topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

AumentarDiminuirVoltar ao original
Governo bicéfalo Imprimir E-mail
Escrito por Frei Betto   
Qui, 17 de Março de 2016
Recomendar

 

 

 

Temos agora um governo bicéfalo. A presidente Dilma, indicada por Lula, indica Lula para ocupar a Casa Civil e, assim, dividir com ela o governo do Brasil.

 

Lula e Dilma são atores políticos com estilos diferentes. Ela anda em linha reta, apressada. Ele, em curvas, cauteloso. Ele prefere negociar. Ela, que cumpram suas ordens. Ele encara a mesma proposta por diferentes óticas. Ela se apega à própria. Ele adora o cheiro de povo. Ela, mantém certa distância...

 

Temo que a canção do Ultraje a Rigor, “O monstro de duas cabeças”, se reflita na nova conjuntura. Diz a letra: “Tem uma que manda / outra obedece”.

 

Quem dará as cartas se, a respeito dos rumos do governo, Dilma e Lula têm propostas diferentes? Dilma insiste no ajuste fiscal dentro do figurino neoliberal de penalizar sobretudo os mais pobres, incluída a reforma da Previdência.

 

Lula prefere atenuar a posologia das medidas econômicas e, quem sabe, lançar mão das reservas cambiais para estimular o consumo interno e, assim, reativar a produção.

 

E se acontecer uma discordância intransponível entre os dois?

 

Eleito Lula para o primeiro mandato presidencial, um bispo insistia em ser nomeado ministro. Lula me disse: “Eu poderia nomeá-lo. Mas não demiti-lo. Demitir um bispo é criar problemas com a Igreja.”

 

“Se pelo menos elas duas concordassem”, canta o Ultraje a Rigor. Tomara que sim. Caso contrário, haverá um inusitado impasse: Dilma demitir Lula, desabrigá-lo do foro privilegiado e entregar-lhe um atestado de incompetência. Ou convencê-lo a renunciar e, portanto, levá-lo a admitir sua antinomia com os rumos que ela imprime ao governo.

 

A terceira opção não cabe em nossa Constituição: Dilma renuncia e Lula assume, de direito, o que, a partir de hoje, tentará fazer de fato.

 

 

Frei Betto é escritor, autor de “Minas do ouro” (Rocco), entre outros livros.

 

Recomendar
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates