Edição 761

  • Obama reitera, a cada dia, maiores problemas advindos da administração republicana

    2012 já se iniciou para os políticos norte-americanos, por causa das eleições presidenciais. Os temas principais do debate eleitoral são a economia, em lenta recuperação, e a política externa, de desgastada execução, apesar do imperialismo ‘humanitário’ da atual gestão.

  • Memória brasileira: sigilo ou vergonha?

    O Congresso está prestes a aprovar a Comissão da Verdade, que irá apurar os crimes da ditadura militar. Como aprovar esta comissão e vetar para sempre o acesso a documentos oficiais?

  • Bala Perdida, Bala Certeira

    O que temos não são algumas balas perdidas, mas uma sociedade violenta, tanto no meio urbano como no meio rural. A companheirada da CPT do Norte anda com a corda no pescoço, ameaçada de todas as formas, quando não fazendo enterro de lideranças populares que fazem a defesa das pessoas e da natureza.

  • A terceirização da democracia e a privatização das eleições no Brasil (2)

    Países pobres da África e o Haiti já se submeteram às urnas biométricas. Na próxima eleição será nossa vez, segundo a Justiça Eleitoral. Por que isto não acontece nos países ricos? Por sermos cidadãos de países pobres ou em desenvolvimento temos que ser vigiados ou vistos como supostos terroristas?

  • Desigualdade sócio-econômica e ambiental e Saúde

    Lançada durante a São Paulo C40 Large Cities Climate Summit, Carta de Recomendações em Saúde destaca os co-benefícios à saúde humana resultantes da adoção de políticas de mitigação dos desequilíbrios ambientais pelas autoridades municipais.

  • Riachuelo: a celebração da barbárie

    Foi celebrado no Congresso o 146º aniversário da Batalha do Riachuelo, por requisição de deputados petistas e, acredite quem quiser, do PC do B.

     

  • Portugal, espelho do funcionamento da engrenagem capitalista

    O primeiro-ministro cumprirá na prática o papel de intermediário do poder real, estrangeiro. A sua capacidade de decisão será mínima, como executante da política imposta pelo triunvirato EU, FMI, e Banco Central Europeu, definida na Carta de Intenções imposta a Portugal e assinada pelo governo do PS, pelo PSD e pelo CDS.

  • Bombeiros, bom exemplo de mobilização

    O caso dos bombeiros do Rio mostra que há fortes desequilíbrios na redistribuição de renda e no acesso a poderes aquisitivos mais elevados, o que deve estar causando tensões em diferentes setores profissionais e sociais.

  • FIFA: quando o futebol vira caso de polícia

    De acordo com o que foi divulgado pelos jornais, antes de ser impedido de participar da disputa, o representante da Ásia moveu pedras do xadrez para acertar jogo comum e articular posições com Ricardo Teixeira.

  • Caso de polícia

    A busca da criminalização de toda atividade provinda de setores da comunidade que, ao largo dos anos, foram totalmente marginalizados vai ao encontro de nossa cultura.

  • O ano da igualdade

    No Ano da Igualdade, o pior melhora, o confuso se esclarece, o invasor se retira, o agressor se retrai, o traidor chora.

  • Caso Palocci ilustra a “oligarquização do PT” e o “disfuncionamento da República”

    O país se deparou com uma grande crise nos altos escalões do governo logo no início de um novo mandato presidencial, o súbito enriquecimento do chefe da Casa Civil, Antonio Palocci. Para analisar o contexto político que culminou na queda de outro cacique petista, o Correio da Cidadania conversou com o filósofo Roberto Romano.