento de euforia. De toda forma, continuamos a testemunhar argumentações a respeito da inviabilidade das políticas sociais e seu financiamento público. Foi sobre esse “dilema” que conversamos com Ligia Bahia, médica e professora da UFRJ.

 


 

POLÍTICA

 

Luta contra a direita exige clareza da situação e do projeto

Por Hamílton Octávio de Souza

 

Não basta mudar governantes dos mais variados partidos se todos estão aprisionados ao modelo econômico dominante. A luta da esquerda, dos trabalhadores, da juventude e do povo brasileiro deve estar centrada além do “Fora Temer”, “Fora Dilma”, “Fora Lula”, “Fora Cunha”, “Fora Renan”, “Fora X”, “Fora Y”. A esquerda precisa ter projeto político para a transformação econômica e social do Brasil com objetivos inegociáveis.

 


 

As saídas, se existem, virão por baixo

Por Marcelo Castañeda

 

Com todas as dificuldades e passando junto com o “Fora Temer” (que para alguns é um “Volta Dilma”), diferentes frentes se apresentam, com destaque para os estudantes secundaristas que mantêm suas ocupações há mais de dois meses, em paralelo à greve dos profissionais de educação, prestes a completar três meses, numa combinação que acabou por deflagrar ocupações por outros estados, tais como Rio Grande do Sul, Paraná e Ceará.

 


 

Amnésia

Por Henrique Costa

 

Nas análises do PT surgem as “classes dominantes”, os “pactos pluriclassistas”, a “preponderância excessiva da ação institucional”, a “agenda do grande capital”, a burguesia. Tudo adornado por uma foto envelhecida da repressão militar. Há não muito tempo, quem falava nesses termos era taxado de portador daquela velha doença infantil do comunismo. Assim, nada como estar por baixo para resgatar velhas memórias, como um disco de vinil comprado em um brechó virtual.

 


 

Meu fio de esperança

Por Frei Betto

 

Não sei o que será do nosso Brasil. Sei apenas que fora dos movimentos sociais a nação não tem salvação. O PT tentou e se deu mal. Em uma sociedade tão dividida em classes sociais, só o vínculo orgânico com os pobres nos mantém com os pés no chão.

 


 

O PT, o impeachment e a previdência

Por Ronald Barata

 

Os governos do PT não acrescentaram nenhuma conquista, nenhum novo direito aos trabalhadores. Ao contrário, Lula fez a reforma previdenciária no serviço público federal nos moldes da de FHC no INSS e acrescentou perdas aos pensionistas. Não considerou várias lições históricas.

 


 

SOCIAL

 

Em defesa do SUS: contra “um golpe dentro do golpe”

Por Frei Marcos Sassatelli

 

Ministro Ricardo Barros, o atendimento na saúde pública já é muito bem “patrocinado” pelos trabalhadores e trabalhadoras. Não é um presente do Estado. Quem sonega impostos não são eles.

 


 

Enfrentar a ofensiva fascista contra os jovens lutadores do povo pobre

Por Lúcio Flávio Rodrigues de Almeira

 

Nestas poucas semanas que valem por décadas, ações inimagináveis ou, quando imagináveis, condenáveis, assumem centralidade, desafiam o possível, criam precedentes, tornam-se objeto de grande admiração popular e também de intenso ódio dos conservadores. Destaco quatro lutas desprovidas, em maior ou menor grau, de precedentes na história brasileira.

 


 

ECONOMIA

 

A regra fiscal de Temer-Meirelles: um ataque aos direitos sociais

Por Pedro Paulo Zahluth Bastos e Guilherme Santos Mello

 

Se não tiver truques contábeis e for implementado antes da recuperação firme da economia, o programa de cortes presente na regra fiscal proposta vai manter a economia na lona e derrubar ainda mais a arrecadação tributária. Se, por outro lado, for realizado depois de sua recuperação, não é baixa a probabilidade de que, dada a magnitude dos cortes previstos, joguem de novo a economia na lona.

 


 

Busca de nexo político

Por Paulo Metri

 

Quais são as forças políticas internas e externas que querem o impeachment e com quais intuitos? Supondo que o governo Dilma seja extinto, qual será a missão do Temer, depois de abocanhar o poder?

 


 

INTERNACIONAL

 

Todo direito é um golpe

Por Alysson Leandro Mascaro

 

A reprodução do capitalismo na América Latina contemporânea se faz na marcha de golpes que não se deixam chamar como tais, com constituição de entendimentos ideológicos a partir de meios de comunicação de massa e com poderes judiciários aderentes ao capital que veem a lei como expressão de seu horizonte de mundo. O golpe está no mundo jurídico porque dentro, nas margens ou fora da lei, se fala direito.

 


 

Brasil-Estados Unidos – Lula no final, Obama no início

Por Virgílio Arraes

 

Sete anos mais tarde, democratas e castristas avizinham-se enquanto chavistas estertoram com a segunda queda do preço do petróleo. Quanto ao Brasil, resta, na melhor das hipóteses, a amarga indefinição dos trabalhistas.

 


 

A lição dos trabalhadores franceses: voltemos às barricadas!

Por Milton Pinheiro

 

A ação dos trabalhadores franceses e suas organizações de classe impediram que os grandes panfletos da burguesia francesa, que não respeitam o direito à informação pública, fossem impressos e chegassem às bancas. O bloco de lutas promete novas ações para impedir o êxito da reforma trabalhista anunciada, que mais uma vez atinge a jornada de trabalho com a possibilidade de aumento de 48 até 60 horas.

 


 

Paradoxos da política peruana

Por Fabio Luis Barbosa dos Santos

 

Os paradoxos da política peruana contemporânea, onde governos eleitos como oposição praticam a continuidade; nenhum presidente elegeu seu sucessor, apesar do crescimento econômico; o protesto popular breca projetos extrativistas, mas sem derivar em uma alternativa nacional; expressam, em um contexto particularmente adverso, os impasses América Latina contemporânea.

 


 

Bernie Sanders ainda pode vencer

Por Luiz Eça

 

Os números não mentem. Se, de acordo com as pesquisas, mesmo com seu apoio a vitória de Hillary será problemática, sem ele as chances democratas se reduzirão ainda mais. Uma possível rejeição das ideias de Sanders pela Convenção democrata será o pior cenário para a sra. Clinton. O candidato socialista se verá obrigado a sair da campanha e poderá até mesmo candidatar-se pelo Partido Verde.

 


 

MEIO AMBIENTE

O pai de todas as crises

Por Danio Pretti di Giorgi

 

Em um planeta tremendo com tantas e tão instigantes polêmicas que movimentam mares e terras, existe um mar de tranquilidade, um tema com o qual todos concordam. Não tem questionamento ali. O espantoso é que não estamos caminhando para a solução do problema, mesmo que todos concordem que é um problema e deve ser solucionado. Pior: ele só vem se aprofundando.

 


 

Recomendar
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates