Entenda por que os Estados Unidos foram responsáveis pela prisão de dirigentes da FIFA

 

 

O FBI comandou uma operação surpresa na Suíça na manhã da quarta-feira, 27, em Zurique, com mandados de prisão para 14 dirigentes da Fifa, entre eles José Maria Marin, ex-presidente da CBF. Não se trata só de uma operação isolada. A ação é resultado de uma investigação permitida pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos e executado pelo FBI. Só que é mais do que isso.

 

Mas por que a agência norte-americana comandou a operação? Bom, a explicação é razoavelmente simples e tem a ver com o modus operandi dos Estados Unidos e com uma seriedade que as acusações da Fifa nunca foram levadas até então. A entidade que comanda o futebol já enfrentou muitas acusações de corrupção, mas nunca em um tribunal dos Estados Unidos.

 

A escolha da sede da Copa de 2022

Tudo começou por causa do Catar. Os EUA eram fortes candidatos a receberem a Copa de 2022 e a derrota nebulosa acabou levantando suspeitas de corrupção e, assim, envolveram as autoridades estadunidenses.

 

Leia a íntegra da matéria aqui

Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.

Relacionados