topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Aug   September 2016   Oct
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
252627282930 
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

AumentarDiminuirVoltar ao original
O Estado Vingativo Democrático de Direita Imprimir E-mail
Escrito por Helena Silvestre   
Segunda, 17 de Agosto de 2015
Recomendar

 

 

Ou: “As Polícias Militares Brasileiras Informam: Sim, existe pena de morte no Brasil!”

 

Acontece, no entanto, que a pena de morte brasileira é aplicada sem investigação, sem julgamento, sem direito à defesa. Quem realiza a acusação é o mesmo que julga e executa a sentença: são as polícias militares de todos os estados de nosso país.

 

Essa aberração do nosso chamado “Estado democrático de direito” se realiza nos territórios pobres, contra os pobres e com especial opressão ao povo negro e não branco de nossa população.


Os governos parecem tratar com naturalidade a violência que assola a possibilidade da paz para milhões de trabalhadores e trabalhadoras que, entre o som dos tiroteios e o barulho do despertador que os acorda para a labuta, equilibram a vida por entre as balas (diga-se de passagem que TODAS elas chegam às mãos que chegam através das polícias e das forças armadas que dizem combater os traficantes que eles mesmos seguem armando).

 

Semanas atrás, um sargento foi assassinado no estado do Amazonas. Resultado: seis pessoas presas como suspeitas e 48 pessoas assassinadas em ações que – segundo as investigações – podem ser atos de revanche da polícia de lá.

 

Semanas atrás, dois policiais foram mortos na cidade de Osasco (região metropolitana de São Paulo). Resultado: nesta madrugada, 19 pessoas foram assassinadas em ações que – segundo o secretário de Segurança Pública do estado de São Paulo – podem ser atos de revanche da polícia daqui.

 

Parece-me um tanto quanto absurdo que a palavra “revanche” seja tão “naturalmente” associada a um grupo militar que representa o estado onde quer que esteja. Nosso Estado seria então um Estado

Revanchista? Seria um Estado Vingativo?

 

Como é possível que o debate da redução da maioridade penal seja apressado em nome de uma falsa “busca por punição” (quando na realidade apenas 0,01% dos crimes violentos tem a participação de jovens com menos de 18 anos) enquanto o debate sobre a desmilitarização das polícias continua engavetado?

 

Um debate tão morto quanto todos aqueles e aquelas que morrem todos os dias em algum lugar do Brasil atingidos pela munição pesada do nosso Estado Vingativo Democrático de Direita.

 

Nossas condolências a todos os familiares que perderam seus entes queridos.

 

 

Leia também:


‘O Brasil objetiva a gestão penal e militarizada da miséria’


A fórmula mágica da paz social se esgotou

 

Fetos delinquentes e estelionatos científicos

 

Redução da maioridade penal: “A lógica do Estado Penal é encarcerar e explorar mão de obra”

 

‘Temos a necessidade de criar redes de proteção aos jovens’

 

‘O caso Rafael Braga revela de forma patente a seletividade do sistema penal’

 

‘Os poderes jurídicos brasileiros não dão relevância à vida do negro’

 

 

 

Helena Silvestre é ativista do Luta Popular.

Recomendar
Última atualização em Terça, 25 de Agosto de 2015
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates