0
0
0
s2sdefault

 

Repudiada pela classe artística e cultural, Ana de Hollanda se afirma como defensora da velha indústria

Entrevista com o professor e pesquisador da USP Pablo Ortellado

 

alt

 

Área historicamente relegada nas políticas públicas, a cultura é um setor onde se pode dizer que há uma crise ininterrupta desde o início do governo Dilma, sob a batuta de Ana de Hollanda. Irmã de um dos maiores gênios da cultura nacional e também nascida em família da mais alta estirpe intelectual, os Buarque de Hollanda, era uma figura inexpressiva até assumir o Ministério da Cultura e começar a tomar uma série de decisões que causaram enorme contrariedade na grande maioria dos atores culturais do país. Para o professor e pesquisador da USP Pablo Ortellado, a passagem do tempo apenas tornou óbvios os vínculos e interesses defendidos pela ministra.

 

 

 


TV Cultura: ‘é um equívoco a programação voltada à audiência, e não à missão de TV pública’

Entrevista com Jorge Cunha Lima, ex-presidente da Fundação Padre Anchieta

 

alt

 

Em meio a um polêmico processo de reformulação de sua programação, marcado também por um alto número de demissões em seu último período, a Fundação Padre Anchieta (FPA), mantenedora da TV Cultura, passa por uma severa onda de críticas. Críticas que aumentaram após a cessão de horário nobre para telejornal produzido pela Folha de S. Paulo, levantando acusações de que o fato expõe uma paulatina privatização e perda do caráter de TV Pública da emissora. Com vistas a debater o assunto e dirimir dúvidas, o Correio da Cidadania conversou com Jorge Cunha Lima, ex-presidente da FPA e até hoje membro de seu Conselho Curador.

 

 

 

Músicos da Orquestra Sinfônica Brasileira questionam capacidade do maestro Minczuk


Entrevista com Luzer David Machtyngier, ex-presidente da comissão dos músicos da  Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB)

 

alt

 

No mês de abril, um inesperado escândalo irrompeu no campo da cultura brasileira: uma enorme crise foi deflagrada na Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB). O maestro, Robert Minczuk, tentou empreender uma truculenta série de avaliações dos músicos, procedimento desconhecido de toda e qualquer orquestra de "nível internacional". Em protesto, os músicos não concordaram em se submeter a tal procedimento, o que acarretou na demissão por justa causa de 44 dos 82 integrantes da OSB. Para tratar do assunto, o Correio da Cidadania entrevistou Luzer David Machtyngier, um dos líderes do movimento que exige a reintegração dos demitidos, além da saída do maestro.

 

 

 

 

Exigir contrapartidas dos grandes captadores é a mudança primordial na área cultural

Entrevista com Jorge Nunes, produtor cultural e ex-coordenador do CNPQ

 

alt

 

Em face da discussão de reformas na Lei Rouanet, de produção cultural, o Correio entrevistou Jorge Nunes, produtor cultural, com experiência na coordenação do CNPq. Para Nunes, o governo deve tomar cuidado para não radicalizar nas mudanças, para assim não excluir as empresas totalmente do processo e colocar em risco o que já existe de estrutura para a área. No entanto, seria premente a destinação de maiores recursos ao Fundo Nacional de Cultura, pois assim o governo teria condições de promover uma maior difusão de todo tipo de espetáculo, levando-os a todos os cantos do país, inclusive até os não contemplados pelo mercado.