Edição 756

  • A política oficial dos direitos humanos...

    direitos_humanos2.jpgExemplos recentes nos levam a interrogar se, de fato, Dilma estará interessada em atender prioritariamente às populações mais carentes, conforme promessas de campanha e discurso de posse.

  • Falsos “condomínios” se alastram por todo o País, violando os direitos de propriedade e de cidadania

    predios_concreto.jpgSob o pretexto de oferecer segurança, organizações aparentemente legais, com endereços e até CNPJ, vêm sistematicamente cometendo vários crimes, entre outros, de extorsão e estelionato.

  • Estende-se o domínio da manipulação: o que se passa na Síria?

    bandeira_libia.jpgO fato é que os EUA, Israel e o Ocidente já não enfrentam mais os "ciberidiotas de outrora". Estes "contra-atacam com as mesmas armas, fazem contra-informação, envenenam os poços".

  • Músicos da Orquestra Sinfônica Brasileira questionam capacidade do maestro Minczuk

    ft_robert_minczuk.jpgNo mês de abril, um inesperado escândalo irrompeu no campo da cultura brasileira: uma enorme crise foi deflagrada na Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) que teve como deflagador, o maestro, Robert Minczuk.

  • Interesses corporativos de megaempresas radicalizam o cerco sobre o Rio

     

    cristo_redentor.jpgCom o controle absoluto da situação, a aliança que une FIFA, COI, governos federal, estadual e municipal, construtoras, multinacionais e oportunistas de toda a sorte – do mundo empresarial ao partidário - vê o seu caminho aberto.

     

  • Governos Lulla, Dillma e o PT: a manipulação dos números

    numeros.jpgNo país pós-Lulla e de Dillma, 140 milhões de brasileiros estão na faixa de ATÉ R$545 ao mês. Temos cerca de 175 milhões de brasileiros que recebem de quase nada a algo em torno de 10 salários mínimos.

  • Reforma agrária para o Brasil sem miséria

    br_reformaagraria.jpgAo contrário das décadas de 1950 e 1960, quando a reforma agrária poderia ser uma opção para acelerar a industrialização, hoje se trata de posicioná-la frente às alternativas para o desenvolvimento nacional sustentável e a abolição da pobreza rural.

  • Barack Obama: a primeira vitória, ainda que simbólica

    ft_barack_obama.jpgO assassínio de Osama Bin Laden é uma vitória para os norte-americanos, porém meramente simbólica, haja vista a impossibilidade de o país sair-se bem nas duas guerras asiáticas.

     

     

  • Você é aquilo que lê e ouve

    bodehomem.jpgAo perguntar se o editor não tinha gostado do meu texto, disse-me que ele não tinha culpa. Obviamente, não acreditei e houve, sim, veto ideológico ao artigo sobre a 11ª rodada do nosso petróleo.

  • “Yes, we bang!”

    O comportamento dos EUA não ofende apenas os muçulmanos. É uma afronta a todos nós, que vivemos em países militarmente fracos. Não se pode aceitar o fato de que a CIA ou o FBI busquem pessoas para prender ou para matar sem autorização do sistema repressivo legal do país. O que se fez no Paquistão deixa claro que nenhum país está isento dessa intervenção.

  • Combustível verde e colonização

    canavial.jpgO ministro Mercadante quebrou o tom oficial de "equilíbrio nas relações comerciais" entre Brasil e China, revelando que, apesar da fala "enérgica" da senhora presidente, estava ali para negociar um aumento na exportação de matéria-prima.

  • A financeirização da burocracia sindical no Brasil

    dinheiro_montanha.jpgA financeirização da burocracia sindical é um processo que divide fundamentalmente a classe trabalhadora e enfraquece a defesa de seus interesses históricos. Na condição de gestores dos fundos de pensão, o compromisso principal deste grupo é com a liquidez e a rentabilidade de seus ativos.

  • Resistir para desconstruir: eis a tarefa

    versus.jpgOs detalhes dessa resistência ativa, o talento de cada um, quando opera fora de partidos políticos e de suas elaborações coletivas, é se pautar pela lógica: onde está meu inimigo, eu estou do outro lado.

  • O "assassinato" de Osama Bin Laden, primeiras impressões

    eua_dinheiro.jpgNenhuma foto, nenhum vídeo vazado, apenas a promessa dos EUA de que o DNA de Osama Bin Laden era compatível com o corpo que encontraram na casa destruída. É muito pouco.

  • Entidades criticam Projeto de Lei que mercantiliza educação

    pl_educacao.jpgO referido PL oculta o fato de que está em curso um pernicioso processo de subordinação da educação aos fundos de investimentos, abrangendo desde a produção do material didático-pedagógico até aquisições, fusões e joint ventures de empresas educacionais.

     

     

  • Articulações em torno ao Código Florestal abrem fratura no pacto do agronegócio

    desmatamento.jpgUma conseqüência indireta da articulação ruralista-parlamentar para afrouxamento na legislação ambiental florestal é um tácito relançamento da Questão Agrária ao debate público dos grandes meios de comunicação.

  • Brasil à venda. E há quem compre

    br_salariominimo.jpgCerca de US$ 14 bilhões foram destinados, no mundo, a compras de terras. Estima-se que a NAI detenha no Brasil mais de 20% das áreas de commodities para a exportação.

  • União estável homoafetiva, um direito conquistado

    aliancas_casam.jpgA luta continua. Contra a homofobia, o preconceito e o conservadorismo que só excluem e negam a liberdade e a dignidade constitucionalmente garantidas e biblicamente amparadas.

  • Jerônimo vive!

    homem_andando_corda.jpgO codinome dado a Bin Laden, quando da operação para assassiná-lo, prestou-lhe uma enorme homenagem – além de registrar o racismo da administração de Barack Hussein Obama II.

  • Apontamentos sobre o 6º congresso e os rumos da revolução cubana

    bandeira_cuba.jpgAssim, a idéia de uma abertura descontrolada da economia está completamente fora de questão, tanto quanto a idéia de um processo de demissões em massa, conforme tem sido divulgada pela imprensa burguesa e pelos oportunistas de plantão.

     

     

  • 100 dias de Dilma: a direita aprova

    dilma_tempo.jpgParece ter ficado para trás o clima de terror fanático que reinou durante as eleições presidenciais do ano passado. As demonstrações de boa vontade em relação à presidenta não foram poucas. Em programas de TV populares, em entrevistas cordiais, visitas de celebridades.

  • A privatização do Serviço de Comunicação de Dados e o PT

    tvs_e_radios.jpgO governo do PT está com a faca e o queijo nas mãos para, além de trazer de volta para o Estado o papel preponderante de gerente das redes públicas de telecomunicações, também retoma a titularidade das redes públicas transferidas para a iniciativa privada.

     

  • Questões da base

    ft_dilma_roussef.jpgO problema não é saber se Dilma segue as linhas mestras do PT. Consiste em saber se os petistas e outros militantes de esquerda têm consciência clara do que está em disputa.

  • Conto de fada

    coroa_buquet.jpgPresenciamos uma gritante contradição: enquanto o capitalismo estoura pelas costuras no que diz respeito às questões sócio-econômicas, desfruta de hegemonia nunca antes alcançada.

  • O Código Florestal, a CNA e a privatização cinza da Embrapa

    plantacao2.jpgO governo deve entender que a Embrapa não pode e não deve, para seu bem e para o bem do país, ser amordaçada e silenciada por setores conservadores do Ministério da Agricultura.

  • A barbárie e a estupidez jornalística

    jornalmesa.jpgPelo que se sabe, até os mais sanguinários nazistas foram julgados. Osama não. Foi assassinato e o Nobel da Paz inaugurou mais uma novidade: o crime de vingança agora é legal.

  • A miséria mora nas cidades

    xilocidaderostos.gifRuralistas, mídia e corporações vinculadas ao capital do campo não vão poder dizer que o bom é despachar o povo para as cidades, afinal, no campo se vive pior. Não é mais a realidade que o Censo revela.