Correio da Cidadania

“A finalidade é eliminar o direito de o povo brasileiro escolher livremente seu presidente”

Gabriel Brito, da Redação
0
0
0
s2sdefault

Depois do torpor da prisão de Lula, com toda a comoção que a prisão de um ex-presidente pode causar, ao passo que outras grandes referências da política continuam tendo seus nomes atrelados à corrupção, nada parece certo no próximo período. Pra comentar o dificílimo momento, entrevistamos o sociólogo Ruy Braga, que analisou um hibridismo entre democracia formal e autoritarismo crescente do Estado brasileiro como fórmula de garantia da reprodução dos interesses hegemônicos num país afundado nas crises política e econômica, na violência e no desemprego.

Nesta Edição

Nicarágua: explicação a partir de um enfoque crítico alternativo

Tomas Andino Mencia
0
0
0
s2sdefault

Existem as explicações dos militantes do capital e as do governo. Aqui, descartamos ambas.

O que vale para uns, não vale para outros

Luiz Eça
0
0
0
s2sdefault

Postura ocidental frente aos casos da Crimeia e Golã reitera sua hipocrisia.

As chances de Bolsonaro

Rafael Castilho
0
0
0
s2sdefault

O Brasil até que está prontinho para eleger o Bolsonaro, o problema é o próprio Bolsonaro.

Paul Singer, uma entrevista

Revista Margem Esquerda
0
0
0
s2sdefault

Na esteira de homenagens a Singer (1932- 2018), publicamos entrevista do número 26 da revista semestral da Boitempo.

Uruguai: o progressismo fecha os olhos (1)

Ernesto Herrera
0
0
0
s2sdefault

Tal como na vizinhança, aprofundou-se a embocadura do capitalismo enquanto a gestão do Estado e o poder se tornaram fins em si.

O liberalismo coloniza a rede

Eduardo Febbro
0
0
0
s2sdefault

Estamos diante de uma aliança ultraconservadora, acordada entre setores políticos e empresas de tecnologia.

A urgência de uma alternativa

Plinio Arruda Sampaio
0
0
0
s2sdefault

Para os de cima, a democracia brasileira é excessiva. A guerra aberta contra os trabalhadores exige que sua vontade política seja anulada.

Governo invisível antecipa para 2018 as privatizações aceleradas

Guilherme Costa Delgado
0
0
0
s2sdefault

País se distrai com espetáculos midiáticos e governo acelera entregas de Petrobrás, Eletrobrás e BNDES ao sistema financeiro.

Política

Brasil nas Ruas

Social

Economia

Internacional

Meio Ambiente

Cultura e Esporte