topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Aug   September 2016   Oct
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
252627282930 
Julianna Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Liquidez, Liquidificador, Liquidação Imprimir E-mail
Escrito por Daniel Chutorianscy   
Segunda, 27 de Abril de 2015
Recomendar

 

 

Aparentemente o que teria uma coisa a ver com outra? Liquidez, liquidificador, liquidação? E se sua combinação fosse um ritmo musical, ou parte de uma poesia, ou uma brincadeira de crianças? Que bom se assim fosse...

 

LIQUIDEZ: As nossas relações interpessoais vão se tornando cada vez mais rápidas, voláteis, fluidas, pelo pouco tempo de que dispomos para o outro, velocidade de resolução urgentíssima com comunicações informatizadas, com muitos “abs”, “bjs” e “kkkk”. Uma visão utilitarista. O tempo é tudo: tempo para “não ficar para trás”, tempo para competir, tempo para não se deixar marginalizar. Uma competição sem fim para não “ficar de fora e perder espaço. Esqueça o outro, trabalhe somente para o seu Deus de Consumo. Deus individualista, santificação do imediatismo.

 

Essa liquidez dos nossos relacionamentos pessoais certamente foi fruto da ascensão desmedida do capitalismo, que desmanchou as regras de gestões pessoais, impondo uma “lei do eu sou mais eu”, uma ditadura da “lei do mais forte”. Ter bens materiais passou a ser tudo, ter bens tornou-se sinônimo de ser “vencedor”. Esqueça-se do resto, uma escravização crescente sob o ponto de vista pessoal, com juros, e muitos, e correções monetárias sempre crescentes. É a vitória do ter sobre o ser. Nessa lobotomia, o senhor humano vai deixando de ser criativo, original, vai ficando cada vez mais igual, indiferenciado, egoísta, vai se tornando um padrão a sua depressão ou paranoia, com a  repetição de verdades prontas. Perguntamos: quem cria essas verdades? A maior conquista do ser humano é o pensar.

 

Essa liquidez das relações humanas, a alienação patrocinada, é o grande prêmio para o modelo capitalista que necessita sermos os “cordeirinhos de um grande rebanho”, para que o “mercado do grande lucro” seja pródigo, super-hiper-faturador, e, para isso, necessita da “estupidificação” de todos, da “idiotização” generalizada.

 

Liquidez: sinônimo de estupidez.

 

LIQUIDIFICADOR: Aquele aparelho que transforma tudo em uma sopa ou em uma geleia. O capitalismo desconectou as regras, desregulamentou intencionalmente a economia, mas sempre a seu favor. Usou o poder de todo tipo para manter os seus privilégios, as suas elites protegidas com armas, com a sua mídia, com suas leis constantemente a seu lado. Desqualifica sempre que necessário. O “liquidificador” tornou-se uma ditadura cruel que causa dor, tortura, morte, fome, orfandade, doenças, envenenamento, expulsões sem a menor culpa. E o maior crime de todos: a guerra. Dizem sempre: “trazemos o progresso e a ordem...”. O progresso e a ordem é compartilhar os mesmos direitos, e não essa máquina de triturar, despedaçar, esquizofrenizar. Ou o liquidificador acaba com o planeta, ou o planeta acaba com o liquidificador.

 

Liquidificador: sinônimo de dor.

 

LIQUIDAÇÃO: O modelo capitalista coloca em risco a liquidação de toda a humanidade, com sua voracidade e fome de lucros, coloca todo o pensamento humano - artes, ciências, filosofias, religiões, culturas – em perigo, desqualificando suas conquistas. Usa a ciência para conquistar e aprisionar. Sua arte e religião é o lucro a qualquer preço. Sua filosofia, a perversidade. É uma liquidação a preços baixíssimos, tipo “fim de estação”, transformando o ser humano de “homo sapiens” em “homo pré-sapiens” com seu modelo liquidatorial (mistura de liquidação com ditatorial). Enfim, avoluma-se uma grande barbárie.

 

Liquidação: sinônimo de destruição

Na verdade, gostaríamos que o significado de liquidez, liquidificador, liquidação fosse apenas um ritmo musical, uma parte de uma poesia, ou uma brincadeira de crianças. Que bom se assim fosse... Mas, nenhuma combinação é eterna: transformemos liquidação em RE-VOLUÇÃO, cujo significado é tornar a evoluir para a Justiça, a Paz, a Saúde, e a Educação.

Humanidade: sinônimo de dignidade

 

 

Daniel Chutorianscy é medico.

E-mail: trenzinhocaipira(0)vnet.com.br">trenzinhocaipira(0)vnet.com.br

Recomendar
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates