Edição 852

  • ‘Participação do povo sob Chávez foi muito maior que nos demais países da América Latina’

    altColocando o período chavista em perspectiva, Samuel Pinheiro Guimarães reitera as teses de um inédito avanço socioeconômico para a maioria dos venezuelanos. Refuta, portanto, acusações a respeito do cerceamento das liberdades.

  • Obama, embaixador de Israel

    altEle pressionou Abbas, reiterando que não processasse Israel no Tribunal Penal Internacional “seja qual for o motivo”, inclusive os assentamentos. Ou seja: quer que os palestinos renunciem à única arma de que dispõem.

  • Conclave: a escolha de um papa inaudito

    altAsiáticos e africanos foram mencionados também, o que simboliza de modo premente a necessidade de ‘deseuropeizar’ a Igreja Católica.

  • O papa e a Páscoa

    altO pontificado do Papa Francisco encaixou bem na dinâmica litúrgica. A esperança é que encaixe bem no processo histórico vivido hoje pela Igreja.

  • Franca degradação

    altNo momento atual, a degradação do suposto movimento socialista leva a que uma grande massa de pessoas vivam política e emocionalmente de migalhas.

  • Celpe: exemplo de desrespeito à população

    altAlém da explosão tarifária, herdamos, em períodos mais recentes, além do racionamento em 2001/2002, uma deterioração da qualidade dos serviços com as interrupções temporárias de energia cada vez mais constantes.

  • Dom Oscar Romero: 33 anos de martírio e de legado libertador

    altNo dia 24 de março de 2013, celebramos 33 anos de martírio de dom Oscar Romero, arcebispo da arquidiocese de San Salvador, capital de El Salvador.

     

  • Urbanização falida

    altÉ preciso muito mais para dar início a uma reurbanização que sirva de exemplo para as demais regiões urbanas, já que todas elas correm o risco de ter que enfrentar novas calamidades provocadas pelas mudanças climáticas.

     

  • O modelo dependente é incurável

    altEm requinte privatista, regado a dinheiro dos contribuintes, o governo planeja que o Tesouro e o BNDES repassem recursos aos bancos privados para emprestarem aos concessionários dos novos serviços privatizados.

  • Francisco

    De pouco vale para tanto a lembrança das posições que assumiu como bispo. Todos sabem que as posições dos bispos em relação a certas questões são mais a expressão de posições da Cúria Romana do que de pensamentos próprios. Como papa, podem ser outras as posturas de Francisco. Aguardemos.

  • “As propostas das FARC em Havana cabem dentro do capitalismo”

    altSão os quatro fatores que para o cientista político Francisco Tolosa, membro da Marcha Patriótica, levaram o governo a buscar, pela quarta vez na história, uma solução para o conflito  armado de mais de 50 anos.