topleft
topright
ISSN 1983-697X

Boletim Diário

Email:
Para assinar o boletim de
notícias preencha o
formulário abaixo:
Nome:

Brasil nas Ruas

Confira os artigos sobre manifestações e movimentos sociais no Brasil.

Arquivo - Artigos

Áudios

Correio da Cidadania, rádio Central 3 e Revista Vaidapé fazem “debate autônomo” sobre as eleições  

Leia mais...
Image

Plinio de Arruda

MEMÓRIA

Confira os textos em homenagem a Plinio


Leia Mais

Plinio em Imagens



Confira a vida de Plínio


Charge


Imagem




Artigos por data

 Nov   December 2016   Jan
SMTWTFS
   1  2  3
  4  5  6  7  8  910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Julianna Walker Willis Technology

Links RSS

Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania Correio da Cidadania

Áudios - Arquivo

Edição 926 - 08/09/2014 a 14/09/2014
Arquivos do Correio
Segunda, 15 de Setembro de 2014
Recomendar

 

 

‘Brasil precisa de reforma política que proíba financiamento de pessoas jurídicas’

Valéria Nader e Gabriel Brito, da Redação

 

alt

 

Apesar de admitir o forte impacto da ascensão de Marina, Eduardo Suplicy, em entrevista ao Correio da Cidadania, crê ser provável a vitória de Dilma, além de mencionar que o governo precisa ampliar o Bolsa Família para outras 5 milhões de famílias. Com isso, poderia lançar a transição para a Renda Básica da Cidadania, programa há anos defendido pelo senador. Suplicy enfatiza também que “enquanto nós não tivermos o financiamento público de campanha, os diversos partidos políticos continuarão solicitando contribuições de empresas, tanto do setor financeiro como outras”.

 


 

Direitos Sociais têm lugar subalterno na ‘economia política’ da sucessão presidencial

Guilherme C. Delgado

 

alt

 

Saúde, Educação, Previdência Social, Assistência Social, Reforma Agrária etc., enquanto direitos sociais onerosos ao Estado ou regulamentáveis pela aplicação dos critérios constitucionais, têm lugar subalterno na economia política da sucessão. E as condicionalidades do Estado democrático para a posse e propriedade de recursos naturais, que são mandamento constitucional, somem nos programas dos candidatos, até mesmo no da ambientalista Marina.

 


 

POLÍTICA

 

Vote nulo no segundo turno

Otto Filgueiras

 

Uns, outros e alguns mais aceitam de bom grado o financiamento de suas campanhas por grandes empreiteiras corruptoras. Por isso continuo dizendo aos amigos e amigas que pensam em votar na Dilma no segundo turno para não se iludirem e votarem nulo. É tudo farinha podre do mesmo saco. Essa gente encara “programas”, “plataformas” e “intenções” porque disputa o poder para representar grandes interesses.

 


 

Indispensável discernimento

Dom Demétrio Valentini

 

Um fato que preocupa, com evidência, são as enormes somas de recursos financeiros das campanhas. Esta grande soma se constitui no ingrediente mais comprometedor do nosso sistema político. São eleitos os que têm muito dinheiro.

 


 

O estranho sumiço do saneamento básico no debate eleitoral

Afonso Capelas Jr.

 

“Ranking de Saneamento 2014″ revela: país ainda despeja nos rios quase todo esgoto coletado e quase não debate necessidade de superar tal drama

 


 

13 razões para reeleger Dilma

Frei Betto

 

Votarei por um Brasil melhor, mesmo sabendo que o atual governo é contraditório e incapaz de promover reformas de estruturas e punir os responsáveis pelos crimes da ditadura militar. Porém, temo o retrocesso e, na atual conjuntura, não troco o conhecido pelo desconhecido.

 


 

Aos Marineiros de primeira viagem

Rodolfo Salm

 

Se vocês pensam que a Marina coloca a floresta e os rios em primeiro lugar, não se enganem: o que ela prioriza sempre são suas pretensões políticas. Quem acompanhou sua trajetória no Ministério do Meio Ambiente sabe que ela usa o ambientalismo como bandeira, mas, na hora que a coisa aperta, relativiza tudo em nome de seus projetos políticos. Muitos já devem estar se perguntando por que pretendo votar em Marina. Porque, se por um lado ela já mostrou que cede às pressões, de outro, a presidente Dilma é a própria pressão, por Belo Monte, todas as hidrelétricas da Amazônia, a pavimentação de todas as estradas.

 


 

Desafiando a hegemonia

Ruy Braga


A aproximação entre a juventude trabalhadora e a candidata ambientalista manifesta eleitoralmente um desejo progressista de mudança social. Trata-se de uma ilusão, pois, certamente, Marina faria um governo mais neoliberal do que Dilma. No entanto, o desejo é legítimo e merece respeito.

 


 

O voto ingênuo

Frei Betto

 

Se você é, como eu, apenas eleitor, saiba que escolher o partido é mais importante que escolher o candidato. Votar de olho somente no candidato pode resultar, caso ele não seja eleito, na eleição de outro candidato do partido.

 


 

Mais coisas da vida: o empenho antiprodutivista

Wladimir Pomar

 

A rápida metamorfose do marinato para o radicalismo neoliberal somente na aparência está em contradição com as correntes ecologistas que a apoiam e defendem o desencadeamento de “processos que nos livrem do desenvolvimento capitalista industrial, produtivista e consumista”.

 


 

Reforma Política: tática oportunista para as eleições e diversionista para as lutas de massa

Ivan Pinheiro

 

Fingindo desconhecer que este governo não sobrevive sem o PMDB, que tem a chave da agenda legislativa brasileira, os reformistas levantam agora, como a salvação da pátria, a bandeira da convocação de um plebiscito para uma constituinte.

 


 

SOCIAL

 

Incêndio na Favela do Piolho: ‘os policiais impediram os bombeiros de apagar o fogo’

Gabriel Brito e Paulo Silva Junior, da Redação

 

“Dessa vez, antes de o incêndio (em 07/09) começar já tinha policiais na favela. Quando começou o fogo e os bombeiros chegaram, os próprios policiais os impediram de entrar e apagar. Depois, espalharam boatos de que os moradores receberam os bombeiros com pedras e não os deixaram passar. É pura mentira, pode perguntar pra qualquer um aqui como esse fato não é real, não aconteceu”. Foi com essa dura denúncia que começou a entrevista do Correio com uma moradora da favela do Piolho.

 


 

Em defesa da USP: repasses financeiros do estado

Docentes mobilizados do Instituto de Biociências

 

A origem da atual crise financeira da USP estaria, ao menos em parte, nos repasses do governo do estado de São Paulo. Neste contexto, surpreendem as atuais soluções apresentadas pela Reitoria da USP.s".

 


 

INTERNACIONAL


IS: uma variante fundamentalista fora de controle ou um elemento da estratégia do Ocidente no Oriente Médio?

Achille Lollo, de Roma para o Correio da Cidadania

 

Resulta evidente que a guerra civil na Síria, a evolução do IS e a legitimação dos curdos são um jogo de cartas marcadas, do momento que os principais produtores e exportadores de petróleo e de gás do Golfo (Arábia Saudita, Kuwait, Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Catar) são também os principais financiadores dos grupos terroristas e, ao mesmo tempo, os principais aliados dos EUA, da Grã Bretanha e de Israel no Oriente Médio. Sem esquecer que são também os fieis parceiros das transnacionais petrolíferas.

 


 

Dilma e o ingresso no Conselho de Segurança da ONU

Virgílio Arraes

 

Não se negaria a imperatividade da reconfiguração do organismo, haja vista a composição de equilíbrio de poder ser sempre conjuntural, mas isto não implicaria a participação fixa do Brasil. A razão seria a insuficiência de predicados essencialmente militares e econômicos. Mesmo assim, isto não desestimulou o governo a desistir da questão ou suspender temporariamente o desejo.

 


 

Lenin e o revisionismo

Miguel Urbano Rodrigues

 

“Uma epidemia de oportunismo instalou-se no movimento comunista internacional. Uma das suas manifestações é a crítica - ostensiva ou indireta - a Partidos que, na fidelidade aos princípios, continuam a assumir-se como marxistas-leninistas. São visados entre outros o Partido Comunista da Grecia (KKE), o Partido Comunista do México (PCM), e o Partido Comunista Brasileiro (PCB)”.

 


 

‘Entendo que os EUA se preparam para retomar a ALCA caso Marina ganhe’

Darío Pignotti, Carta Maior

 

"Se Marina for eleita, será a vitória de um modelo diplomático similar ao que tivemos nos anos 90”, declarou o embaixador Samuel Pinheiro Guimarães, ex-secretário-geral do Itamaraty no governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

 


 

ECONOMIA

 

A Petrobras, o setor de petróleo e a eleição

Paulo Metri

 

Candidatos a presidente da direita, com apoio da grande mídia, usam os possíveis maus feitos na Petrobras para crescerem perante o eleitorado, recriminando a presidente que tenta a reeleição. Os efeitos colaterais deste ardil eleitoral são a sociedade acreditar que empresa estatal é o mesmo que um antro de corrupção e facilitar a compra de nossas estatais pelo capital externo. A grande mídia, tão preocupada em mostrar quem lesa o erário, deveria mostrar a lista dos devedores de tributos ao Estado feita pela Receita Federal. São basicamente empresas privadas e, inclusive, algumas são da própria mídia.

 


 

MEIO AMBIENTE

 

São Pedro mora na floresta

Danilo Di Giorgi

 

Desmatamento na Amazônia tem relação direta com falta d'água em São Paulo, mas quase ninguém toca neste assunto. A Amazônia vem perdendo sua cobertura vegetal ao longo dos séculos XX e XXI, e o processo vem se acelerando nas últimas décadas. Calcula-se que o equivalente a 90 milhões de campos de futebol de floresta já foram perdidos para as represas de hidrelétricas, motosserras e queimadas. Com essa eficiente máquina de destruição, o que mais esperar senão problemas de falta de chuvas cada vez mais graves, uma vez que as chuvas dependem da floresta preservada?

 


 

ORDEM NA MÍDIA

 

A Veja e o grupo Naspers

Roberto Malvezzi (Gogó)

 

Embora fartamente divulgado, é necessário sempre recordar que um dos proprietários da revista é esse conglomerado de mídia com origem na África do Sul, criado para defender os interesses dos “africaners” (brancos do país).

 


Recomendar
Última atualização em Terça, 16 de Setembro de 2014
 

A publicação deste texto é livre, desde que citada a fonte e o endereço eletrônico da página do Correio da Cidadania




Para ajudar o Correio da Cidadania e a construção da mídia independente, você pode contribuir clicando abaixo.


Vídeos

Índios Munduruku: Tecendo a Resistência

Imagem

Documentário sobre as resistências indígenas às hidrelétricas do Tapajós
Leia mais...

A Ordem na Mídia

Eugênio Bucci: “precisamos de um marco regulatório democrático na comunicação”


Há uma falência nos modelos de negócios refletida nas relações trabalhistas, na concentração de propriedade, formação de monopólios e oligopólios e no aparelhamento por parte de igrejas e partidos. Entrevistamos Eugênio Bucci, jornalista e professor da ECA-USP, que afirmou a necessidade de um marco regulatório democrático para fortalecer a democracia no Brasil.
Leia mais...


Brasil_de_fato
Adital
Image
Image
Banner_observatorio
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Diario Liberdade

Espaço Cult

Image
Image
Revista Forum
Joomla Templates by JoomlaShack Joomla Templates