topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 996 – 01/02/2016 a 07/02/2016
Arquivos do Correio
Qui, 11 de Fevereiro de 2016
Recomendar

 

 

Nova velha fórmula: qual o trajeto?

Por Raphael Sanz, da Redação

 

alt

A comunicação do trajeto é um mero subterfúgio. Esse comando claramente visa colocar a população contra a manifestação, numa atuação semipolitizada da polícia. Por outro lado, um grande setor da esquerda insiste em não compreender o MPL – e o novo movimento social. Mas, como dito por Lucio Gregori, a pauta do passe livre já conquistou seu lugar e conta com o apoio dos trabalhadores, que cada vez mais se dão conta de que de trinta em trinta centavos são eles mesmos quem sustentam mais este cartel empresarial, cujos lucros não sofrem variação negativa nem em tempos de crise.

 


 

 

Até quando a esquerda vai pagar por erros do lulismo?

Por Hamíltom Octávio de Souza

 

alt

A esquerda brasileira só conseguirá ressurgir com força e credibilidade social, com programas de transformação, com respaldo dos trabalhadores, quando os fantasmas do lulismo estiverem exorcizados, quando tivermos encerrado esse período de desagregação da nossa história política. Precisamos ter claro que em nome das forças progressistas e das esquerdas o lulismo e o petismo cometeram as maiores barbaridades, desde a política de alianças contrária ao programa partidário, o apoio ao projeto neoliberal, até o uso de métodos imorais historicamente execráveis pelas esquerdas.

 


 

POLÍTICA

 

2016: a agonia do modelo e suas consequências

Por Fernando Silva

 

A resposta do governo Dilma não será nenhuma virada na política econômica, entre outras razões porque para continuar a esvaziar o impeachment a lógica é de mais concessões ao grande capital. Que ninguém se iluda com medidas ultrapontuais, como a não elevação da taxa de juros na última reunião do BC. Nem precisa, pois os patamares de arrocho já são altíssimos e contribuíram para os mais de 500 bilhões de reais acrescidos na dívida pública em 2015. Onde se verifica nitidamente o aprofundamento do ajuste é a retomada com força da reforma previdenciária.

 


 

Uma experiência de micropolítica territorial afetiva: o Círculo de Cidadania do Bairro de Fátima e Vizinhanças

Por Marcelo Castañeda

 

Começou em março de 2015. No início era um vazio enorme decorrente da crise de representação e ausência de alternativas institucionais que tiveram nas eleições presidenciais de 2014 seu ápice. Não sabíamos o que aconteceria, mas tínhamos um ponto claro: queríamos realizar ações locais com as pessoas que moram e gostam do bairro a fim de promover cidadania, uma ideia bem vasta. A questão do engajamento é crucial para qualquer ação que se realiza atualmente. Para este ano de 2016, chegamos à conclusão de que precisamos ir além da realização de eventos.

 


 

A alma de Lula

Por Ouriques

 

Na PF, Lula negou qualquer relação com o empresário e menos ainda com qualquer de suas empresas. Creio que neste caso Lula diz a verdade. Afinal, qual o poder de um reles lobista diante de um sujeito que traz as multinacionais na alma?

 


 

Frades dominicanos na América Latina e os 800 anos da ordem

Por Frei Betto

 

Com a ditadura militar e o agravamento das condições sociais do povo brasileiro, somados à renovação da Igreja Católica suscitada pelo Concílio Vaticano II, os dominicanos assumiram, como prioridade missionária, a defesa dos direitos dos mais pobres e a conquista da liberdade democrática.

 


 

BRASIL NAS RUAS

 

Uma nova São Paulo surge

Por Rafael Castilho

 

Para nós, paulistanos, a rua era o espaço de trânsito que separa dois espaços privados. Os espaços privados são onde as pessoas de bem costumam ficar. Isso ainda persiste, mas está mudando. O carnaval de rua em Sampa é um belo exemplo. Pra essa galera que chega, São Paulo não deve continuar sendo a "Cidade do Progresso". Obcecada pelo trabalho, careta, reaça, carrancuda. As pessoas querem agora a cidade do bem estar social.

 


 

SOCIAL

 

Declaração conjunta dos Prefeitos e do Papa (2)

Por Frei Marcos Sassatelli

 

Escravidão moderna e mudanças climáticas: o compromisso das cidades e de seus prefeitos.

 


 

O Brasil sem fome

Por Osvaldo Russo

 

Embora reconheça a importância do agronegócio e das commodities na balança comercial, mas a um alto custo socioambiental pelo uso intensivo de agrotóxicos e fertilizantes químicos, o melhor negócio para o Brasil e a alimentação saudável dos brasileiros é a agricultura familiar e camponesa.

 


 

Fórum Social Temático de Porto Alegre de 2016: uma avaliação possível

Por Chico Whitaker

 

Terminado o Fórum Social Temático (FST) de 2016 em Porto Alegre, entramos na temporada das avaliações, cada uma necessariamente marcada pelas preocupações de quem as faça e pelo modo e o lugar de sua participação no evento. Estamos apostando no sucesso do próximo Fórum Social Mundial em Montreal, Canadá – o primeiro a se realizar no Hemisfério Norte - e estava em Porto Alegre toda uma delegação de seu coletivo facilitador. Esperemos que a falta do balanço não a impeça de ver os erros a evitar e de avançar a partir dos acertos.

 


 

ECONOMIA

 

O preço do petróleo e o sinal dos tempos

Por Felipe Coutinho

 

Estamos diante de problemas sistêmicos e globais, mas sentimos seus reflexos localmente. As consequências podem ser agravadas, ou mitigadas, por conta de decisões políticas tomadas em nível nacional. É necessário garantir a propriedade do petróleo brasileiro e ficar com seu valor de uso. Agregar valor ao petróleo, na produção de derivados, petroquímicos e fertilizantes. Distribuir a riqueza, atender as necessidades dos brasileiros e erguer a infraestrutura para a produção das energias renováveis.

 


 

Há como evitar o caos?

Por Adriano Benayon

 

Mas, e a verdadeira solução? Delfim Netto não a pode apontar. Membro de escol da pseudoelite, ele julga impensável alijar-se da “comunidade financeira internacional”, abrir mão dos ganhos fabulosos das aplicações financeiras, e aprova a globalização do sistema de poder mundial, deixando a economia produtiva sob o comando dos carteis transnacionais. Teorias sofisticadas, voltadas para conservar o império da oligarquia concentradora, como o keynesianismo, embora rotulado como progressista, são uma espécie de ópio de economistas, inclusive ditos de esquerda.

 


 

INTERNACIONAL

 

Brasil-Estados Unidos: a balança inicial desfavorável na primeira gestão Dilma

Por Virgílio Arraes

 

Rousseff herdou do relacionamento comercial entre os dois um fardo: um biênio de déficit. Isto encerraria o período positivo dos anos 2000. Até o momento, apesar do baque econômico brasileiro, o que deveria desestimular as importações, o saldo continua bastante inclinado a favor dos norte-americanos.

 


 

A paz sofre sanções dos Estados Unidos

Por Luiz Eça

Já se ouviam os acordes finais anunciando o happy end do conflito nuclear iraniano. A Associação Internacional de Energia Atômica (AIEA) atestara que o Irã cumprira todas as suas obrigações com o acordo de paz. As “sanções para agradar amigos externos e inimigos internos” podem levar Khamenei a radicalizar o seu pragmatismo conservador. Eleito um parlamento majoritariamente conservador, o projeto liberal-reformista iria para o espaço. E assim também as esperanças de uma paz estável no Oriente Médio.

 


Recomendar
Última atualização em Qui, 11 de Fevereiro de 2016
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates